Prefeito Ricardo Nunes abre crédito de R$ 5,6 milhões para requalificação de corredores de ônibus

A Prefeitura de SP retomou licitações de projetos de requalificação e reforma dos corredores Santo Amaro/João Dias e Interlagos

Recursos foram remanejados de outro item do orçamento, destinado a manutenção e operação de Terminais de Ônibus

ALEXANDRE PELEGI

O Prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, publicou decreto nesta quarta-feira, 24 de novembro de 2021, com a finalidade de “possibilitar despesas inerentes às atividades da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, do Fundo Municipal de Saúde, da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito e da Secretaria Municipal de Habitação”.

Para isso, a prefeitura abriu crédito adicional de R$ 6,33 milhões (R$ 6.335.040,73) suplementar a algumas dotações do orçamento.

No caso do transporte público, o valor vai reforçar a rubrica dedicada a “Obras e Instalações”, no valor de R$ 5,6 milhões (R$ 5.610.961,66), destinado a Ampliação, Reforma e Requalificação de Corredores de Ônibus.

Veja o Decreto:

Em 21 de julho de 2021, o prefeito Ricardo Nunes aportou crédito adicional de R$ 30 milhões para requalificação de corredores. Relembre:

Prefeitura abre crédito adicional de R$ 30 milhões para ampliação e requalificação de corredores de ônibus

Para cobrir o crédito adicional, a prefeitura remanejará verba que estava destinada para manutenção e operação de Terminais de Ônibus.

A prefeitura está repassando a exploração e manutenção dos terminais para a iniciativa provada, processo já em fase terminal. Apenas um Bloco dos três colocados para licitação foi prejudicado. Relembre:

Proposta da Socicam é classificada em primeiro lugar em licitação do Bloco Noroeste dos Terminais de ônibus de São Paulo

PREFEITURA RETOMA PROJETOS DE REFORMA DE CORREDORES

Como tem mostrado o Diário do Transporte, a prefeitura retomou uma série de licitações de projetos para reforma e modernização corredores de ônibus na capital.

Foram retomadas no total as licitações de cinco corredores, após a prefeitura avaliar a “vantajosidade” da retomada das Concorrências e o interesse da SIURB (Secretaria de Infraestrutura Urbana) em contratar futuramente estes corredores.

São os seguintes Corredores cujas licitações estão sendo finalizadas:

= Interlagos (trecho entre avenidas Washington Luis e Atlântica) – Zonal Sul; e

= Santo Amaro/João Dias (trecho entre avenida Portugal e Terminal João Dias).

= Corredor de Ônibus Imirim (entre Av. Dep. Emílio Carlos e Al. Afonso Schimdt) – Zona Norte;

= Corredor de Ônibus Amador Bueno da Veiga (entre Praça Micaela Vieira e R. Embira) – Zonal Leste;

= Corredor de Ônibus Itapecerica (entre Terminal João Dias e Terminal Capelinha) – Zonal Sul.

Relembre:

SPObras homologa empresa vencedora de licitação de projeto de requalificação do Corredor Itapecerica, na Zona Sul

CONSTRUÇÃO DE CORREDORES PERDE R$ 200 MIL

Na mesma edição do Diário de hoje, o prefeito publicou o Decreto nº 60.818 abrindo Crédito Adicional Suplementar de R$ 241 mil (R$ 241.078,96) para pavimento e recapeamento de vias.

A maior parte desse recursos foi retirada do item orçamentário destinado a construção de corredores de ônibus.


Como mostrou o Diário do Transporte, o então prefeito Bruno Covas sancionou em setembro do ano passado a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2021 destinando R$ 83 milhões para a meta de requalificar 50 km de corredores ou faixas exclusivas de ônibus, incluindo manutenção de 50 paradas. Relembre:


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta