Rio Grande da Serra descarta reajuste na tarifa de ônibus em 2020

Atualmente, o preço da passagem está em R$ 4,20. Foto: Ricardo Novo de Magalhães / Ônibus Brasil.

Cidade é quarta do ABC Paulista a afirmar que não haverá aumento

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Rio Grande da Serra, no ABC Paulista, informou ao Diário do Transporte nesta terça-feira, 07 de janeiro de 2020, que descarta reajuste na tarifa de ônibus em 2020.

Atualmente, o preço da passagem está em R$ 4,20. A empresa responsável pelo transporte coletivo no município é a Talismã.

Com a confirmação, Rio Grande da Serra é a quarta cidade do ABC Paulista a afirmar que não haverá aumento no preço da passagem de ônibus neste ano de 2020.

OUTROS MUNICÍPIOS

Três cidades do ABC Paulista já descartaram a possibilidade de um reajuste de tarifa de ônibus em 2020. Santo André, São Bernardo do Campo e Mauá não vão aumentar o valor da passagem, conforme informado ao Diário do Transporte.

Relembre: Três cidades do ABC Paulista descartam reajuste de tarifa de ônibus e demais ainda avaliam

“Não haverá reajuste na tarifa de ônibus municipal em Santo André em 2020”, informou a administração municipal andreense, em nota. A tarifa segue em R$ 4,75.

Leia mais: Prefeitura de Santo André descarta reajuste na tarifa de ônibus em 2020

Em São Bernardo do Campo, a justificativa da Prefeitura para não haver aumento da tarifa é a licitação, que está em curso. A passagem também está R$ 4,75 na cidade.

“A Prefeitura de São Bernardo informa que não vai autorizar o reajuste do valor da tarifa do transporte público em 2020, uma vez que o sistema está passando por processo de nova licitação, razão pela qual não terá reajuste no ano de 2020.”

Leia mais: São Bernardo do Campo descarta reajuste de tarifa de ônibus em 2020 devido a licitação

Por fim, a Prefeitura de Mauá informou que “não há pretensão de aumentar o valor da tarifa de ônibus em 2020”. Atualmente, o preço da passagem é R$ 4,30.

Leia mais: Prefeitura de Mauá informa que ‘não há pretensão’ de aumentar tarifa de ônibus em 2020

DEMAIS CIDADES AVALIAM

A Prefeitura de São Caetano do Sul informou, em nota, que ainda não há definição quanto ao assunto, o que deve ocorrer na próxima semana. Na cidade, a tarifa está em R$ 4,50.

Em Diadema, não houve discussões sobre reajuste até o momento, segundo informações da Prefeitura. “Houve reajuste no último ano. A Administração municipal entende que toda a população enfrenta um momento de crise econômica e busca manter os valores sem reajuste”.

A tarifa vigente é de R$ 4,88 (valor integral). Em dinheiro, o passageiro paga R$ 4,65 e no Cartão SOU, R$ 4,25. O vale-transporte, por sua vez, está em R$ 4,88.

Por fim, a Prefeitura de Ribeirão Pires informou que até o presente momento não recebeu, por parte da concessionária de transporte público municipal, a Rigras, pleito relacionado a reajuste do valor da passagem de ônibus. O valor da tarifa é de R$ 4,40.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta