Ônibus com ar-condicionado começam a circular nesta sexta em Salvador

Publicado em: 8 de agosto de 2019

Desde julho os novos ônibus com ar-condicionado comprados para a frota das empresas estavam retidos nas garagens. Foto: Divulgação / Semob.

Câmara aprovou isenção de ISS para empresas de transporte, condição imposta para início de operação dos veículos novos

JESSICA MARQUES

A Câmara Municipal de Salvador aprovou, na noite desta quarta-feira, 07 de agosto de 2019, o Projeto de Lei nº 133/19, do Executivo, que concede isenção de ISS (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) às concessionárias de transporte público.

Com isso, logo após a aprovação, o prefeito ACM Neto anunciou que os ônibus com ar-condicionado começam a circular nesta sexta (09) na cidade.

Desde o dia 22 de julho de 2019 que os novos ônibus com ar-condicionado comprados para a frota das empresas estão retidos nas garagens por decisão do prefeito ACM Neto. A condição era a aprovação do projeto na Câmara.

Relembre: Prefeito de Salvador retém novos ônibus com ar-condicionado nas garagens

Em nota, Neto afirmou que os maiores beneficiados com a assinatura do projeto de isenção do ISS, são os cidadãos de Salvador.

“Considero que a aprovação do projeto pela Câmara Municipal é muito importante para a cidade, pois quem ganha principalmente com isso é o cidadão soteropolitano. Não haverá aumento na tarifa, que continua R$ 4 como havíamos nos comprometido. Já a partir de sexta-feira, vai ter ônibus novo, com ar-condicionado, rodando na cidade. Vamos fazer a apresentação e entrega desses ônibus para o cidadão. É um sonho antigo da população de Salvador, que esperou até hoje para realizá-lo”, disse.

Por 36 votos a 4, a votação encerrou um longo processo de discussão da proposta, que gerou três emendas. Votaram contra as vereadoras Aladilce Souza (PCdoB) e Marta Rodrigues (PT), além dos vereadores Sílvio Humberto (PSB) e Marcos Mendes (PSOL).

O presidente da Câmara Geraldo Júnior informou que a Câmara “cumpriu seu papel de legislar levando em consideração os interesses da cidade e preservando a autonomia do poder, sem pressa e ouvindo todos os envolvidos no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado com o Ministério Público, que originou o pedido de isenção”.

“A Câmara Municipal de Salvador demonstrou habilidade, competência e determinação, deixando de lado as questões partidárias, ideológicas e pensando no que é melhor para a cidade”, disse o chefe do Legislativo após a votação.

Com a aprovação da isenção do ISS, a Prefeitura de Salvador garante que será possível evitar o reajuste de R$ 0,12 no valor da tarifa do transporte coletivo, que atualmente é de R$ 4,00, além de liberar a circulação dos ônibus com ar-condicionado que já estão nas garagens das empresas.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Comentários

  1. JOAO LUIS GARCIA disse:

    Parabéns a Gestão do Prefeito ACM Neto, que manteve a sua postura e exigiu que a Câmara de Vereadores aprova-se a isenção do ISS para as Concessionárias do Transporte Público da cidade.

Deixe uma resposta