Empresa de Jacob Barata vai vender mais 100 ônibus articulados para o BRT, ao vencer licitação nesta sexta (27)

Guanabara Diesel (ônibus Mercedes-Benz) foi única empresa que apresentou propostas

ADAMO BAZANI

A Guanabara Diesel (ônibus Mercedes-Benz), do Grupo de Jacob Barata Filho, foi vencedora de mais um lote para fornecer coletivos para o sistema de BRT do Rio de Janeiro, comprados pela prefeitura.

A empresa foi a única a oferecer proposta no pregão desta sexta-feira, 27 de maio de 2022, para a compra pelo poder público de 100 ônibus articulados.

Segundo a prefeitura do Rio de Janeiro, foram dois lotes e o preço final dos 100 articulados foi fechado em R$ 241,8 milhões (R$ 120,9 milhões por cada lote de 50 veículos).

 

Como mostrou o Diário do Transporte, a Guanabara Diesel já tinha vencido uma licitação anterior de compras de ônibus para o BRT envolvendo 20 ônibus por R$ 42,2 milhões.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2022/04/25/prefeitura-do-rio-de-janeiro-homologa-guanabara-diesel-e-marcopolo-para-fornecer-onibus-articulados-para-o-brt/

A empresa de Jacob Barata também tentou impedir o fornecimento de 71 ônibus padrons da concorrente Volkswagen para o sistema de BRT (Bus Rapid Transit), mas teve o pedido de impugnação ao resultado da licitação negado pela prefeitura.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2022/05/16/guanabara-de-jacob-barata-tenta-barrar-homologacao-da-volkswagen-no-brt-rio-mas-tem-recurso-negado/

A Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) informou que, com a aquisição desta sexta-feira, 27 de maio de 2022, a nova frota para o sistema já totaliza 291 veículos

Na licitação anterior para a aquisição de novos ônibus para o BRT,  ocorrida no dia 1º de abril deste ano, a prefeitura recebeu propostas de fornecedores para a compra de 191 novos ônibus, sendo 120 articulados e 71 ônibus modelo padron.

A previsão de entrega dos novos ônibus é dezembro de 2022, no caso dos ônibus padron, e março de 2023, para os articulados.

HISTÓRICO:

A prefeitura do Rio de Janeiro é responsável pelas operações do BRT.

Em 03 de março de 2021, o prefeito Eduardo Paes decretou intervenção do poder público no BRT por seis meses devido a problemas na prestação de serviços pelos concessionários.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/03/paes-anuncia-intervencao-no-brt-do-rio-e-bilhetagem-nova-licitacao-sera-feita/

Já em 18 de setembro de 2021, Paes prorrogou a intervenção por mais seis meses.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/09/18/eduardo-paes-prorroga-por-mais-seis-meses-intervencao-no-brt-rio/

O segundo período de intervenção duraria até março de 2022, mas julgando que os problemas não tinham sido resolvidos e que os consórcios operadores não teriam mais condições de reassumir, a gestão Paes decretou em 17 de fevereiro de 2022 a anulação dos contratos com as empresas de ônibus, sendo a prefeitura responsável pelo sistema BRT.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2022/02/17/paes-decreta-caducidade-parcial-dos-contratos-do-brt-rio-requisita-frota-e-smtr-assume-bilhetagem-gestao-e-operacao-do-sistema/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Roberto silva disse:

    Paraíba analfabeto mas e inteligentes o maior empresário do Brasil

  2. Rubens de Oliveira disse:

    Até quando esses ratos vai continuar mandando na prefeitura do Rio.

  3. Alberto disse:

    Quase dois milhões e meio por ônibus!!!😱
    Como é que o TCM não vê essas merdas?

  4. Juninho disse:

    Tudo articulado para um só concorrente. Isso junto co p prefeito bandos de ladrões vão par Rússia

  5. JEAN RAFAEL disse:

    De um licitação pra outra cada ônibus ficou mais de 300 mil mais caro. Isso que é valorização rápida !
    E nós vamos pagando …

  6. Fernanda disse:

    Jacob Barata, sócio do cunhado do Min do STF Gilmar Mendes. O mesmo que já foi preso e solto pelo Gilmar. Não era ele que pagava propina para um promotor? 😏

  7. Jorge da Silva viga disse:

    Eu já sabia..Só troca não sabia deste resultado. Quem mandou votar no cara da viga da perimetral.

  8. Sidney disse:

    Só podia ser a família de Jacob barata para ganhar a limitação pois o prefeito e corrupto como está família de ladrão que tem o poder dos ônibus no rio de janeiro que sempre estão impedindo de outras empresas a entrar

  9. Alex disse:

    Vamos fazer uma lei popular para todos políticos receber um salário mínimo e a diferença ser investido em saúde educação e segurança

  10. HENRIQUE MICELI disse:

    Gostaria de compreender porque a Prefeitura do Rio de Janeiro, não fez a licitação para Ônibus Articulado Elétrico, ao invés dos convencionais, afinal o Prefeito Eduardo Paes, foi do alto escalão de uma industria de veiculos eletricos, e isto deveria ser implantado aqui no Rio de Janeiro, modernizando a cidade e fazendo o uso de energia limpa para não poluir mais o ar da nossa cidade…

Deixe uma resposta