ÁUDIO: Bahia vai se organizar para vacinar trabalhadores de transportes públicos

Ônibus do sistema de Vitória da Conquista, na Bahia

De acordo com secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, outra meta é vacinar profissionais da educação

ADAMO BAZANI

A Bahia pode ser o estado que dará o pontapé inicial na vacinação de profissionais de transportes públicos.

Pela manhã desta quarta-feira 31 de março de 2021, por meio da assessoria de imprensa do Governo do Estado, o secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, disse que a próxima categoria contemplada deve ser dos profissionais de educação e que, no caso dos motoristas e cobradores de ônibus e os metroviários, o início da vacinação será preparado, mas depende da quantidade de imunizantes.

“Nos estamos visando buscar a vacinação dos professores, para que eles possam retornar à sala de aula e assim as aulas presenciais serem viabilizadas. Temos também no nosso radar os profissionais de transporte, de ônibus, de metro, que são uma população muito exposta, mas isso depende da garantia do envio de vacinas” – disse

Ouça:

As forças de segurança e salvamento da Bahia, que incluem policiais federais, militares, civis, bombeiros e guardas municipais com mais de 50 anos de idade, serão vacinados contra o coronavírus (covid-19) a partir desta quinta-feira (01).

Cronogramas de vacinação de profissionais dos transportes coletivos, em decorrência do nível de exposição dos trabalhadores ao público em geral, têm sido alvos de manifestações por parte de empresas e protestos de trabalhadores.

Como mostrou o Diário do Transporte, o Ministério da Saúde calcula a existência de 751,5 mil (751.768) pessoas a serem vacinadas somente nos sistemas de transportes, sendo  678,2 mil (678.264) funcionários de sistemas de ônibus e vans e 73,5 mil (73.504) metroviários e ferroviários.

Na lista de prioridades, os trabalhadores em transportes ocupam a posição 23 (ônibus) e 24 (trens e metro) de um total de 29 posições.

Ainda não há datas para a vacinação destes profissionais pelo País.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/24/governo-federal-estima-em-751-mil-o-total-de-profissionais-de-transporte-coletivo-a-serem-vacinados-contra-covid-19-mas-ainda-nao-define-data/

Trabalhadores de trens, metrôs, ônibus e vans dizem temer o avanço da covid-19, em especial pelo alto risco de exposição ao público em geral.

Já foram realizados protestos de motoristas e cobradores pedindo vacina em diversos sistemas como ABC Paulista, São Paulo, Fortaleza, São José dos Campos, entre outros.

ABC:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/22/terminais-de-onibus-no-abc-sao-liberados-apos-paralisacao-na-manha-desta-segunda-22/

SÃO PAULO:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/24/onibus-em-sao-paulo-sao-paralisados-em-terminais-durante-protesto-de-trabalhadores-nesta-quarta-24/

SALVADOR:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/24/trabalhadores-do-transporte-coletivo-de-salvador-realizam-protesto-por-vacina-de-covid-19/

FORTALEZA:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/24/rodoviarios-de-fortaleza-ce-paralisam-onibus-reivindicando-vacina-de-covid-19/

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/31/onibus-em-sao-jose-dos-campos-param-em-protesto-por-vacina-em-trabalhadores-dos-transportes/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta