EMTU adota operação emergencial em linha seletiva do ABC Paulista e determina compra de 20 ônibus pela Viação Imigrantes

Publicado em: 5 de novembro de 2019

Ônibus ano 2009 operando linha seletiva 218EX1. Foto: Valdir Garcia / Ônibus Brasil.

Operação de cinco itinerários estava sendo feita pela empresa com apenas 10 veículos

JESSICA MARQUES

A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) adota, a partir desta terça-feira, 05 de novembro de 2019, uma operação emergencial na linha seletiva 218EX1 (São Bernardo do Campo – Ferrazópolis / São Paulo – Glicério), que liga o ABC à capital paulista.

Com a alteração, a linha seletiva 218EX1 está sendo operada, em caráter emergencial, por 10 ônibus rodoviários e quatro veículos urbanos, que estão identificados com a faixa “LINHA 218EX1 – OPERAÇÃO EMERGENCIAL” no para-brisa. Além disso, será admitido nesta linha o transporte de passageiros em pé.

A mudança foi necessária após diversos problemas verificados pela EMTU nas linhas seletivas 217, 218, 218EX1, 218EX2, com tarifa a R$ 7, e 314, com passagem a R$ 6,45, operadas pela Viação Imigrantes.

Atrasos, constantes quebras, bancos soltos, falta de cinto de segurança e até mesmo baratas dentro dos veículos estão entre as irregularidades enfrentadas pelos passageiros. Os veículos da operação emergencial são da própria empresa.

NOVOS ÔNIBUS

Antes da operação emergencial, a Viação Imigrantes dispunha apenas de 10 veículos para a operação de cinco linhas seletivas. Segundo a EMTU, a empresa deve colocar em operação 20 ônibus até o final de novembro, contudo, não foi especificado se os veículos serão usados ou zero-quilômetro.

Até que os ônibus sejam incorporados à frota, os passageiros serão atendidos pela operação emergencial, que inclui modelos urbanos.

Segundo a EMTU, a incorporação dos veículos urbanos na operação tem como objetivo atenuar os problemas ocorridos no transporte metropolitano seletivo.

“A Secretaria de Transportes Metropolitanos está com processo para mudar a linha 218 e, neste período de transição, iremos enfrentar algumas dificuldades”, informou a EMTU, em nota.

FISCALIZAÇÃO

Em nota, a EMTU informou que efetuou 29 apreensões, 624 autuações e 364 ações de fiscalização nas linhas da Viação Imigrantes.

O Diário do Transporte não obteve sucesso no contato com a empresa para falar sobre as irregularidades encontradas.

VIAÇÃO RIACHO GRANDE

A EMTU também determinou, desde 30 de outubro de 2019, o aumento do número de ônibus e a oferta de viagens de quatro linhas que interligam os bairros Parque Alvarenga, Área Verde, Conjunto Terra Nova II e Jardim Las Palmas, em São Bernardo, ao Terminal Sacomã, em São Paulo.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/10/31/viacao-riacho-grande-amplia-frota-de-onibus-em-linhas-que-ligam-sao-paulo-e-sao-bernardo-do-campo/

As linhas 004, 152, 153 e 431, operadas pela Viação Riacho Grande, têm itinerários coincidentes às linhas seletivas 217, 218, 218EX1, 218EX2 e 314, da Viação Imigrantes, que têm registrado deficiências no transporte de passageiros ao longo daquele itinerário.

No total, foram disponibilizados mais sete veículos e 74 novas viagens nos dias úteis. Apesar de serem do mesmo grupo, pertencente a Baltazar José de Sousa, a Viação Riacho Grande opera apenas com ônibus urbanos.

“O reforço ocorre no trecho coincidente de itinerário até o Terminal Sacomã, onde descem 82% dos passageiros das linhas seletivas operadas pela Viação Imigrantes. Esses passageiros, de posse do Cartão BOM e do Bilhete Único da SPTrans, podem realizar a integração tarifária para todas as linhas municipais que passam pelo Terminal Sacomã, inclusive o Expresso Tiradentes, alcançando assim a região central da capital”, informou a EMTU, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. CASSIO ROGERIO SABINO disse:

    É a Própria Imigrantes ou outra empresa está operando em conjunto ???

    1. jessicabus disse:

      A própria Imigrantes, segundo a EMTU.

  2. Diego abc disse:

    Caia fora do ABC Baltalixo e deixa uma empresa séria operar, e essa EMTU comprada que não faz NADA! Afff

  3. JOSE LUIZ VILLAR COEDO disse:

    Essa ÁREA 5 DA EMTU-RMSP é muito ridícula! Essas Empresas são muito caras-de-pau mesmo! Tem que acabar co a Área 5 da EMTU – RMSP! E redistribuir as Linhas e Atendimentos entre as Empresas das Áreas 3 e 4 !

  4. Claudio disse:

    Tem linhas mais piores do grupo Baltazar pra ter outro viação substituir no lugar, e teria por mais horários e mais ônibus como a linha 050 ex1 que opera com 1 ônibus, e midi tem mais 11 anos sem ar condicionado , pra aeroporto de congonhas, aqui o radar do aplicativo da emtu por enquanto parece ônibus do GPS estão sem horário programado;

  5. antonio carlos palacio disse:

    não consigo entender como ninguém consegue destituir esse empresario ai da região. Sai governo entra governo, troca secretario e nada. o cara continua dominando e mandando no estado. Quem vai derrubar esse empresario, , p…… governo fraco.

  6. Sebastião Vitor Castro disse:

    Tanto a Imigrantes como a Riacho Grande prestam um péssimo serviço. No horário de pico os ônibus estão sempre superlotados e não cumprem horário. E ainda por cima colocam micro-ônibus para rodar em pleno horário de pico (e não é de vez em quando, é todo dia). Quando criaram a EMTU, pensei que ia melhorar. Que nada….os ônibus superlotados são garantia de lucro em cima do nosso sangue, então pra que oferecer um bom serviço?

    1. antonio carlos palacio disse:

      sebastiao, esse Baltazar é dono da regiaõ, ele faz o que quer, ninguem mexe com ele.

      1. Claudio disse:

        As linhas da 279, 051, 446, 855, 044, 004, 006 e outros eram no passado do Baltazar com imigrantes, e atualmente tá com mobibrasil. Acho até existi possibilida de ser obrigados a vender as atuais linhas pra outra viações se ocorre de novo greve de motoristas, poucos ônibus circulando.

  7. Marcos disse:

    Essa informacao de que 82% dos passageiros da linha 218…e mentirosa…pois sou usuario dessas linja e no maximo desse 15 passageiros no sacoma no pico da manha….entre em media 60 passageiros por veiculo..a maioria desse bem depois do sacoma….na volta o 218 ja sai com lotacao de banco da 25 de marco e vai pegando passageiro ate o sacoma depois nao pega mais ninguem tanto que na volta nao existe um ponto de onibus em frente ao terminal para essas linhas sentido sao bernardo….se esse numero fosse verdade os veiculos chegariam no sacoma com 10 passageiros no maximo e depois nao pegaria mais ninguem pois todos preferem pegar o riacjp grande que tem a tarifa maid baixa e esses onibus nao levariam lotacao de banco na volta……..e na volta esses onibud ja chegam lotados na frente do sacoma e quase nao pega ninguem sentido Sbc depois do terminal….esse numero e uma grande mentira para poder justificar a extincao da linha ou o seccionamento da mesma no terminal….a emtlixo foi criado com o unico objetivo de beneficiar as empresas de onibus e nao os passageiros…..a prova esta ai…eaosa, sao camilo. Imigrantes e ribeirao continuam operando

  8. Keitaro urashima disse:

    Parte da operação será com ônibus urbanos, mas a tarifa continuará como de seletivo?

  9. Renato Vieira dos Santos disse:

    Se tivesse vontade ou dinheiro para comprar onibus melhores, já teria feito isso. Como a Emtu deixou a situação chegar a esse ponto!?

  10. Ilcilene Martins de Almeida Bombardi disse:

    Sou passageira deste trajeto há 23 anos, ultimamente utilizo 314 orquídeas/Tietê para chegar ao metrô D. Pedro, onde faço integração com o metrô linha vermelha, após a reportagem da Globo na linha 218 “que não tem tanto problema quanto a 314” fomos prejudicados, pois tiraram onibus da linha, agora só opera com 6 onibus, deixando os passageiros nos pontos após preencher as poltronas, um verdadeiro desrespeito, a nossa sugestão é que as linhas paralelas 004/431 faça a parada no ponto em frente do metrô antes de entrar no terminal Sacomã, ou que o valor da tarifa do 314 seja maior, visto que o trajeto é maior, ou que o 314 não faça mais a parada no ponto do metrô Sacomã. É um descaso conosco, que necessitamos desta linha. A situação é bem pior no retorno, pois a demora pra passar o ônibus é de mais de uma hora nos pontos.

  11. Danylindinha disse:

    A Metra podia emprestar os seletivos dela para as linhas seletivas da Imigrantes.

    1. JOSE LUIZ VILLAR COEDO disse:

      Excelente ideia!

  12. Vandeir disse:

    A empresa é minha eu empresto ônibus de outra empresa minha também e fica por isso mesmo hahaha.

  13. Glauber disse:

    Será admitido que passageiros viajem em pé .. oi?? Não é permitido?? Então está empresa já tinha que ter fechado as portas! Isto SEMPRE aconteceu!

  14. Dennis Romano disse:

    No 218 EX realmente tem mais onibus e onibus aparentemente reformados, ate um certo exagero de ônibus a espera no Ferrazópolis. Já a linha 314 que era a que tinham onibus com bancos soltos, baratas e etc. Continua a mesma porcaria. Deixam a fila de ônibus no Ferrazópolis só pra ostentar a nova frota na região mais visível da cidade, agora la no fundão na quebrada que ninguém vê continuam os mesmos carros caindo aos pedaços.

Deixe uma resposta