Grupo Salineira diz que vai deixar os transportes em São Pedro da Aldeia (RJ) em 09 de maio de 2022

Empresa diz que motivo é “inércia do poder público” frente ao quadro de crise nos transportes

ADAMO BAZANI

O Grupo Salineira, proprietário da Viação São Pedro, comunicou nesta segunda-feira, 25 de abril de 2022, por meio de nota oficial, que deixará de operar em São Pedro da Aldeia (RJ) a partir de 09 de maio de 2022.

Não é a primeira vez que a empesa ameaça sair.

O Diário do Transporte mostrou que em 02 de julho de 2022, a empresa já havia comunicado desistência das operações, mas a prefeitura conseguiu na Justiça determinação para que os serviços não fossem interrompidos.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/07/02/viacao-sao-pedro-vai-encerrar-as-atividades-a-partir-de-quinta-08/

Na nota desta segunda-feira (25), a empresa de ônibus acusou o poder público de ser inerte diante da crise dos transportes ao não oferecer soluções para que os serviços se mantenham.

O Grupo Salineira fala que tem sofrido concorrência “predatória e desleal” e que não há readequação das linhas e horários.

A empresa ainda responsabilizou a covid-19 pela piora no quadro dos transportes da cidade ao provocar queda de demanda.

O Grupo citou também o grande número de gratuidades no sistema.

Veja a nota na íntegra:

Há algumas décadas, a Viação São Pedro iniciou as atividades no município de São Pedro da Aldeia, sendo por muitos anos, a principal indutora de desenvolvimento, ao trazer empregos, renda e acesso dos bairros ao centro da cidade. A empresa se tornou um verdadeiro patrimônio do município, ao investir em uma frota moderna e confortável, renovada a cada 2 anos em média; bilhetagem eletrônica, sendo pioneira da implantação que substituiu o vales de papel no Estado do Rio de Janeiro e acessibilidade em todos os ônibus para atender os portadores de necessidades especiais. Infelizmente, devido a falta de planejamento dos últimos governos para a mobilidade urbana da cidade, a Viação São Pedro vem sofrendo com uma concorrência desleal e predatória que tornou real, primeiramente, a necessidade de readequação de linhas e horários, com o objetivo de tornar possível, a continuação dos serviços prestados, priorizando a qualidade e a eficiência do transporte coletivo que atende às zonas rurais e urbanas da cidade. O efeito da pandemia COVID-19 agravou ainda mais a situação da empresa causando uma diminuição drástica no número de passageiros, o que comprometeu seriamente o sistema que possui altos custos. Foram realizados esforços diários e constantes para resgatar a empresa, como reuniões com o Poder Concedente Municipal, associações de moradores e outros representantes, porém, a crise instaurada no transporte coletivo de passageiros em todo o país, também, reflete gravemente no município aldeense, e tornou lamentavelmente, inviável, a sobrevivência do sistema que atendia aos usuários pagantes e não-pagantes. Sendo assim, o pequeno número de passageiros pagantes inviabilizou a manutenção do padrão de qualidade da empresa. É com pesar, que a Viação São Pedro, vem respeitosamente, comunicar aos seus clientes, autoridades e imprensa, o encerramento das atividades na cidade de São Pedro da Aldeia, a partir da zero hora, do dia 09 de maio de 2022.
Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. carlos souza disse:

    A prefeitura que estatize tudo de vez e não licite JAMAIS.Ou decreta a extinção do municipio e inclusive até mesmo do Estado do RJ todo.

  2. Ana disse:

    salineira é uma piada, além de se doer com a existência de uber, taxi e as vãs ele coloca a culpa na covid, como se fosse plausível. vai tirar o meu de transporte de muitos cidadãos de bairros distantes por puro ego, o famoso “se mexer no meu monopólio eu choro”.

  3. Marco Franco disse:

    Ana, vc só disse m…. Bobagens em cima de bobagens, sua análise não tem qualquer critério técnico. Vá saber o custo de uma empresa de transporte coletivo e o quanto ela está arrecadando. Se o resultado fosse bom, vc acha que a empresa estaria pedindo para sair?????

  4. Luciana disse:

    Depois de anos dominando , e só ganhando, agora quer abandonar o barco,lamentável.

  5. ookinhuoo disse:

    Fora salineira .
    Passagem mais cara do Brasil.

  6. Júlio César Rodrigues disse:

    É essa bosta sair e contrata outra empresa,e está resolvido o problema

  7. RAFAEL NUNES RIBEIRO disse:

    Concordo plenamente

  8. Frederico Fernandes de Oliveira disse:

    Monopólio tá pouco a salineira que proibição de táxi, Uber e 99 …

  9. Andre disse:

    Esses canalha que se dizem empresários sempre fizeram ok queria com a população e os usuários dos transportes públicos e na comida fizeram ok que quis agora que respaldo do poder público pra continuar operando bando de bandidos safados isso aí da lugar a outro seus vermes

  10. Almir Soares Ramos disse:

    Pra salineira só serve se anda com carro cheio mais ela esquece feriado sábado e domingo ela diminui os horário de frota como passageiro vai acredita numa empresa dessa tem que ser serviço sério soque saber de ganha agora tá chorando uma empresa que não dar valor nenhum funcionário só justa causa Tai chorando

  11. Ione Pereira disse:

    Quem sofre com tudo isso é o povo que depende desse transporte. Tomara que entre outra empresa no lugar com preço acessível com ônibus limpos e em bom estado, pq os que ando parecem está com todos os parafusos soltos vão batendo do início ao fim da viagem.

  12. Anselmo Jose C Pinto disse:

    Infelizmente!
    Mais acho viável abertura de livre concorrência nessas linhas, pois a empresa se considera única ,reivindicando quase sempre e não achando meios de suprir seus lucros , por isso que não há planejamento administrativo no qual poderiam apresentar soluções e requisitos de parceria com órgãos públicos.

  13. Any disse:

    Passagem caríssima, ônibus trafegam super lotados,sem manutenção,as janelas”batem” fazendo um barulho insurdecedor.t

  14. Leonardo Rosa disse:

    Vá com Deus! Monopólio desgraçado, passagem absurda.

Deixe uma resposta