Operação da ANTT em São Paulo tem perseguição a ônibus na Marginal Tietê

Publicado em: 5 de agosto de 2020

Carros da ANTT em perseguição a ônibus na Marginal Tietê

 Outros ônibus foram apreendidos

ADAMO BAZANI/ALEXANDRE PELEGI

Uma operação da ANTT  – Agência Nacional de Transportes Terrestres contra o transporte clandestino no início da noite desta quarta-feira, 05 de agosto de 2020, teve até mesmo perseguição na Marginal do Rio Tietê, uma das vias mais movimentadas da capital paulista.

Os agentes interceptaram um ônibus de dois andares que não teria obedecido a ordem de parada, o que deu início a perseguição, segundo a agência.

O veículo só foi parado depois do apoio do policiamento de trânsito da PM de São Paulo.

De acordo com as primeiras informações, parte dos passageiros era de bolivianos e havia diversos produtos nos bagageiros sem nota fiscal.

Na parte da noite, o ônibus teria sido liberado, de acordo com postagens atribuídas à empresa em redes sociais.

Em nota ao Diário do Transporte, a ANTT diz que a operação começou nesta terça-feira, 04 de agosto, e que outros veículos foram apreendidos.

Essa operação em SP começou na terça-feira (04).

A ANTT está realizando em São Paulo mais uma etapa da Operação Pascal, de combate ao transporte clandestino de passageiros com destino a outros estados. As ações contam com o apoio da Polícia Militar e da GCM. Até o momento já foram fiscalizados diversos veículos e 04 ônibus foram apreendidos, com cerca de 130 pessoas . Estes passageiros foram transferidos para empresas de regulares na Rodoviária do Tietê, com as despesas de passagens pagas pela empresa infratora. A Operação Pascal, de abrangência nacional, teve inicio em abril de 2020.

Desde o inicio deste ano, 2020, ja foram 578 ônibus apreendidos, 1355 multas emitidas. Estas ações garantiram o transporte seguro de 17.340 passageiros.

Adamo Bazani e Alexandre, jornalistas especializados em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Joao Luis Garcia disse:

    Parabéns a ANTT pela ação enérgica que vem desempenhando junto a PRF, Polícia Rodoviária Estaduais, agentes de trânsito, secretarias de transportes, etc.
    Esperamos que as ações sejam intensificadas e que o transporte clandestino tenha as punições que lhes são cabidas.

  2. João Luís Garcia disse:

    Empresa e de Campo Grande, MS

    http://www.seriematurismo.com.br/nossos-servicos

    O mínimo que a ANTT deveria fazer e cassar a licença de operação dessa empresa, até para servir de exemplo e moralização do Transporte Rodoviário de Passageiros

  3. Laurindo Martins Junqueira Filho disse:

    Brincadeirinha? Em 2007 a prefeitura de SP identificou mais de 50 “terminais” clandestinos na Cidade… Muitos fora eliminados. Não precisa perseguir no trajeto. É só eliminar os pontos iniciais!

  4. Weliton Cordeiro de Souza disse:

    As Pessoas deveriam se informar antes de fazer comentários esdrúxulos, este ônibus foi fiscalizado e liberado! Tenho o vídeo pra quem quiser ver! Não havia nada de errado na documentação do mesmo! E foi liberado pouco depois de conferido!

  5. Santos Dumont disse:

    Não vamos defender o transporte clandestino até porque se tem essa classificação é porque nem sequer possui autorização para a viagem. Ganham os usuários, que não conhecem os riscos que correm, ganham as empresas que concorrem legitimamente no mercado.
    Mas alguém já parou para questionar por que os clandestinos atuam? Vale a pena o risco da apreensão?
    Parte dessa resposta vamos encontrar na dificuldade que os pequenos tem para entrar no mercado. Elas atrapalham o ‘efeito curral’ que as grandes empresas implantam nas linhas que consideram ‘suas’, e tudo com a conivencia de uma legislação engendrada pela Antt que semasse de um lado acenacacena com liberdade
    e concorrência, de outro cria obstáculos para as chamadas Entrantes.
    Que se contem os processos de pequenas e novas empresasqempresas que dormem em gavetas dessa agência, enquanto os das empresas do sistema – que entram pelas janelas do poder – todo dia um e outro é premiado.

  6. CX2 & PROPINA DOS PEDÁGIOS
    Esses dois pedágios clandestinos LAMSA que nunca participou de licitação e TRANSOLIMPICA atuam no tipo CRIME DE EXTORSÃO PERMANENTE mediante distribuição de propina a autoridades usando de grave ameaça contra o contribuinte, impondo multas e perda de pontos na CNH para obrigar, a revelia da lei, o contribuinte pagar pedágio em AVENIDA, via publica de uso comum do povo no tipo esquema de estelionato, lavagem de dinheiro, sonegação de impostos, evasão de divisas, fraude contábil, fraude a licitação, golpes ao erário, aos fundos de pensão de bancos estatais, distribuição de propina, emitindo recibos de pedágio falsos aos usuários desde 1997, que envolve também nessa ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA DE ESTADO vários “agentes” da ALERJ, VEREADORES, SEFAZ, TCMRJ, JUIZES DO TJRJ, STJ e STF, CORREGEDORES do CNJ, CNMP, PROCURADORES e PROMOTORES do MPE-RJ e MPF-RJ, todos liderados por CESAR MAIA mentor e formador dessa quadrilha juntamente com LÉO PINHEIRO-OAS, que recebe propina das mãos da esposa de GILMAR MENDES do STF no escritório do advogado SERGIO BERMUDES, advogados notáveis tipo PAULO ELISIO DE SOUZA que trabalha pro esquema INVEPAR- LAMSA-OAS, além de dezenas de autoridades suspeitas dentro da Policia Federal, Policia Civil, e pra completar, entre esses suspeitos estão cientes porem omisso e em conluio os Ministros ALEXANDRE DE MORAIS, MARCO AURELIO, FUX, BARROSO ambos suspeitos de fazer parte do esquema de recebimento de propina mensal para se manter calados, omissos e em conluio com a LAMSA & TRANSOLIMPICA, todos atuando na terra do Clã dos BOLSONAROS impunemente a anos, esses pedágios CLANDESTINOS por estarem sendo cobrada em AVENIDAS estritamente MUNICIPAIS entre bairros, incursos no crime de bitributação, violando o principio de isonomia entre contribuintes da mesma espécie porque apenas 20% dos usuários dia paga esses dois pedágios, um que cobra por trafegar em 13 km TRANSOLIMPICA e outro por 15 km LINHA AMARELA. Por ser terminantemente vedado pela legislação MUNICIPAL esse tipo de concessão de pedágios urbano em vias de uso comum do povo Art. 228 & 231 (Bens Inalienáveis) ambos da LOM/RJ em contra partida a ANTT que é oficialmente a agência reguladora dos pedágios e outros, alega que não pode interferir, pois se trata de pedágio clandestino; Não podemos monitorar e regular essa situação porque pedágios são prerrogativas da UNIÃO em parceria com ESTADOS em ESTRADAS, nunca em MUNICIPIOS numa AVENIDA ESSENCIALMENTE URBANA de uso diário, obrigatório do contribuinte nos seus afazeres e tarefas cotidianas. (LuizPCarlos – 17.05.2020)

    SUA CIDADE PODE SER A PRÓXIMA DEFENDA-SE…
    PEDÁGIO EM ” AVENIDA ” É CRIME, ESPALHE ESSE VÍDEO !!!
    CORRUPÇÃO/ IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
    Denúncias sobre o uso indevido de dinheiro, bens ou serviços que sejam públicos em benefício próprio, com a finalidade de enriquecimento ilícito, recebendo qualquer tipo de vantagem patrimonial indevida em razão do exercício de cargo, mandato, função, emprego ou atividade nas entidades mencionadas na Lei de Improbidade Administrativa (Lei 8.429/92), ou contra a Administração Pública. wordpressindex.wordpress.aspx.https://youtu.be/wordpressindex.wordpress.aspx.

  7. Lino disse:

    As empresas cadastradas na ANTT também são taxadas de clandestinas por esse máfia que é o transporte de passageiros intermunicipais e interestaduais desse país da corrupção!
    Nosso Pr tem que continuar sua missão da livre concorrência e mandar prender fiscais e diretores desse orgão de sua responsabilidade!

  8. timar_brumas@hotmail.com disse:

    Porque não colocam o posto de atendimento da rodoviária do Tietê para voltar a funcionar? Ficam de putaria e desrespeito com os passageiros que so querem chegar ao seu destino, com os id jovem negados na cara dura, ( como esta porra dessas empresas brasileiras sempre fazem) so resta uma opção para não pagar as altas tarifas impostas pelo transporte regular, que e justamente os ônibus clandestinos ai vocês ficam com essa putaria, sendo que a maioria dos apreendidos so querem chegar no nordeste/norte, e desnecessário isso, so acho- voltem a trabalhar seus vagabundos abrão o posto de atendimento já essas porra dessas empresas estão negando o que e direito do brasileiro

  9. eduardo luis disse:

    mas o onibus nao foi apreendido como vcs dizem q era clandestino? o onibus foi liberado. agora onibus da fuga em carro dentro da cidade mesmo. até parece. sensacionalismo.

  10. Valdecir disse:

    O poblema todo e que nao temos oportunidade
    Por isso que somos taxado xomo clandestino
    Porque antt artesp sao comprada pelas empresas grande
    Mas um dia isso vai mudar
    Nao somos clandestino nao igual vcs falam
    Somos pai de familia querendo uma oportunidade de trabalho

  11. JOSE LUIZ VILLAR COEDO disse:

    Por falar em TRANSPORTE CLANDESTINO, as Linhas Metropolitanas que ligam Guarulhos a Zona Norte de Sao Paulo – METRÔS TUCURUVI, PARADA INGLESA E TIETÊ… Estão sendo PREDADAS a algum tempo … uns quase dois anos … por VANS E MICRO-ÔNIBUS velhos e totalmente CLANDESTINOS ! Devido ao SERVIÇO DEFICIENTE oferecido pelo CONSÓRCIO INTERNORTE – Área 3 da EMTU / RMSP e pela FRAGIL FISCALIZAÇÃO DA EMTU, OUTRORA … LÁ PELOS INÍCIOS DOS ANOS 2.000 E FINAL DOS ANOS 90… IMPLACÁVEL!

  12. Manoel Gracina disse:

    infelizmente, isso é Brasil, justiça só para os pequenos, no Rio de Janeiro, usam o Detro , são Paulo, antt, 1001 utilidades, haja inseticida, são muitas baratas.

  13. Valdemir Ferreira da Rocha disse:

    Cadê a livre concorrência em ANTT quando tinha duas empresas de ônibus fazendo linha para dourados saindo de São Paulo terminal rodoviário da Barra funda as passagens era bem de acordo menos de um quinto do salário mínimo agora que tiraram uma empresa por pedido judicial da outra a passagem está custando mais de um terço do salário mínimo aonde iremos parar e governantes não fazem nada são todos coniventes ladrões

  14. Santos Dumont disse:

    Pois é, meu caro brasileiro que não desiste nunca, enquanto um Presidente luta para dar oportunidade aos pequenos empreendedores, os órgãos do governos – agencias governamentais em particular – trabalham para minar, driblar, dificultar essa determinação (Decreto 10.157/2020) por se renderem à politica do toma-lá-dá-cá patrocinada pelas empresas tradicionais (não todas, por certo). Não deixe de lutar pelos seus direitos de trabalhar e gerar renda e riqueza pra sua comunidade.

  15. Santos Dumont disse:

    Como dissemos em resposta ao Valdecir, não desista da luta, pois as bases municipais é que são as fortalezas do empreendimento do pequeno empresário. Manifeste-se junto à Câmara de Vereadores e à Prefeitura de sua cidade, ao político de sua região, para que lhes apoiem contra quem visa apenas o monopólio e o seu particular bem-estar.

  16. Santos Dumont disse:

    Com certeza Lino, as próprias empresas cadastradas na ANTT são vítimas da fama de clandestinidade. Enquanto as grandes empresas podem trabalhar livremente (porque o mercado é aberto) no transporte turístico e de viagens eventuais, o inverso não é verdadeiro, porque ao dominarem a politica de transporte, por via de políticos subservientes, buscam frear a entrada dos empreendedores no sistema, ainda que na forma de aplicativos (buser). São elas a vanguarda do atraso, o ultimo bastião de politica cartorial que precisa ser derrubado. a receita para isto chama UNIÃO. Enquanto dispersas, as pequenas empresas não tem força, mas no dia em que se organizarem….

  17. Rikardo disse:

    A ANTT deveria cobrar a Arteris, sobre as condições da rodovia. Não entendo aquele trecho da Serra do Azeite até a Serra do Cafezal, parece que não cobram pedágio ali. Bah quanto buraco naquele trecho, quase desmonta os ônibus, se anda na faixa da esquerda leva multa, se vai pra direita tem buraco.
    Se é pra fiscalizar vamos fiscalizar tudo.

Deixe uma resposta