Eletromobilidade

City Transporte é a única a apresentar proposta na licitação do lote 02 dos ônibus de Sorocaba (SP)

Lote terá 11 articulados

Empresa, do Grupo Abreu, já opera emergencialmente na cidade; Envelope com a documentação ainda será aberto; Edital prevê possibilidade de ônibus elétricos

ADAMO BAZANI

A City Transporte Urbano Global, do Grupo Abreu, foi a única empresa a apresentar proposta na sessão desta segunda-feira, 30 de agosto de 2021, da licitação do lote 02 dos transportes coletivos da cidade.

O grupo empresarial já opera emergencialmente no lote 02 desde abril de 2021 por meio de um contrato de 180 dias.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/12/prefeitura-de-sorocaba-contrata-city-transporte-no-lugar-da-stu-por-seis-meses/

Foram apresentados todos os envelopes pedidos. O envelope 01, contendo as propostas de preço diante das exigências operacionais, foi aberto, mas de acordo com a ata da comissão licitante da Urbes, gerenciadora do sistema, será necessária uma análise mais detalhada.

Após isso e os prazos de recurso, o envelope 02 vai ser aberto e também irá para análise da comissão de licitação.

O lote 02 era operado pela STU (Sorocaba Transportes Urbanos), cujo contrato expirou em agosto de 2020. Para evitar descontinuidade do serviço, a prefeitura assinou contrato emergencial com a empresa até a realização da nova contratação emergencial.

De acordo com o edital, o contrato de concessão para operação do serviço de transporte coletivo terá um prazo de oito anos, a contar do início da operação, podendo ser prorrogado por igual período.

Segundo a prefeitura de Sorocaba por meio de nota ao Diário do Transporte, “após a definição da empresa vencedora e checagem dos documentos necessários, a previsão é que o resultado do vencedor seja anunciado em setembro. O valor anual previsto no contrato é de R$ 120 milhões, podendo variar para menos, dependendo da proposta”.

O prazo máximo para início dos serviços é de até 180 dias, contados da assinatura do contrato de concessão.

Vence quem oferecer a proposta de menor valor de tarifa por quilômetro.

O valor proposto da Tarifa Quilométrica não poderá ser superior a R$ 9,850/km (Nove reais e oitocentos e cinquenta milésimos por quilômetro).

Atualmente o lote 02 tem 58 linhas, sendo 46 radiais, quatro circulares, seis interbairros e duas alimentadoras.

O lote 02 em licitação será composto por 165 ônibus, sendo três micro-ônibus (sem reserva), 142 ônibus convencionais (132 em escala e 10 na reserva), nove ônibus padrons (sete na escala e dois reservas) e 11 articulados (10 escalados e um reserva).

A idade média máxima da frota será de três anos para o primeiro ano de operação e de, no máximo cinco anos, a partir do segundo ano de operação.

A idade máxima permitida para os veículos será de oito anos para micro-ônibus, midi-ônibus e convencional. Já os ônibus tipo padron e articulados poderão ter até dez anos de fabricação, desde que respeitada a média da frota.

Todos os veículos novos deverão apresentar ar-condicionado, tomadas para carregador de celular e sistema de WiFi gratuito aos usuários.

MENOS POLUENTES

Segundo o edital, ao longo do prazo do contrato, no processo de renovação da frota, será avaliada a utilização de veículos com menor emissão de poluentes, como amovidos a etanol, gás natural veicular, híbridos, elétricos e à célula de hidrogênio e outras tecnologias disponíveis no mercado

LINHAS:

As linhas do lote 02 são:  01 Jardim Sandra; A48/3 AT. Éden / AT. Aparecidinha; 04 Colorau; 49 Vila Astúrias; 06 Barcelona; 51 Green Valley; 07 Industrial / Via Vila Rica; 52 Cidade Universitária; 09 Santa Terezinha / Zulmira; 60 Ouro Fino;10 Senac;  63 Esmeralda; 11 Manchester/ Ipiranga; 64/1 Paço Municipal / Av. Washington Luiz; 12 Guadalajara; 64/2 Paço Municipal / Via Vila Santana;13 Parque Santa Isabel; 65 Campolim; 15 Jardim São Paulo / Jardim Capitão; 65/1 Campolim / General Carneiro; 17 Central Parque 66 Ipatinga; 18 Quintais Do Imperador; 67 Ipanema Das Pedras; 22 Magnólia 71 Campolim / Via Raposo Tavares;27 Jd São Carlos / Jardim Dos Estados; 71/1 Panorâmico; 29 Hollingsworth 73 Júlio de Mesquita;30 Brigadeiro Tobias; 77 Santa Bárbara; 30/1 Inhaíba / Genebra; 77/1 Santa Bárbara/Escolas; 30/2 Tupã / Via R. Miguel Ascêncio; 78 Sabiá; 32 Vila Haro; 78/1 João Romão; 33 Mato Dentro; 80 UFSCAR; 34 Aparecidinha / Via Terra; 082 Cond. Ana Maria / via Gal Carneiro; 37 Gutierres / Caputera; 100 Terminal / Expresso; 040 Vila Jardini / Jardim América; 101 Rodoviária Via Nove De Julho; 041 Gonçalves; 102 Circular / Via Centro; 43 Parada Do Alto; 103 Centro Hospitalar; 44 Novo Mundo; 301 Interbairros I – Ipiranga / Campolim; 44/1 Tatiana 302 Interbairros II – Ipiranga / Itavuvu; 47 Hortência; 303 Interbairros III – Itavuvu/Eden; T48 Aparecidinha / Expresso; 304 Interbairros IV – AT Aparecidinha / Brigadeiro

HISTÓRICO:

A STU (Sorocaba Transportes Urbanos Ltda),  antiga operadora do lote ]02, manifestou em maio de 2020 que não renovaria o contrato emergencial, deixando de operar o sistema. A data prevista para o fim das atividades era o dia 03 de agosto de 2020.

A informação, do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região, foi confirmada por telefone ao Diário do Transporte no dia 19 de maio de 2020. Relembre: STU vai deixar de prestar serviços em Sorocaba. Demissões vão começar imediatamente

A prefeitura de Sorocaba tem encontrado dificuldades para licitar o Lote 02 do sistema de transporte coletivo.

A STU tem aproximadamente 800 funcionários e operava o lote 02 das linhas municipais desde o ano de 1996. O contrato com a empresa venceu em 2019.

A prefeitura fez duas renovações de 180 dias em forma de contrato emergencial.

Ainda como mostrou a reportagem, na tentativa de licitação em 07 de fevereiro de 2020, não houve interessados para o lote 02. Relembre: Lote 2 do transporte de Sorocaba tem licitação deserta

Foi a quarta tentativa de licitar os serviços. O aviso, com data de 1º de dezembro de 2019, saiu publicado na edição de 27 de dezembro de 2019 do Diário Oficial do Estado.

O contrato inicial com a prestadora de serviços começou em 2003 e acabou em 2011. Desde então, foram feitas prorrogações.

Como noticiou o Diário do Transporte, em 23 de outubro de 2020 foi realizada audiência pública para uma nova tentativa de licitação.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/10/07/sorocaba-convoca-audiencia-publica-para-concessao-do-lote-2-do-sistema-de-transporte/

Em 18 de novembro de 2020, a Urbes (Empresa de Desenvolvimento Urbano e Social de Sorocaba) publicou aviso de licitação com data para apresentação de propostas marcada para 21 de dezembro. O certame foi suspenso na véspera pela prefeitura, por tempo indeterminado.

A prefeitura de Sorocaba, em São Paulo, por meio da Empresa de Desenvolvimento Urbano e Social do município (URBES), lançou em 28 de julho de 2021, a licitação para Concessão do Serviço de Transporte Coletivo Urbano – Lote 02.

A City Transporte Urbano Global, do Grupo Abreu, foi a única empresa a apresentar proposta na sessão em 30 de agosto de 2021, da licitação do lote 02 dos transportes coletivos da cidade.

O grupo empresarial já opera emergencialmente no lote 02 desde abril de 2021 por meio de um contrato de 180 dias.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/12/prefeitura-de-sorocaba-contrata-city-transporte-no-lugar-da-stu-por-seis-meses/

Foram apresentados todos os envelopes pedidos. O envelope 01, contendo as propostas de preço diante das exigências operacionais, foi aberto, mas de acordo com a ata da comissão licitante da Urbes, gerenciadora do sistema, será necessária uma análise mais detalhada.

Após isso e os prazos de recurso, o envelope 02 vai ser aberto e também irá para análise da comissão de licitação.

O lote 02 era operado pela STU (Sorocaba Transportes Urbanos), cujo contrato expirou em agosto de 2020. Para evitar descontinuidade do serviço, a prefeitura assinou contrato emergencial com a empresa até a realização da nova contratação emergencial.

De acordo com o edital, o contrato de concessão para operação do serviço de transporte coletivo terá um prazo de oito anos, a contar do início da operação, podendo ser prorrogado por igual período.

O prazo máximo para início dos serviços é de até 180 dias, contados da assinatura do contrato de concessão.

Vence quem oferecer a proposta de menor valor de tarifa por quilômetro.

O valor proposto da Tarifa Quilométrica não poderá ser superior a R$ 9,850/km (Nove reais e oitocentos e cinquenta milésimos por quilômetro).

Atualmente o lote 02 tem 58 linhas, sendo 46 radiais, quatro circulares, seis interbairros e duas alimentadoras.

O lote 02 em licitação será composto por 165 ônibus, sendo três micro-ônibus (sem reserva), 142 ônibus convencionais (132 em escala e 10 na reserva), nove ônibus padrons (sete na escala e dois reservas) e 11 articulados (10 escalados e um reserva).

A idade média máxima da frota será de três anos para o primeiro ano de operação e de, no máximo cinco anos, a partir do segundo ano de operação.

A idade máxima permitida para os veículos será de oito anos para micro-ônibus, midi-ônibus e convencional. Já os ônibus tipo padron e articulados poderão ter até dez anos de fabricação, desde que respeitada a média da frota.

Todos os veículos novos deverão apresentar ar-condicionado, tomadas para carregador de celular e sistema de WiFi gratuito aos usuários.

MENOS POLUENTES

Segundo o edital, ao longo do prazo do contrato, no processo de renovação da frota, será avaliada a utilização de veículos com menor emissão de poluentes, como amovidos a etanol, gás natural veicular, híbridos, elétricos e à célula de hidrogênio e outras tecnologias disponíveis no mercado

LINHAS:

As linhas do lote 02 são:  01 Jardim Sandra; A48/3 AT. Éden / AT. Aparecidinha; 04 Colorau; 49 Vila Astúrias; 06 Barcelona; 51 Green Valley; 07 Industrial / Via Vila Rica; 52 Cidade Universitária; 09 Santa Terezinha / Zulmira; 60 Ouro Fino;10 Senac;  63 Esmeralda; 11 Manchester/ Ipiranga; 64/1 Paço Municipal / Av. Washington Luiz; 12 Guadalajara; 64/2 Paço Municipal / Via Vila Santana;13 Parque Santa Isabel; 65 Campolim; 15 Jardim São Paulo / Jardim Capitão; 65/1 Campolim / General Carneiro; 17 Central Parque 66 Ipatinga; 18 Quintais Do Imperador; 67 Ipanema Das Pedras; 22 Magnólia 71 Campolim / Via Raposo Tavares;27 Jd São Carlos / Jardim Dos Estados; 71/1 Panorâmico; 29 Hollingsworth 73 Júlio de Mesquita;30 Brigadeiro Tobias; 77 Santa Bárbara; 30/1 Inhaíba / Genebra; 77/1 Santa Bárbara/Escolas; 30/2 Tupã / Via R. Miguel Ascêncio; 78 Sabiá; 32 Vila Haro; 78/1 João Romão; 33 Mato Dentro; 80 UFSCAR; 34 Aparecidinha / Via Terra; 082 Cond. Ana Maria / via Gal Carneiro; 37 Gutierres / Caputera; 100 Terminal / Expresso; 040 Vila Jardini / Jardim América; 101 Rodoviária Via Nove De Julho; 041 Gonçalves; 102 Circular / Via Centro; 43 Parada Do Alto; 103 Centro Hospitalar; 44 Novo Mundo; 301 Interbairros I – Ipiranga / Campolim; 44/1 Tatiana 302 Interbairros II – Ipiranga / Itavuvu; 47 Hortência; 303 Interbairros III – Itavuvu/Eden; T48 Aparecidinha / Expresso; 304 Interbairros IV – AT Aparecidinha / Brigadeiro

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Antonio Paulo disse:

    O famoso jogo de cartas marcadas… kkkk

Deixe uma resposta