Santos (SP) sobe valor da tarifa de ônibus para R$ 4,05 no próximo dia 14

Novos veículos da Piracicabana com ar-condicionado adquiridos em dezembro de 2017, que passaram a circular em 23 linhas de Santos

Justiça reconsiderou medida que suspendia o aumento

ALEXANDRE PELEGI

Agora é para valer. A prefeitura de Santos, importante cidade do litoral paulista, comunicou nesta quinta-feira (4) o reajuste da tarifa dos ônibus, que passará de R$ 3,85 para R$ 4,05. O novo valor passa a valer no próximo dia 14, um domingo.

No dia 2 de janeiro de 2018 o juiz Vinicius de Toledo Piza Peluso, da Vara da Fazenda Pública de Santos, atendeu pedido da Defensoria Pública do Estado e determinou que a prefeitura não reajustasse a tarifa de ônibus sem divulgação dos estudos para o novo valor.  A Defensoria havia solicitado, no fim de dezembro passado, que o prefeito Paulo Barbosa e a Viação Piracicabana, que detém o contrato de concessão na cidade, congelassem o processo de revisão tarifária.

O Poder Judiciário reconsiderou a medida, entendendo que não havia “revisão”, mas sim um processo de “reajuste”, previsto no contrato de concessão. Com a liberação da Justiça, a prefeitura comunicou oficialmente o novo valor da passagem dos ônibus municipais.

Como tem sido justificado pelas prefeituras do país em todos os processos de reajuste tarifário decididos no mês de dezembro de 2017, com validade para 2018, o aumento de Santos seguiu o mesmo roteiro: crescimento frequente do preço do diesel; gastos com a folha de pagamento dos funcionários; e outros insumos que impactam no valor final da tarifa.

Para os santistas que utilizam o Cartão Transporte (CT), os créditos eletrônicos serão convertidos em número de passagens pelo valor de R$ 3,85.

A tarifa especial praticada aos domingos continua, com o pagamento de meia tarifa para os usuários do CT. Já o passe escolar, para os estudantes dos cursos regulares, será mantida a meia-passagem, cujo valor sobe para R$ 2 no dia 14 de janeiro.

NOVOS ÔNIBUS E FROTA CLIMATIZADA

Conforme noticiamos no Diário do Transporte, Santos recebeu, em dezembro de 2017, 30 ônibus zero quilômetro, com ar-condicionado, comprados pela Viação Piracicabana. Os veículos, entre micro-ônibus, mídis e convencionais, são de carroceria Marcopolo e chassi Mercedes-Benz. Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2017/12/23/santos-recebe-30-onibus-novos-marcopolo-com-ar-condicionado/

A prefeitura informou, em nota, que com esta nova aquisição da Piracicabana, sobe para 63% o total de ônibus com ar-condicionado na frota da cidade. A distribuição dos veículos deste tipo (entre os novos e os já existentes) foi feita, segundo a administração, para que todas as linhas contassem com ônibus climatizados.

Atualmente, a frota operacional de 286 ônibus está dimensionada de maneira que em todas as linhas a circulação ocorra de forma alternada (um carro com ar, outro sem).

A expectativa da Prefeitura de Santos é que toda a frota da Viação Piracicabana que opera as linhas da cidade esteja com ar-condicionado até o próximo verão. Esta informação foi antecipada pelo Diário do Transporte em outubro, relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2017/10/23/entrevista-piracicabana-vai-intensificar-renovacao-de-frota-em-2018/

CIDADES DA BAIXADA SANTISTA REAJUSTARAM TARIFAS PARA 2018

Como mostrou o Diário do Transporte, outras cidades da Baixada Santista já realizaram reajustes nas tarifas, como Praia Grande, Cubatão e Peruíbe. Relembre:

2018 começa com ônibus mais caro em cidades da Baixada Santista

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: