Metra recebe autorização para operar linha de ônibus de aplicativo entre Santo André e Diadema no Corredor ABD

Assentos serão reservados por celular, por onde será possível pagar a passagem

Serviços serão prestados com ônibus rodoviários. Despacho do secretário de transportes foi publicado nesta quinta (24)

PUBLICADO ORIGINALMENTE NA QUINTA-FEIRA, 24/12/20, ÀS 06h07

ADAMO BAZANI

O secretário dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Alexandre Baldy, autorizou de forma oficial a operação de um serviço de ônibus por aplicativo entre Santo André (Terminal Metropolitano Santo André Leste) e Diadema (Terminal Metropolitano Diadema), na região do ABC Paulista, na Grande São Paulo. A tarifa será de R$ 7,50

O despacho foi publicado oficialmente nesta quinta-feira, 24 de dezembro de 2020, e levou em conta as manifestações favoráveis da Comissão de Transporte Coletivo Regular da Região Metropolitana da Grande São Paulo, que foi noticiada pelo Diário do Transporte em 03 de dezembro.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/12/04/comissao-da-stm-opina-pela-criacao-de-onibus-de-aplicativo-da-metra-entre-diadema-e-santo-andre/

Em primeira mão, no dia 18 de novembro, o Diário do Transporte noticiou a oficialização dos estudos da linha pela STM (Secretaria dos Transportes Metropolitanos).

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/11/18/em-primeira-mao-stm-estuda-onibus-executivo-por-aplicativo-entre-santo-andre-e-diadema-no-corredor-abd/

No despacho publicado nesta quinta-feira (24), é determinado que a CTC (Coordenadoria de Transporte Coletivo) tome providências para a concretização da linha.

Com isso, a data de início de operação comercial será definida, mas deve ocorrer no início de janeiro.

A notícia da aprovação do serviço nesta quinta-feira, 24 de dezembro de 2020, foi trazida em primeira mão pelo Diário do Transporte ainda nas primeiras horas do dia.

Ao longo do dia, em nota, o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, ressaltou o que considerou facilidade do uso da ferramenta.

“O aplicativo é muito simples e autoexplicativo. O usuário vai fazer a solicitação colocando o endereço do destino desejado e o ponto de partida. O aplicativo verifica a rota, dá as opções de marcação de assento, informa horário do embarque, dá uma previsão do horário de desembarque, valor da passagem e pronto! É a tecnologia a serviço do cidadão, trazendo mais agilidade e conforto”, disse segundo a nota

COMO SERÁ O SERVIÇO:

A linha E-287UBUS-000-R vai ligar o Terminal Metropolitano Santo André Leste e o Terminal Metropolitano de Diadema pelo Corredor Metropolitano ABD, sendo assim uma alternativa para a linha 287 que é convencional e continua com as mesmas tabelas horárias.

A tarifa sugerida é de R$ 7,50 e a extensão média do trajeto é de 16 km.

A tarifa do ônibus convencional é de R$ 5,10.

Serão realizadas 37 viagens, 19 por dia na ida e 18 na volta, somente de segunda-feira a sexta-feira não operando aos sábados, domingos e feriados.

“O usuário poderá baixar o aplicativo UBus gratuitamente, disponível nas versões Android e IOS. Para o cadastro, é preciso colocar dados pessoais e forma de pagamento. Ao entrar no ônibus o usuário valida a sua passagem com a leitura do QRcode (que fica disponível na entrada do veículo) através do aplicativo. Simultaneamente as informações aparecem para o motorista em um tablet que fica anexado ao painel do veículo. Assim, ele pode acompanhar todos os dados relacionados à viagem” – explicou a secretaria em nota.

A frota operacional é de três veículos rodoviários.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/11/18/em-primeira-mao-stm-estuda-onibus-executivo-por-aplicativo-entre-santo-andre-e-diadema-no-corredor-abd/

Os ônibus são do tipo rodoviário executivo, com poltronas reclináveis, mesas que podem ser utilizadas para apoio de notebooks, tomadas USB em cada poltrona, ar-condicionado, streaming (central multimídia) e sinal de Wi-Fi.

O pagamento da passagem é feito pelo aplicativo UBus, com a possibilidade de uso de cartões de crédito ou do Cartão BOM, que é usado no sistema metropolitano convencional. Para a leitura do validador, é gerado no celular um Código QR Code.

Simultaneamente as informações aparecem para o motorista em um tablet que fica anexado ao painel do veículo. Assim, o profissional pode acompanhar todos os dados relacionados à viagem.

Os veículos possibilitam embarques e desembarques tanto pela direita como pela esquerda e são modelo Marcopolo Paradiso 1050, com 46 lugares, Mercedes-Benz O 500-R. Não há catracas e o UBus não terá serviço de bordo.

VANS DE APLICATIVO EM SBC:

Pelo aplicativo Ubus já é possível utilizar vans de alto padrão no sistema de transportes públicos municipais de São Bernardo do Campo.

O atendimento começou nesta quarta-feira, 02 de dezembro de 2020, em duas rotas: Alvarenga-Piraporinha e Condomínio Tiradentes – Paço Municipal.

Novas linhas devem ser criadas.

A operação é de responsabilidade da empresa BR7 Mobilidade, concessionária das linhas municipais de ônibus, do mesmo grupo empresarial da Metra.

A tarifa é única no valor de R$ 6,80 enquanto a passagem dos ônibus convencionais é de R$ 4,75.

O pagamento pode ser feito com cartões de crédito ou com Cartão Legal, que é o bilhete do sistema regular da cidade, na modalidade Cidadão (Comum).

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/12/01/audio-sao-bernardo-do-campo-sp-passa-a-ter-vans-de-aplicativo-no-transporte-coletivo-por-empresa-de-onibus/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Alexon Diogo Godinho disse:

    Parabéns pela inovação do transporte que é uma realidade muito difícil no nosso país tanto para os usuários quanto para os empresários.

  2. que fique dentro do corredor, só isso. Pois as vias paralelas (Ramiro/Barreto/Lucas e Piraporinha mal andam, se fosse colocar fora do corredor não valeria a pena a criação..perde agilidade e tempo..Parabéns mesmo a Familia Setti Braga

Deixe uma resposta para landauford1970 Cancelar resposta