Doria, Baldy e Meirelles vão à China na sexta oferecer concessão de trilhos em São Paulo

Publicado em: 31 de julho de 2019

Doria em apresentação de novo acesso da Estação Oscar Freire. Foto: Diário nos Trilhos/Clique para Ampliar

Governador ainda prometeu que neste ano lança licitação da linha 5-Lilás até o Jardim Ângela. Doria ainda reafirmou que “people mover” no aeroporto de Guarulhos estará pronto até dezembro de 2020. As declarações foram feitas durante entrega do novo acesso Clínicas da Estação Oscar Freire aos passageiros da Linha 4-Amarela e anúncio da reforma da Estação Capão Redondo, da linha 5-Lilás.

ADAMO BAZANI/JESSICA MARQUES

Colaboraram Diário nos Trilhos e Tiago Muniz (Jovem Pan)

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou que vai juntamente com o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, a secretária de Desenvolvimento e o secretário de planejamento e Fazenda, Henrique Meirelles, para a China, nesta sexta-feira, 02 de agosto, buscar investimentos para diversas áreas, inclusive, para a mobilidade.

Entre os projetos que devem ser oferecidos estão a criação do TIC – Trem Intercidades, que inclui a concessão da linha 7-Rubi (Jundiaí-Francisco Morato-Luz), e também a concessão das linhas 8 Diamante (Júlio Prestes-Amador Bueno) e 9 Esmeralda (Osasco – Grajaú, que está sendo prolongada para Varginha, no extremo Sul da capital).

“Um dos objetivos dessa viagem à China é buscar novos investimentos para alguns programas de desestatização aqui no estado de São Paulo, onde uma das prioridades são os sistemas de mobilidade, incluindo Metrô, trens da CPTM, as linhas ferroviárias entre as cidades São Paulo-São José dos Campos, São Paulo-Campinas-Americana e o ferroanel também”, disse Doria.

Ontem, para portais de mobilidade, dentre os quais o Diário do Transporte, o presidente da CPTM, Pedro Moro, disse que os modelos de concessões do sistema de trilhos estão sendo finalizados e que, neste semestre ainda, devem ocorrer as audiências públicas sobre as linhas 8 e 9.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/07/30/concessao-das-linhas-8-e-9-tera-audiencia-publica-nos-proximos-meses-diz-presidente-da-cptm/

As declarações de Doria foram feitas na manhã desta quarta-feira, 31 de julho de 2019, durante entrega do novo acesso Clínicas da Estação Oscar Freire aos passageiros da Linha 4-Amarela e anúncio da reforma da Estação Capão Redondo, da linha 5-Lilás.

Segundo a STM – Secretaria de Transportes, a noa entrada da Estação Oscar Freire fica no “número 1.028 da avenida Rebouças, na esquina com a rua Oscar Freire, na região do Jardim Paulista, e permite chegar mais facilmente ao Hospital das Clínicas. O acesso funcionará de domingo a sexta-feira, das 4h40 à 0h, e aos sábados, das 4h40 até a 1h do dia seguinte. Essa passagem conta com oito escadas rolantes, cinco fixas e um elevador, além de piso podotátil para auxiliar pessoas com deficiência visual.”

Ainda de acordo com a pasta, a Estação Oscar Freire funciona desde abril de 2018 e recebe 22 mil pessoas diariamente. O local é totalmente acessível e conta, ao todo, com cinco elevadores, 20 escadas rolantes e 17 fixas, além de portas de plataformas. O espaço é operado pela concessionária da linha, ViaQuatro.

ESTAÇÃO CAPÃO REDONDO:

Projeção de como deve ficar a estação Capão Redondo após a reforma no acesso. Fonte: STM

Quanto à estação Capão Redondo da linha 5-Lilás, na zona Sul de São Paulo, as obras serão de responsabilidade da ViaMobilidade, concessionária da linha e que tem como acionais principais os mesmos controladores da linha 4-Amarela: CCR e RuasInvest.

Segundo a STM – Secretaria de Transportes, as intervenções devem ampliar em 63% a área de acesso à estação. As obras devem ficar prontas até dezembro de 2019.

“Na Estação Capão Redondo serão feitas diversas melhorias para facilitar o fluxo de passageiros, atualmente em torno de 100 mil pessoas em dias úteis. Entre os serviços programados pela concessionária ViaMobilidade, responsável pela operação e manutenção da Linha 5-Lilás, estão a ampliação do espaço de entrada, implantação de uma passagem exclusiva para o terminal de ônibus e aumento do número de catracas. A área de acesso à estação será ampliada em 63%.

Ainda como parte da adequação da estação, construída em 2000, a escadaria da calçada será substituída por uma rampa, com ligação direta à área das catracas, para oferecer acessibilidade a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Além disso, as máquinas de autoatendimento e recarga de bilhetes serão reposicionadas.

As mudanças contribuirão para aumentar a fluidez no embarque e desembarque, especialmente em horários de maior movimentação. Ao término das adequações, a capacidade de absorção do fluxo de passageiros vindos da rua crescerá 40%. O número de catracas também terá acréscimo de aproximadamente 40%.”

“PEOPLE MOVER DO AEROPORTO”

O governador também reafirmou que o “people mover” no aeroporto de Guarulhos estará pronto até dezembro de 2020. O meio de transporte terá paradas nos três terminais de passageiros do aeroporto e com destino à Estação Aeroporto Guarulhos da CPTM. A projeção do Governo do Estado é de que o people mover tenha 2,6 quilômetros de extensão, com um trajeto realizado em cerca de seis minutos.

O modal é um APM – Automated People Mover. Este tipo de sistema, que conta com guias laterais e condução autônoma, é habitualmente usado em pequenas distâncias e demandas restritas.

Doria disse ainda que ainda neste ano, continuam as obras.

A promessa inicial de entrega das obras era para maio de 2021.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/05/28/ligacao-entre-linha-13-e-terminais-do-aeroporto-de-guarulhos-tera-monotrilho-ate-maio-de-2021-diz-doria/

LINHA 5 ATÉ JARDIM ÂNGELA:

O governador ainda prometeu que neste ano lança a licitação da extensão da linha 5-Lilás até o Jardim Ângela.

Como mostrou o Diário do Transporte, em maio, o secretário de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Alexandre Baldy,disse que a extensão será entregue em 2024.

A promessa foi feita em audiência pública com moradores do MiBoi Mirim sobre o tema.

Segundo Baldy, em suas redes sociais, serão três estações a mais na linha atual: Comendador Santana, M. Boi Mirim e Jardim Ângela.

As obras teriam início, ainda de acordo com o secretário, em 2021.

Os recursos para a expansão virão da iniciativa privada.

Quando entregou a estação Campo Belo, também da linha 5, em 08 de abril deste ano, o governador João Doria tinha dito que foram iniciados no final do mês de março os estudos para levar o metrô até o Jardim Ângela, mas não informou nenhum prazo naquela ocasião.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/04/08/em-inauguracao-da-estacao-campo-belo-doria-promete-metro-ate-o-jardim-angela/

Adamo Bazani e Jessica Marques, jornalistas especializados em transportes

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Tiago disse:

    ccr tem filial na china?

  2. Matheus d'noar da Silva disse:

    Depois de acontecer aquela c*g*d* com a linha 18 – bronze, me surpreenderia se aceitassem uma nova ppp.

  3. Renato Vieira dos Santos disse:

    Esse camarada já está pensando na disputa presidencial em 2022.

    1. COM CERTEZA RENATO> ELE PRÓPRIO JÁ COMEÇA A DESDENHAR DO PRESIDENTE….eta hipocrisia,,

  4. Rodrigo Zika! disse:

    Não tem opção, o país ta quebrado, só PPP pra salvar a expansão dos trilhos em SP atualmente.

  5. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa tarde.

    Parabéns ao autor da primeira foto.

    Esta imagem vale mais de um zilhão de palavraS e transmite mais de um zilhão de interpretações, mas todas com um só sentido:

    PODER PÚBLICO, ATUALIZE-SE, MODERNIZE-SE, SAI DO JURASSISMO, TENHA MOBILIDADE, EFICIÊNCIA, EFICÁCIA, PRODUZA RESULTADO E ESTIRPE O DESPERDÍCIO DO DINHEIRO DO CONTRIBUINTE.

    AFINAL DINHEIRO PÚBLICO NÃO EXISTE.

    Quem quiser fazer turismo faça com o dinheiro do próprio bolso.

    Lembrando que já existe vídeo conferência.

    VAMOS TRABALHAR.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta