Novos proprietários da Itapemirim anunciam investimentos e falam em setores aéreo e de imóveis

Itapemirim Sidnei Piva de Jesus, Camila de Souza Valdívia e Milton Rodrigues Junior novos donos da Itapemirim não atuavam no ramo de transportes de passageiros. Foto: Ramon Barros/Assessoria de Imprensa

Grupo negocia com a Mercedes-Benz a aquisição de 60 ônibus novos e fala sobre a compra de veículos seminovos. Itapemirim pode atuar no setor aéreo

ADAMO BAZANI

Os novos gestores da Viação Itapemirim anunciaram nesta quarta-feira, 06 de abril de 2017, em entrevista coletiva, novos investimentos para a companhia.

Sidnei Piva de Jesus, Milton Rodrigues Junior e Camila de Souza Valdívia, nomeada presidente da companhia, estão à frente agora de todo o grupo, que passa por recuperação judicial: Viação Itapemirim, Transportadora Itapemirim, ITA – Itapemirim Transportes, Imobiliária Bianca, Cola Comercial e Distribuidora e Flecha Turismo Comércio e Indústria.

“Ninguém da família [do fundador Camilo Cola] faz parte do grupo, nem por percentual e nem no quadro de funcionários. Estamos escrevendo uma nova história para a empresa … Somos reestruturadores de empresa e viemos da área jurídica. Vamos trazer pessoas profissionais do mercado para assumir cada área especifica da empresa. Como filosofia do grupo, vamos trazer uma nova roupagem para a Itapemirim. A empresa já foi considerada a maior do transporte na América Latina e queremos voltar. Hoje estamos entre as 10, segundo a ANTT.” – disse na coletiva, Camila Valdívia, de acordo com informe da assessoria de imprensa.

A empresária, entretanto, ressaltou o legado do fundador Camilo Cola.

“Temos orgulho da origem da empresa. Respeitamos o fundador, Camilo Cola, que nos inspira a retomar ao posto de uma das maiores empresas da América Latina”

Os novos gestores prometem altos investimentos na companhia de ônibus.

Milton Rodrigues disse que a Itapemirim negocia com a Mercedes-Benz a compra de 60 ônibus zero quilômetro.

“Na parte de investimento, o que foi construído por Camilo Cola se transformou em um grande grupo. Todos falam de Viação Itapemirim. Vamos revitalizar a frota, e começamos adquirindo 80 ônibus seminovos e estamos negociando com a Mercedes a aquisição de mais 60 ônibus zero km” O empresário também acrescentou que em 2018, que a Itapemirim vai investir em 2018, R$ 300 milhões na compra de ônibus novos.

Hoje as empresas do Grupo Itapemirim, que estão em recuperação desde março do ano passado, têm dívidas R$ 336,49 milhões e quase R$ 1 bilhão em impostos.

Sidnei Piva, que é sócio de Camila em outras dez empresas, disse que um dos focos é a recuperação judicial e confirma que erros da gestão passada tiveram de ser consertados.

 “Pegamos tudo de errado ou ruim na gestão passada, e entramos com foco nisso: de colocar os salários em dia, treinar os motoristas, reparar os ônibus. Essa foi a nossa demora em nos anunciar. Essa mudança interna foi o nosso foco”.

TOUR ITAPEMIRIM E KAISSARA:

Já a Viação Kaissara, que inicialmente não fazia parte do grupo, mas após a justiça verificar indícios de manobrasx e uso de laranjas, já que era registrada em nome de funcionários da Itapemirim, terá as linhas operadas pelos novos gestores. Camila Valdívia diz que todas as empresas terão a marca Tour Itapemirim.

