São Roque (SP) tem redução de tarifa de ônibus a partir deste dia 1º de janeiro de 2022

Valor passará para R$ 2,75 no cartão e R$ 3,25 no pagamento em dinheiro

ADAMO BAZANI

A partir deste sábado, 1º de janeiro de 2022, o valor da tarifa de ônibus municipais em São Roque, no interior paulista, passa de R$ 3,00 para R$ 2,75 no cartão (redução de 8,33%) e de R$ 3,50 para R$ 3,25 no pagamento em dinheiro (redução de 7,14%).

É a segunda queda no valor da tarifa de ônibus no sistema operado pela empresa Jundiá, como explica, em nota, o prefeito de São Roque, Guto Issa.

“Em menos de um ano reduzimos duas vezes o valor da passagem do ônibus. Um momento inédito na história da nossa cidade, que hoje passa por uma revolução no seu transporte público, oferecendo um serviço que traz conforto, segurança, eficiência e economia a população”, afirmou

Segundo a prefeitura, a primeira redução da passagem ocorreu em fevereiro de 2021, marcando o início das atividades da Jundiá e a reformulação dos transportes.

Como mostrou o Diário do Transporte, a companhia de ônibus entrou no lugar da empresa Mirage que teve o contrato rompido pela prefeitura que, na ocasião, alegou maus serviços para a medida.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/02/12/sao-roque-sp-contrata-jundia-e-rompe-contrato-do-transporte-coletivo-com-a-empresa-mirage/

Na mesma nota, a prefeitura de São Roque destacou, entre outras alterações nos transportes, renovação de frota, mais tempo de integração e a expansão de horários e linhas, o projeto Arte no Ponto, que decora paradas de ônibus pela cidade, com ilustrações produzidas pelo artista plástico Paulo Lara, além das reduções de tarifas.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. vagligeiro disse:

    A se pensar.

    – São Roque vem diminuindo tarifas.
    – Alumínio e Vargem Grande Paulista (vizinhas) tem tarifas gratuitas no transporte público.

    São exemplos que DEVERIAM ser estudados, divulgados com mais ênfase e transparência nos porquês da gratuidade e diminuição.

  2. Cleide disse:

    As coisas vão acontecendo aos poucos!
    Ótima iniciativa prefeito!!

  3. Alex Dagoberto Monares Olea disse:

    São Roque deveria ter uma frota de “microônibus”,…com itinerários para todos os bairros,..ligando todos eles ao centro , com isso , esses microônibus poderiam cobrir ruas de vilas ,onde os ônibus convencionais não chegam,…a manutenção seria mais barata ,e a passagem poderia ser cobrada por trecho, inclusive fazendo participar tb a cidade de Mairinque e adjacentes.

    1. vagligeiro disse:

      Sim, seria o ideal. Isso vale para cidades pequenas vizinhas como a própria citada Mairinque, Araçariguama, Itapevi e Alumínio. Desde que seja “microônibus” = ônibus encurtado (9/10 metros), e não “microônibus” – volare e similares, este serviria para ligações bairro a bairro ou se a demanda for de forma a atender sentado (20 passageiros por viagem em média)

      Tirando a cobrança por trecho, pois na verdade transporte público deve ser moldado para atender a todos, não a poucos. Cobrança por trecho prejudica moradores de periferia, que geralmente tem ganhos menores.

Deixe uma resposta