Mais ônibus são incendiados na tarde deste domingo (06) em Manaus (AM), após retomada do transporte coletivo

Na Zona Leste, um ônibus do transporte alternativo, conhecido como Amarelinho, foi incendiado. Foto: Divulgação.

Operação ficou suspensa durante toda a manhã após ataque contra veículos na noite anterior

JESSICA MARQUES

Outros dois ônibus foram incendiados na tarde deste domingo, 06 de junho de 2021, em Manaus, no Amazonas. As ocorrências foram registradas após a retomada do transporte coletivo, o que ocorreu ao meio-dia.

No início da tarde, um micro-ônibus de uma empresa particular foi incendiado na Avenida Desembargador João Machado, no bairro Alvorada, na Zona Oeste de Manaus.

Na Avenida Autaz Mirim, na Zona Leste, um ônibus do transporte alternativo, conhecido como Amarelinho, foi incendiado. As ocorrências foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas.

Uma estação de ônibus na Rua Ruy Adriano, Conjunto João Paulo 2, também foi alvo de ataque dos criminosos. O local foi incendiado nesta tarde.

Confira o vídeo da ocorrência, divulgado pelo portal local D24Am:

As autoridades também encontraram seis galões de gasolina próximo à empresa Açaí, que opera no transporte coletivo da cidade, com sede na Zona Norte.

ATAQUES

Neste fim de semana, pelo menos 17 veículos foram incendiados e destruídos durante os atos de vandalismo. Sete deles foram ônibus do transporte coletivo municipal.

Os chamados ao Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM) começaram por volta de meia-noite. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a ordem para os ataques teria partido de dentro de um presídio, após a morte de um traficante.

Após os ataques, todos os ônibus do transporte coletivo foram recolhidos para as garagens. Assim, a população ficou sem atendimento na manhã deste domingo. A retomada foi ao meio-dia, após garantia de policiamento na cidade.

Relembre:

Pelo menos sete ônibus de Manaus (AM) são incendiados e operação é suspensa

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Jose disse:

    Queria saber porque a polícia não manda bala na cara desses vagabundos.

Deixe uma resposta