Presidente Prudente (SP) terá mais 11 ônibus da Sancetur nas linhas municipais

Passageiros têm reclamado de lotação e demora; Com acréscimo, frota passará para 50 veículos, promete prefeitura

ADAMO BAZANI

A Sancetur (Santa Cecília Turismo) vai colocar nesta semana mais 11 ônibus em circulação na cidade de Presidente Prudente, no interior paulista, onde opera emergencialmente por 180 dias desde 08 de dezembro de 2021.

A promessa foi divulgada nesta segunda-feira, 13 de dezembro de 2021, pelo secretário de Mobilidade Urbana, Luiz Edson de Souza, em nota da prefeitura.

Na sexta-feira (10), foram incluídos 10 ônibus e, no sábado (11), outros nove, elevando para 39 os ônibus em circulação.

Segundo a prefeitura, com os 11 prometidos para esta semana, a frota vai para 50 ônibus, conforme anunciado para o mês de dezembro.

Passageiros têm reclamado da lotação e demora nas linhas.

A Sancetur entrou no lugar da Prudente Urbano (Company Tur Transportes e Turismo Ltda / Pruden Express), que teve o contrato rompido por determinação judicial que atendeu pedido da empresa. A Prudente Urbano passou por intervenções da prefeitura, registrou greves consecutivas e teve ônibus apreendidos por falta de pagamento.

A Sancetur foi escolhida pelo critério de menor valor por quilômetro rodado: R$ 7,10.

 

O valor do contrato é de R$ 7,2 milhões (R$ 7.221.428,24).

A prefeitura promete que a tarifa será mantida em R$ 4,25.

DECISÃO JUDICIAL

Em 02 de dezembro de 2021, o juiz da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Presidente Prudente, Darci Lopes Beraldo, determinou que a Prefeitura de Presidente Prudente, no interior do estado de São Paulo, rompa o contrato com a empresa de ônibus Presidente Urbano.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/12/02/justica-determina-que-prefeitura-de-presidente-prudente-sp-rompa-contrato-com-empresa-de-onibus/

DÍVIDAS DA EMPRESA

Além disso, sobre a apreensão de 16 ônibus ocorrida em 21 de outubro de 2021, por determinação o juízo da 3ª Vara Cível de Presidente Prudente, o Poder Público informou que a dívida foi contraída pela Company Tur, que ficou inadimplente com o Banco Guanabara em período anterior ao da intervenção.

Sobre o acordo firmado em 02 de setembro de 2021, a Prefeitura informou que o interventor assinou o documento como estando “de acordo” com uma composição que estava sendo feita pela Company Tur e seus avalistas junto ao referido Banco, que pretendia reparcelar a dívida que a estes pertencem.

“Não compete ao Poder Público, interventor na empresa, saldar a dívidas que são da Company Tur e de seus avalistas.”

APREENSÕES:

A empresa tem sido alvo de diversas apreensões de ônibus por não pagamento de financiamentos.

Em 21 de outubro de 2021, por determinação, juiz Paulo Gimenes Alonso, da 3ª Vara Cível de Presidente Prudente, 16 ônibus foram apreendidos.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/10/21/prudente-urbano-tem-16-onibus-apreendidos-na-madrugada-desta-quinta-21/

No dia 05 de outubro de 2021, o juiz da 2ª Vara Cível da Comarca de Presidente Prudente (SP), Silas Silva Santos, determinou a apreensão de cinco ônibus.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/10/05/justica-determina-apreensao-de-cinco-onibus-da-prudente-urbano-devido-a-divida-de-mais-de-r-900-mil-com-cooperativa-de-credito/

No dia 29 de julho de 2021, por determinação da 4ª Vara Cível do Fórum de Presidente Prudente, no interior paulista, nove ônibus da empresa da empresa Presidente Urbano  (Pruden Express) foram apreendidos.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/07/29/onibus-da-presidente-urbano-sao-apreendidos-por-atrasos-no-pagamento-de-financiamento/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Maria Dalva Nunes Higa disse:

    Parabéns pela atitude. Uma cidade com uma população grandiosa como Prudente, não ter transporte coletivo. E no mínimo vergonhoso…
    A minha Cecap /trevo gordo será atendida? Ou ficaremos à deriva??…

Deixe uma resposta