“Foi detectada uma irregularidade de transferência das linhas, e uma irregularidades das cotas sociais, que pertenciam a dois antigos funcionários da Viação Itapemirim. O Kudiciário, através de um pedido do Ministério Público Federal, determinou que a Kaissara deveria retornar ao quadro da Itapemirim. Ela entra como a sétima recuperanda do Grupo. Hoje, opera como Kaissara, mas também nas linhas como Itapemirim. A ANTT já nos autorizou a operação das duas linhas. Todos terão a mesma logomarca e com o nome Tour Itapemirim”

O empresário Sidnei Piva disse que inicialmente não tinham interesse em comprar a Itapemirim.  Milton, Camila e Sidnei foram procurados para fazer um diagnóstico da empresa e houve a proposta de aquisição.

Camila disse que Milton, que possui experiência do setor de transportes de cargas, será um terceiro investidor

“Milton entra conosco e vai compor futuramente o quadro de sócios. Ele é o terceiro investidor e vem do ramo de transporte. Somos uma empresa de São Paulo e já trabalhávamos na reestrutura de empresas. Tivemos conhecimento da situação do Grupo Itapemirim, nos interessamos, conversamos e fechamos. Por causa da confidencialidade do processo, não podemos ampliar o assunto”

ITAPEMIRIM NO SETOR AÉREO:

Os investidores também afirmaram que têm restruturado todos os setores da companhia e realizado contratações. O grupo também busca parceiros no Brasil e até de outros países.

Na nota da assessoria de imprensa, a Itapemirim informa que a nova gestão já pagou os salários atrasados dos funcionários e que vai investir em novos negócios, como de hotéis e no setor aéreo:

Pela primeira vez, a nova diretoria foi anunciada em encontro na sede da Viação Itapemirim, em Cachoeiro de Itapemirim, sul do Espírito Santo

Após quatro meses de intenso trabalho, finalmente os novos proprietários da viação Itapemirim se pronunciaram para a Imprensa Capixaba. O encontro aconteceu nesta quinta feira (06) na sede da empresa em Cachoeiro.

De início esclareceram alguns pontos da aquisição da empresa, que é composta de seis organizações que entraram na recuperação judicial. São elas Viação Itapemirim, Transportadora Itapemirim, ITA – Itapemirim Transportes, Imobiliária Bianca, Cola Comercial e Distribuidora e Flecha Turismo Comércio e Indústria.

Não há qualquer participação ou remuneração envolvendo os antigos proprietários. O contrato foi celebrado com cláusulas de confidencialidade, ou seja, nenhum dos termos pode ser divulgado. Mas os novos proprietários declararam que a aquisição do conglomerado de empresas foi realizado dentro da Lei.

 Investimentos em frota, capacitação profissional e a reativação de toda a estrutura operacional em Cachoeiro, foram um dos pontos destacados na Coletiva. Novos profissionais foram contratados, os salários dos colaboradores foi colocado em dia, devolvendo a dignidade e a capacidade produtiva. A sede administrativa continua em Vitória, porém a logística ficará centralizada na maior cidade do sul do Espírito Santo.

Mesmo com uma dívida de, o Grupo Itapemirim, que entrou em processo de recuperação judicial em março de 2016, está mostrando que tem fôlego para voltar ao topo das empresas mais competitivas do país. Com a nova gestão, credores se tornaram parceiros e novas linhas em todo o país deverão integrar a Itapemirim.

A responsabilidade social e o compromisso com os colaboradores fazem parte da visão da Nova Itapemirim. São cerca de 4 mil funcionários que se traduzem em famílias espalhadas pelo Brasil, ligadas à Viação.

A empresa está em pleno vapor no sul do Espírito Santo e já está realizando novas contratações em Cachoeiro para diversos setores. “Estamos ativando divisões paradas dentro da empresa. Foram contratados novos motoristas, mecânicos, e retornamos atividades que não existiam mais e novas plataformas. Não estamos só contratando, estamos operando de forma normalizada, pagando os salários em dia e dando condições melhores de trabalho”, explica Sidnei.

Sobre questões judiciais, os sócios se limitaram a dizer que a viação Itapemirim continua colaborando com a Justiça, mas por respeito à família não comentam estes assuntos.

Camila, Sidnei e Milton anunciaram os planos da viação Itapemirim no setor imobiliário : “temos projetos de construir um centro de convenções, à altura de Cachoeiro e um condomínio residencial, valorizando ainda mais a cidade. Hotéis também estão em nossos investimentos e a viação aérea Itapemirim poderá atuar em Cachoeiro, dando nova vida ao aeroporto” declarou Sidnei que não poupou elogios à cidade.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

43 comentários em Novos proprietários da Itapemirim anunciam investimentos e falam em setores aéreo e de imóveis

  1. Amigos, boa noite.

    O risco remunera.

    Mas eu admiro e respeito a capacidade e a coragem de quem “compra problemas”

    Concluo, que vou morrer pobre.

    Att,

    Paulo Gil

  2. Vagner Silvestre // 6 de Abril de 2017 às 20:40 // Responder

    Caso necessite de serviços e servidor no interior de são Paulo.me coloca a disposição, tenho larga experiência no setor administrativo.
    Vagner Silvestre

  3. Helder Brandolini Sant'Anna // 6 de Abril de 2017 às 21:23 // Responder

    Eu que trabalhei 38 anos nessa empresa, dos 16 anos aos 53 anos, me desliguei em Dezembro de 2013 como supervisor da recuperação de componentes e manutenção mecânica, fico feliz em ver um grupo sério assumir a empresa e colocar pra frente tudo aquilo que era no passado. Parabéns pela coragem.

  4. Mario Edson frassetto // 6 de Abril de 2017 às 21:58 // Responder

    Vamos ver esse fôlego na entrevista disseram que vai ter novas linhas. Precisa mesmo pq tem poucas cidades interligadas de médio e gde porte.vamos ver se realmente vai acontecer?

  5. Parabéns ,isso serve de exemplo pra mim, um dia eu sonho em ter uma empresa de onibus e DEUS me dará condições e capacidade pra realizar esse sonho ,parabéns Itapemirim

  6. Jose Rafael Rodrigues // 6 de Abril de 2017 às 23:14 // Responder

    Gostaria de fazer parte dessa empresa

  7. Agora com a retomada dos novos gestores a Itapemirim vai voltar o lugar que ela sempre teve que é o lugar dela em primeiro lugar a Itapemirim é uma empresa tenha 64 anos de atividade e sempre em primeiro lugar agora depois do seu atual fundador Camilo Cola passou dos 90 anos de idade não conseguia mais manter a empresa em primeiro lugar mas nesses novos gestores eu tenho certeza que ela vai voltar para o lugar de sempre eu sou motorista na Itapemirim ela sempre foi á empresa de transporte coletivo rodoviário que mais valorizou o motorista porque o sr e fundador da viação Itapemirim Camilo cola sabia que o primeiro passo mais importante eo motoristas viva Itapemirim que volta o seu lugar de sempre em primeiro O Brasil precisa de você os motoristas da Itapemirim está pronto para ajudar á empresa voltar o lugar de sempre!

    • Sei nãomeu amigo! Estas pessoas que estão no comando não são pessias sérias.São falsos empresarios que se aproveitam de empresas faludas para sugarem o resto que tem e depois demitem as pessoas e não pagam ninguém…aconteceu comigo em uma empresa que eles compraram e deram calote em mais de trezentas pessoas.

  8. Almir Aparecido da Silva // 6 de Abril de 2017 às 23:32 // Responder

    Interessante e audacioso. eu só acho que não deveriam se meter com Transporte Aéreo.

    • Concordo contigo Almir. Tambérm acho que não deveriam desviar o foco para companhia aérea, muito menos para centro de convenções e hotéis.

      Com R$ 1,3 bi em dívidas, esqueçam isso e foquem somente na recuperação das empresas Viação Itapemirim, Itapemirim Transportes e Transportadora Itapemirim.

      No mais, desejo muita sorte aos três e a seus funcionários.

  9. Márcio geofrey Bezerra barbosa // 7 de Abril de 2017 às 07:31 // Responder

    Sou da cidade de Paulo Afonso Bahia e tenho muita experiência em Motorista rodoviário e tenho experiência em treinamento para motoristas, fui funcionário da viação cometa e tbm da viação Gontijo em belo horizonte.

  10. Gleibher Teixeira // 7 de Abril de 2017 às 08:16 // Responder

    Que os novos proprietários da gigante Itapemirim,possam conduzir com dignidade,transparência,respeito,e acima de tudo com foco no seu crescimento.A Itapemirim fez e faz parte da vida do povo brasileiro.Desejo de todo o coração que ela volte aos tempos de glória que tinha antes.Aos milhares de colaboradores,que fizeram e continuam fazendo parte desta gigante do transporte brasileiro,desejo felicidade,e que vocês possam reescrever uma nova história para a empresa e principalmente para a vida de vocês.O Brasil,se orgulha do grupo Itapemirim,por fazer a ligação entre norte e sul,leste a oeste desse imenso país. Que Deus possa dar direção aos novos gestores da Itapemirim,e que conduzam a empresa rumo ao sucesso.felicidades a todos vocês da gigante inesquecível ITAPEMIRIM DO BRASIL.

  11. manoel francisco farias neto // 7 de Abril de 2017 às 10:52 // Responder

    Eu dez de criança já ouvia falar da empresa, despo vim trabalha no sistema como cobrador de passagens, pela empresa expresso Guanabara que já faz 11 anos, fico feliz por tal noticia que a Itapemirim não vai sumir, mais reviver e louvo a Deus por essas pessoas que vão gerar novos empregos no Brasil, seria ótimo se ela concore aqui no nordeste com a Guanabara , quem ia ganhar era os usuários dos interiores e municípios. Deixou um forte abraço nos investidores.

  12. Samuel Joselito // 7 de Abril de 2017 às 11:51 // Responder

    Empresarios de São Paulo ?! Fico com pé atrás! Se seguirem o exemplo da Pluma… Aqui se vende empresas, não se compra !

  13. celsina gomes dos santos // 7 de Abril de 2017 às 16:09 // Responder

    Eu sempre viajei de Itapemirim, à uns 40 anos faço está viajem para MG nos 2o primeiros anos os ônibus eram bons, mais depois começou colocando ônibus velhos ,no final de ano quando é época de Natal a frota não dá Para a demanda,aí coloca ônibus terceirizados,já fiquei muitas vezes no caminho por causa de ônibus quebrados,estou com fé que a coisa vai mudar

  14. Tomem cuidado com estes falsos empresarios,pois trabalhei wm uma empresa que eles compraram e eles na daram maus de 300 pessias embora e não pagaram até hoje ninguém.Alem disto eles têm vários processoa a justiça e não pagam ninguém.Não sei como um grupo deste tipo atua no Brasil fazendo várias manobras judiciais e se beneficiando de pobres trabalhadores para enriquecerem ilicitame .E o ministério público não toma atitude para colocar esta quadrilha na cadeia.Só no Brasil mesmo para acontecer estas sacanagens com o pobre trabalhador e ninguém tomar atitudes.A empresa que trabalhei se chamava morillo matrzaria e estamparia.Na época que a compraram falaran esta mesma ladainha,só que na prática foi só calote.Mandaram mais de trezentas pessoas embora e não pagaram ninguém!! ABsurdo uma coisa desta…Pesquisem a quantidade de processos que eles têm e vcs verão do que estou falando

  15. Atenção!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Os investidores que assumiram a empresa itapemirim, Sidnei Piva e Camila de Sousa Valdìvia, eles vão espremer o resto do bagaço da laranja, e deixar todos colaboradores chupando dedo. No primeiro ano que eles assumem vai tudo bem, depois a casa cai…. Sou um ex. funcionário da empresa que eles compraram falida, não pagaram a minha rescisão tá na justiça.

  16. Sidney Piva e Camila são os verdadeiros picaretas eles comprarão o Grampos Acos, a Murillo e outras empresa e deu o maior golpe nós funcionários estamos sem receber até hoje . Tem que desmascarar estes Bandidos Mentirosos… Sem palavras para descrever os picaretas que eles são

  17. Esse grupo compra as empresas e não paga ninguém e fecham as portas, como fizeram com a Empresa grampos aço e morillo estamparia

  18. É triste saber que esses empresários picaretas continuam golpeando empresas falidas e ninguém faz nada. …
    Trabalhei em uma empresa comprada por eles , que sugaram tudo o que ainda restava e depois colocou mais de trezentos pais e mães de família na rua sem receber um centavo se quer. …
    E infelizmente é isso que vai acontecer com os colaboradores dessa empresa. ..
    Cadê a justiça desse nosso país ????
    Como eles conseguem fazer isso, se eles tem tanto dinheiro pra comprar a empresa e investir em novos ônibus porque eles não pagam todos os processos da justiça ????

  19. Meu amigo Hélder Brandolini, que deixou um comentário…… Este grupo que assumiu a Itapemirim não são sério, como vc. Falou, vc. Não conhece quem são eles, eu posso falar quem são: itelionatario. Quem vai comprar uma empresa, que a dívida é maior que seu patrimônio? Ninguém compra nada assumi a dívida. Hoje sou ex. Funcionário de uma empresa deles , como citei acima, hoje tô desempregado e não recebi nem os dias trabalhados até hoje.

  20. Meu amigo Hélder Brandolini, que deixou um comentário…… Este grupo que assumiu a Itapemirim não são sério, como vc. Falou, vc. Não conhece quem são eles, eu posso falar quem são: itelionatario. Quem vai comprar uma empresa, que a dívida é maior que seu patrimônio? Ninguém compra nada assumi a dívida. Hoje sou ex.

  21. Leandro da silva // 9 de Abril de 2017 às 11:22 // Responder

    Trabalhei na Morilo uma das empresas que esses bandidos compraram no começo foi só histórias bonita depois veio a triste realidade calote em todos funcionários fechou as portas e não pagou ninguém sinto muito pelos funcionários da itapemirim pq sei que esses safados vão fazer o mesmo com eles!!!

  22. Leandro da silva // 9 de Abril de 2017 às 11:39 // Responder

    Como pode um grupo de bandidos desse fazer isso com trabalhadores de várias empresas e nada acontecer a justiça tinha que bloquear os bens desses pilantras para pagar todos que sofreram e ainda sofrem nas mãos desses safados.

  23. Investimentos😂 Esse pais não é sério ‼ esses “INVESTIDORES”! Gente é só vê as empresas adiquiridas por esses investidores como estão hoje❓ Falidas‼ Grampos Aço ; Morillo, Procarta e Best Química! Não passa de mais um golpe no mercado.

  24. Seria interessante novas linhas para nós aqui de Santa Catarina e Paraná o monopólio jca auto viação catarinense sufoca

    • Boa noite Zeno..vamos acordar!!Este pessoal que adquiriu a Itapemirim não é sério..Não vão fazer nada pea melhorar,só vão tirar tudo que restou pra tirar e vão dar um calote geral em todos funcionarios..quem avisa amigo é. Veja os comentários do pessoal acima.

  25. Esses investidores são grandes falsarios e estelionatários se apropriam das empresas, e sugam o máximo que podem, depois deixam funcionários à deriva sem qualquer responsabilidade e compromisso.
    Safado de 1°linhagem
    Eu era funcionário de uma dessas empresas, onde pessoas trabalharam a vida inteira e esses pilantras não pagaram nem os direitos trabalhistas.
    Empresas q eles já quebraram
    Grampos Aço
    Murillo
    Karmanguia
    Entre outras q não me lembro os nomes no momento.
    Chegam com a conversa que dinheiro não é problema e colocam em prática a teoria do kaos dentro da Empresa deixando faltar de tudo.
    Oportunistas sacados.

  26. Boa tarde! Tem dois canalha que assumiu a Itapemirim, eu conheço muito bem… Eles não são sério, acordo pessoal aí dá Itapemirim! Quando eles assumem um empresa a primeira coisa que eles fazem e colocar o salário em dia, se tiver atrasado….. A segunda é chamar funcionário que foram demitidos para fazer acordo, começar a pagar, para ganhar a confiança dos funcionários ativos. Depois eles​ começar atrasar tudo…. Falo porque sou ex. Funcionário de uma empresa que eles compraram aqui em são Paulo.

  27. Já vi este filme em outras recuperações. Com a Varia foi o mesmo. Quando o patrimônio fica negativo, ou seja, quando o que se deve é maior que o real valor, não há saída. Estes senhores, se seguirmos os “ritos normais” colocarão dinheiros até aparecerem investidores… Depois saem ou dirão que o negócio não deu certo. O que me espanta é a atitude da antt em não checar todas estas manobras de Kaissara, Touro Itapemirim etc. Quem tem passivo trabalhista corra atrás agora, para ver se pega rodonave em pagamento.

  28. E aí pessoal do Diário. Vcs poderiam investigar e fazer uma matéria a respeito. Ou vcs tbm estão de acordo com esta situação?

  29. Boa tarde , (Compra dá Itapemirim)Td jornalismo tem um pouco de investigativo, esse grupo já deu golpe em várias empresas em São Paulo ,Morillo,Grampo Aços , Procarta,Alpitec e ainda tentaram o golpe na Karmanguia sem sucesso,mandei pra vários jornais inclusive daí mas ninguém quer se expor ,enquanto isso os trabalhadores tomam calotes e se iludem com esses picaretas que sonegam e não indenisam ninguém.

  30. Sobre essa corja que assumiu a Itapemirim foram os mesmos que acabaram sucateado as empresas e Dando calote nos funcionários e,fornecedores é Governo Grampos Aços , Estamparia Morillo , Alpitec Injeção de Plástico , Procarta Gráfica e queriam assumir a Karmanguia (sem sucesso) já havia dito aqui mas parece que está que nem o País ninguém investiga e barram esses fraudadores.

  31. Com meus 40 anos de transporte fico feliz pela continuidade das empresas do grupo Itapemirim. Pois seria uma perda muito significativa para o mercado carente de produtividade e emprego. Ela sempre foi o destaque no contexto de empresa de transportes de passageiros e cargas. Que Bom.

  32. O culpado pela a empresa ter chegado ao fundo do posto foi os maus gerenciadores que meteram a mão na grana do seu CAMILO.Eles nem sequer pensaram nas familias dos seus funcionário.Eu trabalhei na empresa e fui dispensado sem ter feito nada de errado, eu pedir pelo amor de Deus para não tirar o meu emprego pois eu tenho um filho deficiente e sou casado , eu pedir para um tal de chefe de nerds conhecido como Villa Real para não me dispensar e ele não teve compaixão de mim e eu estou desempregado até hoje graças a este chefe .Se a empresa tivesse chefes e gerentes competente a empresa não teria quebrado.Alem de tudo ainda tinha uns funcionários que roubava a empresa no setor de embarque que pegava dinheiro para eles sendo que eu já presenciei várias vezes, os chefes da empresa só sabe punir quem trabalha honesto , por isto que a empresa quebrou.

  33. Se a empresa tivesse pagos os direitos do trabalhador durante o tempo que os funcionários permaneceu na empresa hoje ela não estaria devendo a nenhum ex funcionário.

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. Enquanto novo Grupo da Itapemirim anuncia compras, funcionários reclamam de atrasos nos salários e benefícios – Diário do Transporte
  2. Viação Itapemirim: já faltam ônibus, investimentos não foram realizados e dívidas trabalhistas aumentaram – Diário do Transporte
  3. Viação Itapemirim: já faltam ônibus, investimentos não foram realizados e dívidas trabalhistas aumentaram – Portal Condeúba
  4. Itapemirim se diz vítima de “conspiração” e ameaça processar quem divulgou informações – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: