Conversões para GNV sobem 59% após alta nos preços da gasolina e do etanol

Rio de Janeiro é hoje o maior mercado consumidor de gás natural veicular. Foto: Divulgação.

Ano de 2018 terminou com 2,25 milhões de veículos adaptados para serem abastecidos com gás natural

JESSICA MARQUES

As conversões para GNV (gás natural veicular) apresentaram um aumento de 59% após a alta nos preços da gasolina e do etanol. O ano de 2018 terminou com 2,25 milhões de veículos adaptados para serem abastecidos com gás natural.

As informações foram divulgadas pela Abegás (Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado), em parceria com o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). Comparado a 2017, o aumento foi de 178 mil veículos no ano.

Entretanto, a quantidade de veículos adaptados para GNV representa um percentual muito baixo comparado aos 100,7 milhões de veículos da frota brasileira, sendo 65,6 milhões de automóveis e caminhonetes. O total é de apenas 2,2%.

De acordo com a associação, o Rio de Janeiro é hoje o maior mercado consumidor de gás natural veicular, apesar de não ter o metro cúbico mais barato.

Uma reportagem do R7 mostra que os estados onde é mais caro abastecer com GNV são: Paraíba (R$ 3,71); Sergipe (R$ 3,69); Maranhão (R$ 3,59); Rio Grande do Norte (R$ 3,58); Ceará (R$ 3,57); e Alagoas (R$ 3,44).

Por sua vez, Pernambuco tinha o metro cúbico de GNV mais barato do país no último relatório da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), custando R$ 2,70. Em seguida, aparecem Santa Catarina (R$ 2,88); São Paulo (R$ 2,93); Mato Grosso do Sul (R$ 2,94); e Rio de Janeiro (R$ 3,10).

Em alguns estados, como Rio de Janeiro, Paraná e Alagoas há desconto do IPVA para motoristas que utilizam GNV. O objetivo é reduzir as emissões de dióxido de carbono. A redução pode chegar a 20%.

ÔNIBUS

A Abegás está lutando para aplicar a política do uso do GNV em ônibus no Brasil. Em novembro de 2018, a associação entregou ao então presidente eleito, Jair Bolsonaro, uma proposta radical de substituição diesel por GNV em ônibus e caminhões do país.

Em um documento de 52 páginas, intitulado “Uma indústria do Gás Natural Competitiva para o Brasil”, a Associação afirma que a medida traria ganho ambiental e economia de divisas, e sugere uma série de ideias para implementar uma política nacional de estímulo ao uso de gás natural.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2018/11/24/em-documento-entregue-a-bolsonaro-abegas-propoe-trocar-diesel-por-gnv-em-onibus-e-caminhoes/

Como o Diário do Transporte noticiou em outubro do ano passado, a Scania anunciou que, a partir deste ano, o Brasil contaria com um ônibus intermunicipal rodoviário abastecido a GNV, o que demonstra que a indústria do setor já consolidou a tecnologia do gás.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2018/10/11/scania-tera-onibus-intermunicipal-rodoviario-a-gas-natural-no-brasil-a-partir-de-2019/

Apesar disso, a Abegás lembra que a produção é exportada por falta de uma política de estímulo para uso dos veículos no país.

Confira algumas reportagens sobre GNV publicadas pelo Diário do Transporte, que demonstram a evolução deste tipo de combustível no setor:

20/outubro/2016 – Recife testa ônibus a GNV/ biometano da Scania

12/julho/2017 – Scania, Comgás e Agility apresentam primeiro ônibus brasileiro movido a GNV/biometano em Fórum de Gestão Ambiental

8/novembro/2017 – Parceria com universidade, van para pessoas com deficiência dirigirem, GNV e aposta nos trólebus são algumas das novidades da Iveco para o Brasil e exterior

25/janeiro/2018 – ENTREVISTA: Scania deve crescer acima da média do mercado de ônibus e mais uma empresa de São Paulo se interessou por modelo a GNV

27/fevereiro/2018 – Ônibus Scania: Dois chassis para homologação de novos modelos na Busscar; crescimento de 10% para rodoviários e GNV com 28% de redução de custo operacional

2/agosto/2018 – Scania faz demonstração de ônibus a GNV em Campinas

11/agosto/2018 – Iveco exibe veículos com tração elétrica e GNV na IAA 2018 em Hanover, Alemanha

11/outubro/2018 – Scania terá ônibus intermunicipal rodoviário a gás natural no Brasil a partir de 2019

12/novembro/2018 – Primeiro ônibus do Brasil abastecido a gás gerado do esgoto é apresentado em Franca (SP)

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: