Com extensão das linhas 2 de metrô e 15 de monotrilho, demanda na estação Vila Prudente vai subir para 89 mil passageiros por dia

João Doria e Baldy em anúncio de obras

Governo do Estado de São Paulo anunciou início das obras de ampliação do espaço que devem ficar prontas em 2023

ADAMO BAZANI/WILLIAN MOREIRA

O complexo de estações Vila Prudente, que abriga a linha 2-Verde do Metrô e 15-Prata de monotrilho, deve ter a demanda ampliada dos atuais 55 mil passageiros por dia para 89 mil.

A informação é do secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, durante apresentação das obras de aumento da estrutura, que ocorreu na manhã desta terça-feira, 09 de fevereiro de 2021.

A quantidade de passageiros deve aumentar devido à expansão das linhas do metrô e do monotrilho.

Atualmente a Linha 2-Verde tem obras contratadas até a Penha, na Zona Leste da capital, integrando com a Linha 3-Vermelha do Metrô. Já o monotrilho da Linha 15-Prata vai ganhar no próximo ano a estação Jardim Colonial, no extremo leste.

Segundo o governador João Doria, na mesma apresentação, as obras vão custar R$ 55 milhões e devem ser concluídas em 30 meses, com previsão para o segundo semestre de 2023.

Entre as intervenções, o local vai receber mais 10 escadas rolantes, duas escadas fixas, paisagismo e obras remodelações como a colocação da sala operacional e banheiros para a atual área de transferências.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários