Comissão da STM opina pela criação de ônibus de aplicativo da Metra entre Diadema e Santo André

Ônibus tem tecnologia embarcada

Serviço será operado pela Metra com ônibus rodoviários com poltronas escolhidas por celular pelo app Ubus

ADAMO BAZANI

A Comissão de Transporte Coletivo Regular da Região Metropolitana da Grande São Paulo deu parecer favorável a criação de uma linha de ônibus por aplicativo no Corredor Metropolitano ABD entre as cidades de Santo André e Diadema.

A comunicação oficial é desta quinta-feira, 03 de dezembro de 2020.

A criação do serviço foi solicitada pela operadora do Corredor, a Metra.

A comissão faz parte da STM – Secretaria dos Transportes Metropolitanos e a opinião favorável à criação da linha é uma etapa do processo não sendo ainda a aprovação definitiva, entretanto, é um passo fundamental para a concretização do serviço.

Como mostrou o Diário do Transporte, em 18 de novembro de 2020, a proposta é a criação da linha E-287UBUS-000-R ligando o Terminal Metropolitano Santo André Leste e o Terminal Metropolitano de Diadema pelo Corredor Metropolitano ABD, sendo assim uma alternativa para a linha 287 que é convencional.

A tarifa sugerida é de R$ 7,50 e a extensão média do trajeto é de 16 km.

A tarifa do ônibus convencional é de R$ 5,10.

Serão realizadas 19 viagens por dia na ida e 18 na volta, somente de segunda-feira a sexta-feira não operando aos sábados, domingos e feriados.

A frota operacional é de três veículos rodoviários.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/11/18/em-primeira-mao-stm-estuda-onibus-executivo-por-aplicativo-entre-santo-andre-e-diadema-no-corredor-abd/

Os ônibus são do tipo rodoviário executivo, com poltronas reclináveis, mesas que podem ser utilizadas para apoio de notebooks, tomadas USB em cada poltrona, ar-condicionado, streaming (central multimídia) e sinal de Wi-Fi.

O pagamento da passagem é feito pelo aplicativo UBus, com a possibilidade de uso de cartões de crédito ou do Cartão BOM, que é usado no sistema metropolitano convencional. Para a leitura do validador, é gerado no celular um Código QR Code.

Simultaneamente as informações aparecem para o motorista em um tablet que fica anexado ao painel do veículo. Assim, o profissional pode acompanhar todos os dados relacionados à viagem.

Os veículos possibilitam embarques e desembarques tanto pela direita como pela esquerda e são modelo Marcopolo Paradiso 1050, com 46 lugares, Mercedes-Benz O 500-R. Não há catracas e o UBus não terá serviço de bordo.

VANS DE APLICATIVO EM SBC:

Pelo aplicativo Ubus já é possível utilizar vans de alto padrão no sistema de transportes públicos municipais de São Bernardo do Campo.

O atendimento começou nesta quarta-feira, 02 de dezembro de 2020, em duas rotas: Alvarenga-Piraporinha e Condomínio Tiradentes – Paço Municipal.

Novas linhas devem ser criadas.

A operação é de responsabilidade da empresa BR7 Mobilidade, concessionária das linhas municipais de ônibus, do mesmo grupo empresarial da Metra.

A tarifa é única no valor de R$ 6,80 enquanto a passagem dos ônibus convencionais é de R$ 4,75.

O pagamento pode ser feito com cartões de crédito ou com Cartão Legal, que é o bilhete do sistema regular da cidade, na modalidade Cidadão (Comum).

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/12/01/audio-sao-bernardo-do-campo-sp-passa-a-ter-vans-de-aplicativo-no-transporte-coletivo-por-empresa-de-onibus/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. André Marianno disse:

    Poderiam estender o serviço até o Terminal do Sônia Maria, assim, quem está na Rua do Oratório poderia usufluir do serviço também.

Deixe uma resposta