Metrô de SP prepara Hackathon internacional especializado em mobilidade

Publicado em: 10 de março de 2020

Maratona acontece entre os dias 27 e 29 de março, e as inscrições já estão abertas

ALEXANDRE PELEGI

O recém lançado MetroLab, do Metro de São Paulo, vai hospedar um hackathon de mobilidade.

Desde esta terça-feira, 10 de março de 2020, estão abertas as inscrições para o Hackamobi, uma maratona de conhecimento e de tecnologia com foco em desenvolvimento de soluções relacionadas à mobilidade urbana e ao transporte público sustentável.

A iniciativa terá como tema o MaaS – Mobility as a Service – Mobilidade como Serviço, conceito que vem mudando significativamente os deslocamentos urbanos e metropolitanos, tendo como premissas a integração entre modais e de serviços, como os de pagamentos pelo transporte.

Eventos dessa natureza, que vem mudando a cada dia a mobilidade na capital paulista, vêm sendo realizados desde 2017, com a participação de empresas públicas e entidades como EMTU, UITP, Y4PT, Mackenzie, Unicamp ao lado de uma série de outros parceiros.

O Diário do Transporte vem cobrindo e participando de todos esses eventos, como o primeiro deles, em março de 2017, promovido pela EMTU em parceria com a UITP – União Internacional de Transporte Público para a América Latina em São Paulo. Relembre: Aplicativo que torna passageiro mais atuante nos transportes vence Hackatona EMTU/Metra

Da mesma forma, no 1º Y4PT Continental Transport Hackathon Américas 2018 (HACKAMERICAS 2018), em que o evento ocorreu entre os dias 30 de novembro e 1º de dezembro na Universidade Presbiteriana Mackenzie, na capital paulista. Relembre: Ideia que flexibiliza uso do Vale-Transporte vence Hackatona e grupo recebe US$ 10 mil para incubação

Desde o primeiro Hackaton, o setor de transportes parece ter sido contaminado pela ideia da inovação. Desde então, ideias como o Coletivo, proposta em plena atividade pela NTU – Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos estão se espalhando pelo país e estimulando ideias de repensar o transporte público sob um novo olhar. Relembre: Programa de inovação do transporte público Coletivo da NTU anuncia parceiros

O evento Arena ANTP, realizado em setembro de 2019, trouxe também a inovação no transporte coletivo como um dos grandes temas de debate, espraiando-se por setores como o transporte rodoviário de passageiros, além da mobilidade urbana. Relembre: Setor de transporte rodoviário de passageiros mostra caminhos da inovação na Arena ANTP

A proposta do Hackamobi, que marcará o recente lançamento do MetroLab, trará como desafio misturar pesquisadores, programadores e designers com transporteiros e metroviários em times interdisciplinares, ajudando a promover a mudança de cultura do setor.

O MetroLab é um um laboratório de inovação inaugurado em 18 de fevereiro de 2020, na sede da UNIMETRO (Universidade Corporativa do Metrô), no pátio Jabaquara em São Paulo. Relembre: Metrô de São Paulo inaugura o MetroLab, um laboratório de inovação

Como nos outros eventos, a meta é desafiar e estimular jovens empreendedores a pensar nos complexos desafios que envolvem o tema, em busca de soluções inovadoras.

MAIS SOBRE O HACKAMOBI

O Hackamobi será conduzido em parceria com a Universidade Presbiteriana Mackenzie e se originou do convite internacional das instituições Y4PT (Youth for Public Transport), UITP (Internacional Association of Public Transport) e RTA (Roads and Transport Authority – Dubai), que desde 2017 apoiam maratonas de tecnologia com foco em mobilidade urbana e metropolitana no Brasil e na América Latina.

Acontecerá entre os dias 27 e 29 de março, durante 49 horas ininterruptas, no recém-inaugurado laboratório de inovação do Metrô, o MetroLab, que é comandado pela Unimetro – Universidade Corporativa do Metrô e pelo NIT – Núcleo de Inovação Tecnológica.

Esta será a quarta maratona realizada em parceria com a Divisão América Latina da UITP no Brasil.

As três primeiras edições foram em parceria com a EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos e com mais 27 instituições públicas e privadas.

Dessa vez, a novidade é que funcionários de empresas de transporte que tiverem interesse em participar poderão se inscrever e desenvolver juntos com a sociedade soluções para alguns dos dilemas de mobilidade.

As inscrições para o Hackamobi são gratuitas e individuais e deverão ser realizadas exclusivamente por meio de preenchimento de formulário no site: metrolabsp.com.br/hackamobi no período de 10/03/2020, até às 23h59 de 19/03/2020 (horário de Brasília).

Mais informações:

MaaS – MaaS – Mobility as a Service é o termo utilizado para se referir à mudança de transporte pessoal, para uma rede integrada de meios de transporte. Essa rede irá oferecer diferentes soluções para viagens e deslocamentos nos grandes centros urbanos, de acordo com a necessidade de cada um em tempo real. Permite que uma pessoa tenha acesso facilitado a diferentes meios de transportes quando desejar, oferecendo a possibilidade da reorganização do mercado de deslocamento, agregando demandas e diversificando as ofertas de serviços.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta