Diário no Sul

Greve no transporte coletivo de Londrina (PR) chega ao segundo dia

A empresa Londrisul efetuou o pagamento dos atrasados. Foto: Nemézio Lemos Neto/Ônibus Brasil

Iniciado com três empresas, pelo menos duas seguem sem atender a população

WILLIAN MOREIRA

A paralisação dos trabalhadores que atuam no transporte coletivo de Londrina, interior do Paraná. entrou no segundo dia neste sábado, 23 de janeiro de 2021, com as reivindicações de pagamento e a continuidade dos protestos . A paralisação deve persistir pelo menos até a próxima segunda (25).

De acordo com o presidente do Sintrol ((Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Londrina), João Batista, em entrevista ao Jornal da Manhã da Rádio Paiquerê, duas das três empresas que iniciaram a greve nessa sexta (22) continuam paradas.

No caso da Londrisul ainda nessa sexta (22) foi efetuado o pagamento do adiantamento e assim os funcionários retomaram as atividades, mas a TCGL e a IL não fizeram isso, o que manteve o protesto de seus funcionários.

A principal reivindicação para a greve é o não pagamento do vale salarial, que é o adiantamento do salário.

Ainda na sexta as empresas procuraram financiamento para quitar as dívidas.

Greve de ônibus em Londrina (PR) continua e empresas buscam financiamento para quitar pagamentos atrasados

Juntas a TCGL e TIL têm aproximadamente 800 colaboradores.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta