Depois de apito para mulheres, BH anuncia botão de pânico em importunação sexual

Publicado em: 22 de outubro de 2018

Ônibus em BH já possuem equipamento para casos de assaltos e depredações. Foto: Paulo Sergio da Silva – Clique para ampliar

Motoristas serão treinados para identificar casos

ADAMO BAZANI

Os equipamentos de alerta dos ônibus da capital mineira (botão de pânico) serão utilizados também para casos de abuso e importunação sexual.

A medida foi anunciada nesta segunda-feira, 22 de outubro de 2018, pela assessoria de imprensa da Guarda Civil Municipal de Belo Horizonte.

Os botões já instalados nos ônibus são usados para ocorrências como depredações e assaltos.

Segundo a corporação, os equipamentos vão emitir os alertas para a central da Guarda Municipal já indicando a localização e o número do ônibus.

Os motoristas vão receber treinamento especial para saber como identificar os casos e que postura a adotar.

O uso do botão é mais uma das ações para tentar diminuir os casos de violência contra as mulheres no sistema de transportes de BH.

Conforme mostrou o Diário do Transporte, a atuação de uma patrulha feminina, com 40 agentes, e a distribuição de apitos para as passageiras usarem em casos de abuso ou importunação também são medidas que devem entrar em vigor.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2018/10/12/bh-tera-patrulha-feminina-contra-assedio-no-transporte-publico/

A Guarda Civil diz que já tem um levantamento dos locais onde são maiores as incidências dos casos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

Deixe uma resposta