ANTT autoriza reajuste de Pedágio no trecho Curitiba-Florianópolis explorado pela Concessionária Litoral Sul

Publicado em: 5 de agosto de 2020

Contorno Viário de Florianópolis está sendo construído para desviar o tráfego de longa distância da BR-101 na região metropolitana da capital catarinense. Obra integra contrato de concessão da ANTT com a Arteris.

Agência autorizou ainda a Concessionária ViaSul a cobrar pedágio bidirecional na Freeway (BR-290) na Grande Porto Alegre

ALEXANDRE PELEGI

A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT autorizou o reajuste de pedágios em duas rodovias do Sul do país conforme edição desta quarta-feira, 05 de agosto de 2020.

LITORAL SUL

Pela Deliberação nº 354 a Agência autorizou a Concessionária Litoral Sul (Arteris) a reajustar a Tarifa Básica de Pedágio (TBP) das Rodovias BR-116/376/PR e BR-101/SC, trecho Curitiba – Florianópolis.

A Litoral Sul, do Grupo Arteris, administra o trecho conhecido como Corredor do Mercosul, que compreende o Contorno Leste de Curitiba (BR-116), a BR-376 e a BR-101 e o Contorno de Florianópolis, fazendo a ligação da capital paranaense ao município de Palhoça, no estado de Santa Catarina. O trecho engloba 23 municípios em sua malha viária e tem 356,6 quilômetros de extensão. O contrato de concessão foi assinado em 14 de fevereiro de 2008 com vigência de 25 anos.

Os novos valores passam a vigorar a partir da zero hora de sábado, 08 de agosto de 2020.

Após arredondamento, os valores de pedágio para a categoria de veículo 1 passam de R$ 2,70 para R$ 3,90, nas praças de pedágio P1, em São José dos Pinhais/PR, P2, em Garuva/SC, P3, em Araquari/SC, P4, em Porto Belo/SC, e P5, em Palhoça/SC.

A Agência aprovou ainda a celebração do Segundo Termo Aditivo ao Contrato de Concessão da concessionária Autopista Litoral Sul S/A com o objetivo de incluir novos investimentos para Terceira Faixa da BR-101, trecho Norte, entre Palhoça/SC e Biguaçu/SC, do km 200+450m ao km 216+000m, e da Obra de Arte Especial sobre o Rio Camboriú, na BR-101, sentido marginal sul, no km 135+300m.

A ANTT aprovou também a celebração do Terceiro Termo Aditivo ao Contrato de Concessão com o objetivo de incluir novos investimentos para a adequação do trecho “Sul A”, entre os km 220+396m e km 228+310m do Contorno de Florianópolis.

Segundo a Arteris, o Contorno Viário de Florianópolis é considerado a maior obra de infraestrutura em implantação em Santa Catarina e uma das maiores do Brasil. Está sendo construído com o objetivo de desviar o tráfego de longa distância da BR-101 na região metropolitana de Florianópolis.

Com pista dupla e 50 Km de extensão, a futura rodovia será um corredor expresso com seis acessos por meio de trevos, quatro túneis duplos, sete pontes e mais de 20 passagens em desnível. Veja o vídeo sobre a obra:


BR-290 FREEWAY

Pela Deliberação nº 353 a ANTT autorizou a Concessionária de Rodovias Integradas do Sul (CCR Viasul) a iniciar a cobrança de pedágio bidirecional na praça P2 (Santo Antônio da Patrulha) e na praça realocada P3 (Gravataí).

Após o arredondamento, para a categoria 1 de veículos, o TBP será de R$ 4,60 para as duas praças de pedágio.

A cobrança bidirecional será feita a partir de 15 de agosto de 2020.

A Freeway, operada pela CCR, é o trecho de 96,6 km compreendido entre o início da BR-290, junto à BR-101 no município de Osório, até a cidade de Porto Alegre. O trecho possui dois pedágios, um em Gravataí e outro em Santo Antônio da Patrulha.



Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

Deixe uma resposta