Constanta, na Romênia, encomenda 20 ônibus 100% elétricos da BYD

Cerimônia de assinatura do contrato: prefeito de Constanta, Vergil Chiteac (à esquerda), com o CEO da New Kopel Car Import, parceiro da BYD na Romênia, Tal Lahav (à direita).

País do sudeste europeu faz seu segundo pedido em 2021

ALEXANDRE PELEGI

Após receber a encomenda de nove ônibus 100% elétricos de 12 metros para a operadora Transbus Buzău, da cidade de Buzău, no sudeste da Romênia, a fabricante BYD acaba de fechar outro pedido para o país.

Agora a encomenda é de 20 ônibus elétricos de 12 metros de piso baixo para a cidade de Constanța, na costa do Mar Negro.

A entrega dessa nova encomenda para Constanța está programada para o início de 2022, por meio do parceiro da BYD na Romênia a New Kopel Car Import.

A maioria dos ônibus será produzida na Hungria, na fábrica da BYD em Komárom.

Além dos veículos, a BYD também fornecerá à nova frota da cidade de Constanța uma combinação de infraestrutura de carregamento noturno rápido.

O contrato de encomenda da cidade foi oficialmente assinado na Prefeitura de Constanța no dia 10 de fevereiro, e contou com a presença do Prefeito Vergil Chiteac, acompanhado pelo Diretor Executivo de Desenvolvimento, Ani Viorica Merla, do Gerente de Projeto, George Lupascu, do Diretor da CT Bus Constanța, Bogdan Nita, e de Tal Lahav, CEO da New Kopel Car Import, parceira da BYD na Romênia.

O prefeito Chiteac disse que com a ajuda do governo romeno, a cidade deu um primeiro passo importante em direção a um futuro verdadeiramente sustentável ao transporte público.

Em janeiro, o Diretor Executivo da BYD Europa, Isbrand Ho, já via o pedido inicial de Buzău como um exemplo: “Este pedido é um modelo para outras cidades romenas introduzirem ônibus elétricos para seus cidadãos e perceberem os benefícios de um transporte público seguro, confiável, confortável e, acima de tudo, sem prejudicar o meio ambiente”.

Relembre:

BYD estreia na Romênia com encomenda de nove ônibus elétricos de 12 m para a Transbus

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta