Rápido Luxo Campinas e sindicato discutem possíveis contratações caso Viação São Roque saia do sistema

Publicado em: 24 de outubro de 2019

Viação Rápido Luxo Campinas operou com 15 ônibus de forma emergencial nesta quinta-feira. Foto: Arquivo / Weslley Kelvin Batista.

EMTU informa que passageiros serão atendidos por Paese sempre que ônibus não saírem da garagem

JESSICA MARQUES

A Rápido Luxo Campinas e o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região estão discutindo possíveis contratações de funcionários da Viação São Roque, caso a empresa saia do sistema.

A Viação São Roque, cujos funcionários estão em greve desde 21 de setembro de 2019, é responsável pelo transporte intermunicipal de passageiros de São Roque, Alumínio, Mairinque e Ibiúna, na Região Metropolitana de Sorocaba, no estado de São Paulo.

Conforme informações obtidas pelo Diário do Transporte, a Rápido Luxo Campinas ainda não tem detalhes, como número de funcionários que poderão ser contratados, mas foram iniciadas conversas sobre o assunto com o sindicato.

As discussões estão sendo feitas com base na hipótese de a Viação São Roque não operar mais na região e ser substituída pela Rápido Luxo Campinas.

Em nota, o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região informou que “se ocorrer troca de empresa, a que ficar com as linhas terá que contratar os trabalhadores.”

Oficialmente, a Viação São Roque ainda não anunciou a saída do sistema ou possível falência, portanto, continua cadastrada. Entretanto, nesta quinta-feira, 24 de outubro de 2019, nenhum ônibus entrou em operação e a Rápido Luxo Campinas operou sozinha, em caráter emergencial.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/10/24/viacao-sao-roque-nao-opera-e-rapido-luxo-campinas-faz-paese/

OPERAÇÃO EMERGENCIAL

Em nota ao Diário do Transporte, a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) informou que nesta quinta-feira os funcionários da Viação São Roque foram impedidos pelo sindicato local de sair com os ônibus da garagem no início da operação.

O ocorrido afetou a circulação das linhas 6214, 6214DV1, 6215, 6218, 6219 e 6220, que atendem as ligações de São Roque aos municípios de Alumínio, Ibiúna e Mairinque com 15 veículos. Cerca de 8 mil pessoas utilizam diariamente esses serviços.

“Em caráter emergencial e para não deixar os passageiros desatendidos, a EMTU/SP determinou a imediata substituição dos 15 ônibus pelo mesmo número de carros da Viação Rápido Luxo Campinas, que estão operando nas linhas com os intervalos idênticos aos praticados pela Viação São Roque”, informou a EMTU, em nota.

A EMTU também determinou que, a partir desta sexta-feira, 25, a Rápido Luxo Campinas suprirá, emergencialmente, os ônibus da Viação São Roque que não iniciarem a operação nas linhas citadas, respeitando a tabela horária em vigor.

“Equipes técnicas e de fiscalização continuam monitorando a operação na região com o objetivo de atender e preservar a segurança dos passageiros que utilizam o serviço”, informou a EMTU, também em nota.

GREVE

Nesta semana, o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região informou que, diante dos questionamentos sobre possível saída de operação da empresa Viação São Roque, ainda não tem informação oficial e concreta sobre o assunto.

Segundo o sindicato, os trabalhadores “estão sem receber tíquete-refeição há dois meses, adiantamento salarial neste mês (referente ao pagamento de novembro), muitos continuam sem gozar e receber férias, assim como a PLR (participação nos lucros e resultados) que é paga no retorno das férias, além da empresa não ter depositado corretamente FGTS e INSS nos últimos anos.”

O sindicato convocou os trabalhadores para participarem de uma assembleia nesta quarta-feira, 23, para debater e definir os rumos da greve.

“Caso a informação sobre a troca de empresa seja confirmada, o Sindicato afirma desde já que irá lutar para que a nova empresa contrate todos os trabalhadores e pague os mesmos pisos salariais e direitos, conforme determina o acordo coletivo de trabalho da categoria”, informou também o sindicato, em nota.

HISTÓRICO

A greve dos trabalhadores teve início no dia 21 de setembro. A paralisação ocorre para cobrar o pagamento do tíquete-refeição, das férias e da participação nos lucros e resultados (PLR) que estão em atraso.

A Viação São Roque possui 88 trabalhadores. O sindicato informou que, desde que a Viação São Roque conseguiu liminar na Justiça, os rodoviários estão cumprindo o determinado e mantêm em operação 70% da frota em horários de pico, das 5h às 8h e das 16h às 20h, e 50% nos demais horários, desde que os ônibus disponibilizados pela empresa estejam em condições de circular.

Entretanto, em 24 de outubro de 2019, nenhum ônibus circulou e a Rápido Luxo Campinas operou no lugar dos veículos da Viação São Roque.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/10/24/viacao-sao-roque-nao-opera-e-rapido-luxo-campinas-faz-paese/

A terceira audiência de conciliação foi realizada em 10 de outubro de 2019, no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em Campinas, no interior de São Paulo.

Segundo informações do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região, a empresa não apresentou nova proposta de quitação da dívida trabalhista.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/10/10/sem-acordo-greve-na-viacao-sao-roque-continua/

OPERAÇÃO EMERGENCIAL

O Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região, representando os trabalhadores da Viação São Roque, publicou uma nota afirmando que “se outra empresa assumir linhas, terá que contratar trabalhadores”.

A afirmação foi feita pelo sindicato da categoria após a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) convocar a Rápido Luxo Campinas para operação emergencial na região.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/10/08/emtu-convoca-rapido-luxo-campinas-para-operar-emergencialmente-durante-greve-na-viacao-sao-roque/

Na ocasião, a EMTU solicitou que a empresa Rápido Luxo Campinas (RLC) colocasse oito veículos para complementar a operação do transporte intermunicipal entre São Roque e os municípios de Alumínio, Mairinque e Ibiúna durante a greve.

A EMTU também determinou que, a partir de 25 de outubro de 2019, a Rápido Luxo Campinas suprirá, emergencialmente, os ônibus da Viação São Roque que não iniciarem a operação nas linhas citadas, respeitando a tabela horária em vigor.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. JOSE LUIZ VILLAR COEDO disse:

    Demorou pra essa Empresa ser retirada do Sistema da EMTU Regiao Metrop. de Sorocaba! Mas… as Empresas da Área 5 da EMTU -RMSP Pisam na bola a anos e anos… e nada ocorre… É complicado …! Coitados dos trabalhadores dessas Empresas ai…!

  2. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Parabéns aos colaboradores da Viação São Roque, eles tem objetivo e não estão brincando.

    Parabéns pela persistência e pela coragem em arcam com as consequências na bagunça que o BarsiLei se encontra, principalmente na questão EMPREGOS.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta