Doria inicia conversas com gigante ferroviário chinês sobre projetos de concessão

Publicado em: 5 de agosto de 2019

Ao centro, Governador de São Paulo, João Doria, e o presidente da CR20, empresa do grupo CRCC – China Railway Construction Corporation, Mr. Deng Yong – Foto: Divulgação/Clique para Ampliar

Linhas 8 e 9 da CPTM e trem intercidades, juntamente com a linha 7, devem ser os primeiros sistemas a irem para a iniciativa privada

ADAMO BAZANI

A comitiva com o governador de São Paulo, João Doria, e secretários, inclusive dos transportes metropolitanos, Alexandre Baldy, já está na China oferecendo a investidores locais projetos de concessões previstos no programa de desestatização.

A mobilidade urbana e regional, segundo o governo do Estado, está dentro deste pacote.

Nesta segunda-feira, 05 de agosto de 2019, de acordo com publicação da página oficial de João Doria no Facebook, ocorreu um encontro com o presidente da CR20, empresa do grupo CRCC – China Railway Construction Corporation, Mr. Deng Yong.

Segundo a postagem de Doria, a gigante do setor metroferroviário demonstrou interesse nos projetos para CPTM, Metrô e ferrovias em geral.

Hoje, aqui em Beijing, almoçamos com o presidente da CR20, empresa do grupo CRCC – China Railway Construction Corporation, Mr. Deng Yong, que é líder mundial no setor ferroviário, com 350 mil funcionários e faturamento superior a US$ 110 bilhões. A empresa demonstrou forte interesse em investir no Estado de SP em projetos de mobilidade urbana com os trens da CPTM, Metrô e ferrovias.

A CCRC já tem negócios relacionados aos transportes metropolitanos em São Paulo.

Um dos principais e mais recentes, como noticiou o Diário do Transporte, é o fornecimento, em conjunto com a filial brasileira da empresa espanhola Temoinsa de oito composições para a linha 13-Jade, que serve a região do aeroporto em Guarulhos.

A primeira unidade já foi apresentada na China. Ao todo, os oito trens, que têm salão contínuo (sem divisões internas entre os carros) e espaço para bagagens maiores, vão custar R$ 316,7 milhões.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/06/03/cptm-mostra-em-redes-sociais-primeiro-trem-chines-com-bagageiros-para-linha-13-jade-do-aeroporto/

O governo do Estado definiu algumas prioridades nas concessões metroferroviárias.

NA CPTM, as primeiras linhas que devem ser repassadas para a administração privada são as linhas 8- Diamante (Júlio Prestes / Amador Bueno) e 9 – Esmeralda (Osasco – Grajaú, com extensão prevista para Varginha, no extremo sul da capital), consideradas as mais lucrativas do sistema.

Num encontro com sites especializados em mobilidade urbana, dentre os quais o Diário do Transporte, o presidente da CPTM, Pedro Moro, disse na semana passada que o modelo de concessão destas duas linhas está sendo concluído.

Uma das possibilidades, ainda sendo analisada, é a criação de um PDV (Programa de Demissão Voluntária) para os funcionários destas linhas.

Pedro Moro também confirmou no encontro que a concessão do Trem Intercidades vai incorporar a concessão da linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato – Jundiaí). Os funcionários da linha 7 também poderiam ser abrangidos por um PDV.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/07/30/concessao-das-linhas-8-e-9-tera-audiencia-publica-nos-proximos-meses-diz-presidente-da-cptm/

Antes de embarcar para a China, na última sexta-feira, 02, o governador João Doria disse que o programa de desestatização oferecido aos investidores locais, que contempla diversos setores, tem um potencial para atrair R$ 32 bilhões.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/08/02/doria-diz-que-investimento-em-infraestrutura-e-o-principal-alvo-da-missao-china/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. João Luis Garcia disse:

    Nosso Governador é um bom gestor e excelente homem de marketing, sabe vender muito bem a imagem do estado, com certeza teremos muitas novidades após a sua viagem.

    1. Como desemprego, não mesmo João ? (xará)..

  2. Renato Vieira dos Santos disse:

    Vide Prefeitura de São Paulo!…

  3. Alfredo disse:

    Isso, vai criar muito emprego para os chineses e fazer PDV para os funcionários con cursados da CPTM, além de absurdo mostra a incapacidade do PSDB em governar

    1. É isso mesmo, depois de tanto lutarmos para melhorias, e dar milhares de empregos, vem ele e detona tudo….É prá ficar puto, com ele…

      1. marcio disse:

        Infelizmente o funcionarismo público é um desfavor social. Somos engessados e subservientes aos nossos colegas e incompetentes dirigentes nomeados.

  4. Carlos Felix disse:

    Imagine um trem de passageiros ligando SP-Curitiba, Curitiba-Fpolis, Fpolis-P.Alegre, SP-RJ, SP-BH, SP-Ribeirão, SP-Santos…. seria uma delícia poder “sair das estradas” e viajar de trem….

  5. Antes por volta de 1990, à época que o ex governador Fleury tentou pegar as linhas de trens haviam perto de 3 a 5 mil funcionários mal pagos pega CBTU, hoje depois de tanto lutar pra melhorar, e ser o que é foram milhares quase dobrando vagas de empregos diretos e indiretos,,,,,,agora esse “paraquedista” resolve lançar PDV….espero que os funcionários concursados, se revoltem com ele.

  6. Rodrigo Zika! disse:

    O importante e sair um acordo que preste pra todos os paulistanos, no caso me interessa os trens inter cidades.

  7. Paulo Gil disse:

    Amigos. boa noite.

    Isto vai interessar e beneficiar muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiita gente.

    Menos os passageiros e os contribuintes.

    PREVISIVELLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

    Aguardem…

    2 Aerotrens parados e inacabados e mais o metro Laranja.

    “Tudo como dantes no quartel de Abrantes”

    Seja o quartel azul ou vermelho a M é sempre da mesma cor; Marron B.

    E assim a B continua.

    Att,

    Paulo Gil

    1. Evertton Silva disse:

      É puro Marketing… Marketing… Marketing !!! Ele só sabe fazer isso… Será que vocês não prestaram atenção??? Em vez de mostrar serviço, só faz isso: marketing !!!

Deixe uma resposta