Rodoviários de Porto Velho (RO) anunciam greve de ônibus para esta segunda-feira, 21

Foto: Roni Carvalho / Diário da Amazônia

Rodoviários esclarecem que paralisação não é por reajuste salarial, mas por pagamentos de benefícios e salários atrasados

ALEXANDRE PELEGI

Porto Velho, capital do estado de Rondônia, amanheceu sem ônibus nesta segunda-feira, dia 21 de janeiro de 2019.

Em assembleias realizadas na semana passada, o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Urbano Público (SITETUPERON) decretou greve por tempo indeterminado.

A ameaça de demissões em massa e a retirada de direitos trabalhistas já acordados seriam os principais motivos.

A categoria acusa o Consórcio do Sistema Integrado Municipal de Transporte de Passageiro (SIM), que detém a concessão temporária do transporte coletivo na capital, de atrasar o repasse de benefícios como cesta básica de alimentos, vale alimentação e auxílio saúde.

Os salários dos trabalhadores estão sendo pagos com atraso e de forma parcelada, acusam os dirigentes sindicais.

O Consórcio SIM, que detém a concessão temporária de transporte de ônibus na capital de Rondônia, tem enfrentando a concorrência de outros modos de transporte, como mototáxi, aplicativos de transporte individual e táxi compartilhado.

O SITETUPERON afirma que o Consórcio teria pedido a rescisão do contrato com a prefeitura, que vem postergando uma decisão a respeito do assunto por não encontrar outras empresas para assumirem o transporte local.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta