Artesp apreende 5 ônibus da Buser na via Dutra na primeira semana de dezembro

Imagem ilustrativa. Foto: Odair Lopes / Ônibus Brasil

Agência paulista não seguiu a ANTT, que decidiu há poucos dias não mais interromper viagens de empresas de fretamento regulares, mesmo que estejam operando trechos sem autorização

ALEXANDRE PELEGI

Cinco ônibus a serviço da Buser foram apreendidos pela Artesp – Agência de Transporte do Estado de São Paulo na via Dutra, altura do km 156, em São José dos Campos. As apreensões ocorreram nos dias 03 e 06 de dezembro de 2021, respectivamente quatro ônibus na primeira data, e um no último dia.

Em nota ao jornal O Vale, a Artesp justificou a apreensão após constatar que os veículos “operavam em linha de transporte regular de passageiros sem terem licença para a prestação deste serviço”.

A Artesp continua atuando da mesma forma que a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) vinha operando até recentemente.

Como mostrou o Diário do Transporte, a autarquia federal decidiu alterar a prática de apreensão de veículos em casos como este; Ela não vai mais apreender veículos que tenham registro na entidade. No entanto, garante a ANTT, as empresas serão autuadas por realizarem transporte irregular, ou seja, empresas de fretamento operando linhas, para as quais não estão autorizadas, nem detêm a permissão ou concessão federal. Relembre:

ANTT afrouxa fiscalização sobre transporte irregular de passageiros; veículos não poderão mais ser apreendidos

Ao invés da Buser, que atua como plataforma de agenciamento de viagens, a Artesp autuou as empresas de fretamento, cujos ônibus, após serem escoltados até a rodoviária nova de São José os Campos, foram posteriormente removidos ao pátio do DER (Departamento de Estradas e Rodagem).

Os passageiros foram desembarcados e tiveram de seguir viagem em coletivos do transporte regular, com as passagens pagas pela Buser.

A nota da Artesp justificou a operação: “A intenção é coibir quaisquer operações irregulares e clandestinas, que colocam em risco a segurança dos passageiros e os deixam expostos a riscos, por falta de itens básicos no veículo, ausência de documentação adequada e/ou por não honrarem a contratação de seguros”.

BUSER

Em resposta encaminhada ao jornal O Vale, a Buser afirmou que repudia a “perseguição praticada pelos fiscais da Artesp”. As operações realizadas em São José dos Campos, de acordo com resposta da plataforma, ocorrem com empresas que operam dentro da legalidade, o que levaria a Agência estatal a atuar contra a inovação.

“A Artesp mostra que ainda não entendeu que a tecnologia veio para ficar, e que as pessoas buscam modernidade, segurança e preços baixos na hora de viajar”, finaliza a nota.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Ricardo Silva disse:

    Sistema doidonho com a Buser rsrs

  2. PAULO CESAR BOGORELL VENANCIO disse:

    Tem que pagar para trabalhar rsrsrs só no Brasil de corruptos.

  3. Jacqueline Troni Corra disse:

    Parabéns elas fazem o querem ,viagei por está empresa e só tive problemas.

  4. PAULO CAIO PEÇANHA disse:

    …PARABENS A ARTESP QUE NÃO PERMITE AVENTUREIROS ARRISCANDO A VIDA DAS PESSOAS, COM A PROMESSA DE CONFORTO A PREÇO BAIXO. ESSES CARAS , NÃO DAO GARANTIA NENHUMA AO PASSAGEIRO…….ALEM DISSO, ESSE “APLICATIVOS”, TAMBEM CHAMADOS “PLATAFORMAS”, SÃO APENAS SAITES DE INTERNET….ELES NÃO TEM ONIBUS PROPRIOS, NEM GARAGENS, NEM EMPREGADOS, E TAMBEM NÃO DÃO AS GRATUIDADES EXIGIDA POR LEI,E TAMBEM SÓ FAZEM VIAGEM COM TODAS AS VAFAS VENDIDAS…..SE NÃO VENDEEM TUDO, CANCELAM A VIAGEM….E TAMBEM NÃO HA GARANTIA DE LUGAR POR NUMERO DE POLTRONA…..E TAMBEM NÃO HA FUNCIONARIOS PARA MANUSEAR A SUA BAGAGEM….ISSO É MESMO “UMA PLATAFORMA DE APLICAÇOES”…..CUIDDO

  5. Rosemberg disse:

    Muda de local repentinamente, isso não é bom né, fiz uma viajem hoje com mudança local. Chato isso.
    Pode melhorar.

  6. Manoel Justino disse:

    No começo é difícil, mas com as adequações vão melhorando.
    Agora se não der o dinheiro dos corruptos, aí nunca irá melhorar. Tem que sentar na mesa redonda e despejar dinheiro. Esse é o Brasil, país da corrupção.

  7. João a alves disse:

    Tem prender ônibus da clandestina. Como kim Guimarães

  8. Nilbene dê jesus disse:

    eu mesmo não gostei a primeira vez que comprei uma passagem hj pra viajar amanhã às 7 15 pra feira de Santana Bahia comprei tudo certinho n cartão dp não sei oque aconteceu canscolou minha compra sacanagem palhaçada agora fd comigo até agora mandei mensagem ninguém respondeu nada atrapalhou minha viagem até agora tbm meu valor não voltou p meu cartão nota zero pra essa empresa

  9. Anna Beatriz disse:

    Não tenho o que reclamar, minha viagem com eles foi bem melhor do que imaginava. Paguei 210 reais ida e volta para 3 pessoas tivemos ar condicionado, wi-fi, banheiro, água, acento reservado apenas para mulheres que não querem viajar ao lado de um homem. A viagem foi bem tranquila o motorista cuidadoso e atencioso tivemos uma parada ao Graal e depois apenas parada para desembarque de passageiros ônibus chegou no horário previsto.

  10. GIL SERGIO CAMOLEZ disse:

    O que está em jogo aí são apenas interesses da Agência que não recebe o dinheiro que deseja da empresa, oi dos fiscais que querem dinheiro e pelo interesse das grandes empresas de transporte como por exemplo a Cometa. Agora se tem uma empresa que oferece o mesmo transporte por metade do preço, ainda não pode. Isso é Brasil e o povo é que paga por isso.

  11. Manoel Gouveia disse:

    E para esse fim que máfias de empresas de ônibus pagam eleição de deputados e outros parlamentares!!! Primeiro destruíram os trens de passageiros e AGORA perseguem os que praticam barateamento de passagem. Acorda Brasil!!!!

  12. Anastacio disse:

    Iso mesmo se eles não molhar a mão deles eles não deicha e uma sacanagem estas fiscalização e porque está chegando final de ano eles querem os deles é está corrupção nunca vai acabar

  13. Wagner Marques disse:

    Alexandre , boa noite, e agora como vai ficar com essa outra plataforma chegando , a FLIXBUS que já fez parceria com o Grupo Adamantina?

    1. diariodotransporte disse:

      Olá, temos reportagem sobre esta parceria

  14. Amauri disse:

    Teriam que autuar a Uber também, já que quem tem registro e vistoria da prefeitura são os taxis.

Deixe uma resposta