Diário no Sul

Guaíba (RS) tem greve de ônibus pelo terceiro dia seguido

Expresso Assur opera transporte coletivo da cidade. Foto: Divulgação / Prefeitura.

Rodoviários reivindicam pagamento de salários, 13º e benefícios atrasados

JESSICA MARQUES

Os passageiros de Guaíba, no Rio Grande do Sul, enfrentam uma greve de ônibus pelo terceiro dia consecutivo. Na manhã desta quinta-feira, 21 de janeiro de 2021, os coletivos também não saíram das garagens.

Com a paralisação, os rodoviários reivindicam o pagamento de salários, 13º e benefícios atrasados. Conforme já noticiado pelo Diário do Transporte, a empresa Expresso Assur alegou dificuldades financeiras, agravadas pela pandemia da covid-19, para deixar de pagar os encargos trabalhistas.

Na tarde desta quarta (20), foi realizada a segunda audiência judicial da semana no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região. Entretanto, não houve acordo entre a empresa, os trabalhadores e a Prefeitura, segundo reportagem do portal GZH.

Uma decisão do Tribunal é aguardada para esta quinta (21). Enquanto não há uma determinação, os usuários do transporte coletivo seguem sem ônibus.

Na última semana, os trabalhadores da empresa Expresso Assur também cruzaram os braços, pelo mesmo motivo. Na ocasião, a greve durou dois dias. Nos dias seguintes, de 13 a 18 de janeiro, os coletivos operaram com 40% da frota após audiência.

Relembre:

Rodoviários da Assur paralisam atividades em Guaíba (RS) na manhã desta segunda (11)

Sem ver uma resolução, os trabalhadores decidiram cruzar os braços novamente na terça (19) e, desde então, a paralisação no transporte coletivo é total.

Relembre:

Nova paralisação atinge transporte coletivo de Guaíba (RS) e região metropolitana

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta