Prefeitura de Presidente Prudente abre processo para apurar se viação tem condições de continuar operando

Foto: Silvio Cesar Cardoso / Ônibus Brasil

Presidente Urbano (Pruden Express) chegou a ter greve de 40 dias

ADAMO BAZANI

Colaborou Alexandre Pelegi

A prefeitura de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, abriu processo administrativo para verificar se a empresa Presidente Urbano (Pruden Express) tem condições de fato de continuar operando na cidade.

A razão social da empresa é Company Tur Transportes e Turismo Ltda.

Como mostrou o Diário do Transporte, foram várias paralisações de funcionários por atraso de pagamento (a última durou mais de 40 dias) e houve até mesmo apreensão de ônibus por não pagamento de parcelas de financiamento dos veículos. Relembre:

Ônibus da Presidente Urbano são apreendidos por atrasos no pagamento de financiamento

O procedimento administrativo foi publicado no Diário Oficial de Presidente Prudente desta sexta-feira, 20 de agosto de 2021.

Entre os pontos que serão apurados estão se os serviços atuais estão ou não eficientes, se há descumprimento de contrato, se foram cumpridas as sanções impostas por causa das paralisações e se a empresa possui de fato condições econômicas e técnicas para continuar prestando serviços.

Quem assina o procedimento é o interventor da prefeitura na empresa Manoel Silva Félix da Costa.

O Diário do Transporte também noticiou que a prefeitura de Presidente Prudente contratou empresa de auditoria para o sistema.

Relembre:

Após 40 dias de greve no transporte coletivo, prefeitura de Presidente Prudente contrata empresa de auditoria para o sistema

A prefeitura alega que a empresa deve em torno de R$ 640 mil por outorga não paga pela concessão e que há recolhimento de ISS atrasado.


Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. Rubens Da silva disse:

    Boa tarde eu Rubens da silva conhecendor em transporte de passageiros qualquer outra empresa de onibus urbano a operar na cidade vai ser igual a prudente urbano se colocar fiscalização na cidade pra acabar com transporte clandestino aí funciona ok do João domingos pra cidade o transporte clandestino faz filas pra transportar passageiro a 5,00reais enquanto o circular e 4,25reais

Deixe uma resposta