ANTT faz operação em Campinas e apreende ônibus com 28 passageiros

Publicado em: 6 de agosto de 2020

Foto: ANTT / Divulgação

Comando esteve hoje na cidade paulista na sequência da Operação Pascal, que combate o transporte clandestino em todo o país

ALEXANDRE PELEGI

Uma operação da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres contra o transporte clandestino durante esta quinta-feira, 06 de agosto de 2020, deu prosseguimento à Operação Pascal no Estado.

A fiscalização apreendeu um ônibus com 28 passageiros indo de São Paulo para Campina Grande, na Paraíba.

O coletivo foi autuado por transporte não autorizado.

Além do transporte clandestino, o ônibus foi flagrado portando pneus carecas, extintor de incêndio e luz de ré com defeito, e motorista sem curso para condução de coletivos.

Como mostrou o Diário do Transporte, desde esta terça-feira, 04 de agosto, a ANTT realiza ações de fiscalização, com a apreensão de outros veículos.

No i início da noite desta quarta-feira, 05, teve até mesmo perseguição na Marginal do Rio Tietê, uma das vias mais movimentadas da capital paulista. Relembre: Operação da ANTT em São Paulo tem perseguição a ônibus na Marginal Tietê

Em nota encaminhada ao Diário do Transporte, a ANTT afirmou que realizando em São Paulo mais uma etapa da Operação Pascal, de combate ao transporte clandestino de passageiros com destino a outros estados. “As ações contam com o apoio da Polícia Militar e da GCM. Até o momento já foram fiscalizados diversos veículos e 04 ônibus foram apreendidos, com cerca de 130 pessoas . Estes passageiros foram transferidos para empresas de regulares na Rodoviária do Tietê, com as despesas de passagens pagas pela empresa infratora. A Operação Pascal, de abrangência nacional, teve inicio em abril de 2020.

Desde o início deste ano, 2020, ja foram 578 ônibus apreendidos, 1355 multas emitidas. Estas ações garantiram o transporte seguro de 17.340 passageiros.

VEJA FOTOS E VÍDEO DA OPERAÇÃO EM CAMPINAS


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Adelmircamposdias disse:

    Poderiam fiscaliza o frete dos caminhoes estamos a merce da sorte continua tudo na mesma e ninguem faz nada

  2. Tiago disse:

    Antt e so quiz fazer graça na marginal Tietê onde já se viu um carro que vale mais de 1 milhão de Reais seria clandestino pq não vão fiscalizar as empresas grandes ? Será que existe algum problema em fiscalizar as grandes ?

Deixe uma resposta