Motoristas de ônibus de Santo André são vacinados contra gripe nas garagens

Segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começou na quinta-feira. Foto: Ricardo Trida/PSA.

De acordo com a Prefeitura, foram disponibilizadas doses também para cobradores, fiscais e pessoal de manutenção das garagens

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Santo André, no ABC Paulista, informou ao Diário do Transporte que os motoristas de ônibus da cidade estão sendo imunizados contra gripe nas próprias garagens das empresas.

“Foram vacinados contra a gripe todos os motoristas em campanha realizada nas garagens, foram disponibilizadas doses para os motoristas, cobradores, fiscais e pessoal de manutenção das garagens”, informou a administração municipal.

Na quinta-feira, 16 de abril de 2020, começou a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Esta etapa inclui caminhoneiros, motoristas de ônibus e trabalhadores portuários.

A partir desta data, as três categorias se juntaram ao grupo prioritário, que também contempla doentes crônicos e profissionais das forças de segurança e salvamento.

A vacina, composta por vírus inativado, é trivalente e protege contra os três vírus que mais circularam no hemisfério sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). A imunização não é contra o novo coronavírus.

Leia mais: Começa nesta quinta (16) vacinação contra gripe para motoristas de ônibus e caminhoneiros

A campanha nacional de vacinação contra a gripe seguirá até o dia 22 de maio de 2020.

CAMPANHA

A Prefeitura de Santo André informou que o público-alvo da campanha de vacinação na cidade é formado por pessoas com doenças crônicas não transmissíveis, jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários.

“A primeira etapa da campanha foi marcada por número recorde de vacinação em que mais de 115 mil pessoas entre idosos, profissionais da saúde e profissionais da segurança foram imunizadas”, informou.

A administração municipal orienta que, ao procurar um posto para imunização, é importante levar a carteira de vacinação para o registro. No caso dos pacientes com doenças crônicas, além da carteirinha de vacinação, é indispensável levar a prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina.

“Para as pessoas que não fazem parte do grupo prioritário, a orientação é que sejam adotadas medidas simples de prevenção para evitar a doença, como higiene do ambiente, etiqueta respiratória (como cobrir nariz e boca ao espirrar ou tossir), lavagem das mãos com água e sabão e uso do álcool em gel. Tais ações podem prevenir não só a gripe, como outras doenças, como a Covid-19.”

Postos de vacinação:
(Funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h)

Cesa Cata Preta – Estrada Cata Preta, 810 – Vila João Ramalho
Cesa Jardim Cipreste – Rua Caminho dos Vianas – Jardim Irene
Cesa Palmares – Rua Armando Rocha, 220 – Vila Palmares
Cesa Vila Floresta – Rua Piquerobi, s/n.° – Vila Floresta
Creche Demercindo da Costa Brandão – Rua Custódia, s/n.° – Camilópolis
Creche Ângela Masiero – Rua Franco da Rocha, 155 – Vila Junqueira
Creche Brasil Marques do Amaral – Rua Ariovaldo de Menezes, 25 – Vila Luzita
Creche Elisabete Lilian Picin – Rua Martinópolis, s/n.° – Jardim Cristiane
Creche Heitor Villa Lobos – Rua Lacônia, s/n.° – Capuava
Creche Maria Ruth – Rua Lopes Trovão s/n.° – Jardim Carla
Creche Monsenhor João do Rego Cavalcanti – Rua Lagoa Santa, s/n.° – Campestre
Creche Nancy Andreoli – Rua Guariba, s/n.º – Recreio da Borda do Campo
Creche Prof. Antônio Oliveira – Rua Cafelândia, s/n.° – Jardim Alvorada
Emeief Arquiteto Estevão de Faria Ribeiro – Rua Luiz G. Pain, s/n.° – Jardim Marek
Emeief Cora Coralina – Rua dos Dominicanos, 1250 – Jardim Santo André
Emeief Darcy Ribeiro Rua Tanganica, 385 – Parque Novo Oratório
Emeief Profª. Elaine Cena Chaves Maia – Rua Petrogrado, s/n.° – Jardim Santo Alberto
Emeief Janusz Kocsak – Rua Santo Anastácio, 293 – Vila Valparaíso
Emeief João de Barros – Rua Londres, 444 – Utinga
Emeief Machado de Assis – Estrada do Pedroso, 800 – Parque Miami
Emeief Madre Tereza de Calcutá – Rua Pindorama, s/n.° – Parque João Ramalho
Emeief Odylo Costa Filho – Rua Ministro Calógenes, 459 – Vila Guiomar
Emeief Paulo Freire – Rua Tirana, 288 – Vila Matarazzo
Emeief Piero Pollone Comendador – Rua Bocaina, s/n.° – Cidade São Jorge
Emeief Reverendo Oscar Chaves – Rua Carijós, 2286 – Vila Linda
Emeief Salvador dos Santos – Rua Guerra Junqueira, 366 – Vila Humaitá
Emeief Cidade Takasaki – Avenida Guaratinguetá, 661 – Jardim Alzira Franco
Salão da Catedral Nossa Senhora do Carmo – Praça do Carmo, s/n.º – Centro
US Parque Andreense – Rua Ibertioga, s/n.° – Parque Andreense
USF Paranapiacaba – Avenida Ford, s/n.° – Paranapiacaba
Biblioteca Cecília Meireles – Praça Waldemar Soares, s/n.° – Parque das Nações

LIMPEZA DOS ÔNIBUS

A Prefeitura de Santo André informou ainda que houve ampliação da limpeza dos veículos ao final de todas as viagens.

“Para isso, equipes específicas das empresas operadoras foram enviadas aos pontos finais e fazem a higienização frequente para a prevenção contra o corona vírus”, detalhou a administração municipal.

Além disso, nos ônibus foi disponibilizado álcool gel pelas concessionárias do transporte coletivo. Inicialmente, a Prefeitura havia comprado 1.500 litros do produto para distribuição às empresas.

Relembre: Coronavírus: Santo André já disponibiliza álcool em gel em ônibus e prefeito apela para idosos evitarem o transporte

Outra medida tomada pela Prefeitura no combate à Covid-19 foi a disponibilização de álcool gel para passageiros no terminal de ônibus da Vila Luzita e na estação de trem Prefeito Celso Daniel, no centro da cidade.

Conforme informado por meio de nota, a iniciativa, chamada de Pit Stop da Prevenção, ocorre de segunda-feira a sábado, das 7h às 19h. Na ocasião, profissionais oferecem orientações sobre a Covid-19 e a higienização das mãos de passageiros com álcool em gel ou água e sabão.

Relembre: Santo André disponibiliza álcool gel para passageiros em terminal de ônibus e estação de trem

FROTA

Em Santo André, 50% da frota está em operação devido à queda da demanda, que foi de cerca de 80%, segundo a Prefeitura.

“A SATRANS acompanha a operação e eventuais necessidades de ampliação poderão ser implementados devido a variação da demanda para mais, principalmente em horários de pico.”

A gratuidade aos estudantes segue suspensa, segundo a Prefeitura, devido a paralisação das instituições de ensino.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta