Eletromobilidade

Veículos elétricos fazem carreata em São Paulo neste sábado (25) e Nunes reafirma promessa de 2,8 mil ônibus elétricos na capital até 2024

Ônibus, caminhões, carros, furgões e até um carro-forte movidos a eletricidade percorreram ruas da região central e da zona Oeste para mostrar evolução da eletromobilidade

ADAMO BAZANI/WILLIAN MOREIRA

Quem passou pelas regiões do estádio do Pacaembu, na zona Oeste de São Paulo, e da Avenida Paulista, na manhã deste sábado, 25 de setembro de 2021, se deparou com uma carreata silenciosa, mas ao mesmo tempo, que chamou bastante a atenção.

Ônibus, caminhões, carros, furgões e até um carro-forte, todos elétricos, seguiram em filas para mostrar avanços do setor de veículos com tração elétrica no Brasil.

Também neste sábado, o prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes, reafirmou a promessa de que as linhas municipais terão 2,8 mil ônibus elétricos em circulação até o fim de 2024 (veja mais abaixo).

A carreata é promovida anualmente pela ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico), que, durante a semana, realizou uma feira em frente ao Pacaembu para apresentar as novidades não somente de veículos, mas equipamentos, carregadores e modelos de negócios, a exemplo da locação de carros e comerciais elétricos para frotas, como mostrou o Diário do Transporte.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/09/24/feira-do-veiculo-eletrico-latino-americano-traz-modelos-com-menores-emissoes-de-olho-na-retomada/

Além dos diferentes modelos de ônibus elétricos, presentes já em variadas frotas em operação, como os coletivos do tipo Dual Bus (um modelo que funciona nos modos híbrido ou elétrico puro), chamou a atenção um carro-forte elétrico, da empresa Protege. Ambos os modelos, tanto o Dual Bus como o carro de transportes de valores, possuem tecnologia nacional da Eletra, empresa situada em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

A empresa também desfilou com dois caminhões elétricos, um tipo VUC (Veículo Urbano de Carga) e outro de maior porte.

O projeto de Retrofit de caminhões usados para transformá-los em elétricos é de exclusividade da Eletra.

A chinesa BYD, que tem fábrica em Campinas, no interior paulista, apresentou na feira o furgão 100% elétrico BYD eT3. Segundo a fabricante, o modelo tem autonomia para 300 km, com carregamento total da bateria em até duas horas. O veículo tem capacidade para 720 kg de carga e espaço no compartimento para 3,3 mil litros.

FROTA DE ÔNIBUS ELÉTRICOS:

Ainda neste sábado (25), durante o lançamento da Virada ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) 2022, que busca incentivar a população a participar de ações voltadas para energias mais limpas e diminuição da poluição, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, disse que o transporte coletivo terá entre 2,6 mil e 2,8 mil ônibus elétricos até 2024, ano em que termina seu mandato.

Essa projeção faz parte do Plano de Metas que inclui ações em todos os setores, inclusive da mobilidade urbana e transportes.

Segundo Nunes, 20% da frota será de ônibus elétricos, avançando desta forma na direção da redução dos gases do efeito estufa e cumprindo parte do que é previsto ao longo dos contratos com as viações.

A projeção da gestão municipal é de até 2030 reduzir em 50% as emissões e na sua totalidade até 2050.

No Plano de Metas, como informado pelo Diário do Transporte, também é prevista a construção de corredor de BRT, novos corredores convencionais e mais faixas para dar maior agilidade ao ônibus e assim atrair também mais usuários ao transporte, o que se reflete em uma diminuição de carros em circulação pelas vias da cidade e, consequentemente, da poluição.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2021/07/01/plano-de-metas-sp-2021-2024-promete-2600-onibus-eletricos-dois-brt-40-km-de-corredores-e-50-km-de-faixas-exclusivas/

 

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. inline6fan disse:

    Excelente notícia!

    Tenho só uma dúvida: em uma das fotos publicadas está mostrando um ônibus articulado verde e branco, adesivado com “E-Bus”.
    Que ônibus é esse? É elétrico, e se for, de qual empresa (BYD, Eletra, Mercedes..)??

    Pergunto pois eu achava que o único articulado elétrico que existia no Brasil fosse aquele BYD de São José dos Campos.

  2. Aloísio dos Santos Oliveira disse:

    Eu Alosio, motorista da expresso recreio
    no RJ. Gostaria de fazer o curso da eletromobilidade.sou profissional desde 1975 CNH= CAT: A – E já trabalhei c/ BRTs e Carretas. Sei que já tem o chassis de 30 metros e capacidade p/ 300 passageiros.esse aí é o meu sonho de dirigir esse de 30 metros e elétrico.
    Aqui no RJ já tem uns 20 caminhões elétricos da BYD em testes.
    E em Niterói também tinha ônibus da BYD em teste, não sei se aprovarão.
    Por favor me ajudem a realizar o meu sonho com o curso da eletromobilidade.

    Trabalho nos executivos da Expresso Recreio, aqui no Rio de janeiro.
    minha matrícula é 1.228
    2° turno.

    Contato: 21-9.7134:9128

    Sem mais: Aloisio

  3. Aloísio dos Santos Oliveira disse:

    Trabalho na Expresso Recreio, Rio de Janeiro estou ansioso p/ fazer o curso da eletromobilidade.
    Qual a entidade irá me dar essa oportunidade ?
    Minha matrícula é: 2.228
    2° turno
    21-9.7134:9128
    Sem mais: Aloisio

Deixe uma resposta