Terminal Campo Limpo começa a ser liberado após horas de bloqueio pelo Sindimotoristas, mas normalização leva tempo

Foto: Sindimotoristas

SPTrans chegou a classificar o ato de irresponsável; foram prejudicados passageiros de linhas municipais e metropolitanas

ADAMO BAZANI

O Terminal Campo Limpo, na zona Sul de São Paulo, começou a ser liberado pelo Sindimotoristas que bloqueou o local e prejudicou a operação de 29 linhas municipais e outras linhas metropolitanas de ônibus. Entretanto, a normalização vai demorar

O bloqueio começou por volta de 05h40 desta quinta-feira, 07 de julho de 2022.

Além de atrapalhar a operação dos ônibus, o ato também prejudicou quem se deslocava de carro, já que foi formada uma fila de coletivos que interferiu no trânsito.

A SPTrans (São Paulo Transporte) chegou a classificar o protesto como irresponsável

A SPTrans informa que foi surpreendida pelo ato de um grupo que irresponsavelmente bloqueou a entrada do Terminal Campo Limpo, entre 5h40 e 8h05 desta quinta-feira, 7 de julho, prejudicando a operação do transporte no local.

Por conta do ato, as 29 linhas que operam no terminal tiveram a operação prejudicada. O atendimento está sendo retomado de forma gradativa e deverá ser normalizado nas próximas horas.

Técnicos da SPTrans estão na região para monitorar a operação do transporte público.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2022/07/07/protesto-afeta-o-funcionamento-do-terminal-campo-limpo-em-sao-paulo-nesta-quinta-07/

O motivo, segundo o Sindimotoristas, foi a demissão de 16 funcionários pela empresa Transppass, por causa da greve do fim de junho. Dez foram recontratados e a paralisação desta quinta-feira (07) ocorreu por causa de seis.

No dia 29 de junho de 2022, a greve foi decretada abusiva pelo TRT (Tribunal Regional do Trabalho) que aplicou multa de R$ 100 mil ao Sindimotoristas e autorizou as empresas a fazer demissões.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2022/06/29/greve-de-onibus-em-sao-paulo-justica-determina-volta-dos-onibus-decreta-greve-abusiva-e-aplica-multa-de-r-100-mil-ao-sindmotoristas/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. wellington matos de sousa disse:

    Engraçado é que se os passageiros forem demitidos sindicato nenhum vai ajudar.

Deixe uma resposta