Ônibus da Presidente Urbano são apreendidos por atrasos no pagamento de financiamento

Mandado de apreensão relacionava 11 coletivos; Nove dos listados foram encontrados na garagem

ADAMO BAZANI

Por determinação da 4ª Vara Cível do Fórum de Presidente Prudente, no interior paulista, nove ônibus da empresa da empresa Presidente Urbano  (Pruden Express) foram apreendidos na cidade na manhã desta quinta-feira, 29 de julho de 2021.

O motivo foi falta atraso no pagamento dos financiamentos.

A informação foi trazida pela TV Fronteira e G1 Presidente Prudente e confirmada pelo Diário do Transporte junto ao sistema de processos.

Na decisão, que atende a um banco de financiamento, 11 ônibus são listados para a retenção, mas somente os nove foram operados.

Os dois restantes estariam circulando em Belo Horizonte (MG).

Os veículos estão entre os mais novos operados pela companhia que está sob intervenção da prefeitura.

O sistema municipal conta atualmente com 41 ônibus em operação e as linhas especiais e de reforço estão suspensas, após uma greve de 40 dias.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/07/26/greve-de-onibus-em-presidente-prudente-chega-ao-fim-apos-40-dias-mas-frota-nao-e-total/

Não há informações sobre prejuízos aos serviços com a apreensão.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. LUIS CARLOS DA SILVA disse:

    U

  2. LUIS CARLOS DA SILVA disse:

    Pode por á culpa no uber e 99 essas merdas de App que escraviza motoristas,enganam os passageiros ( pois o App não tem um carro então foda-se….colocam valor lá embaixo e oferece carros totalmente sem manutenção)e falem as empresas de ônibus desempregando vários cidadãos. As autoridades precisam fazerem algo pois não da pra aguentar mais.

Deixe uma resposta