Primeiros ônibus de Santo André com nova identidade visual começam a operar e prefeito divulga cronograma de renovação de frota

Publicado em: 5 de agosto de 2019

Cinco ônibus seminovos da Viação Vaz será entregues até o fim de agosto. Foto: Viação Vaz.

Veículos seminovos que estão em operação foram comprados pela Viação Vaz e, segundo a empresa, modelos zero-quilômetro chegam em setembro

JESSICA MARQUES

Os primeiros dois ônibus do transporte coletivo de Santo André, no ABC Paulista, com a nova identidade visual começaram a operar nesta segunda-feira, 05 de agosto de 2019.

O objetivo do novo layout é marcar a renovação de frota que está ocorrendo na cidade. Os primeiros ônibus a receberem a identidade visual foram comprados pela Viação Vaz, empresa que integra o Consórcio União Santo André.

Os veículos são do ano 2014, possuem carroceria Marcopolo Torino com chassis Mercedes-Benz OF 1721 e vieram de Brasília. Os modelos foram adquiridos para substituírem ônibus do ano de 2007.

WhatsApp Image 2019-08-05 at 13.27.30

Marcopolo Torino com chassi Mercedes-Benz OF 1721 operava em Brasília pela empresa Piraci

Inicialmente, os ônibus com a nova identidade visual vão operar na linha B63 – Jardim Alvorada / Vila Palmares, conforme informado pelo gestor da Viação Vaz, Luiz David ao Diário do Transporte.

Até sexta-feira, 09, o terceiro seminovo vai começar a operar, também com a carroceria caracterizada pelos novos desenhos. Os outros dois ônibus ano 2014 adquiridos pela Viação Vaz vão para as ruas até o final de agosto.

A empresa também comprou cinco ônibus zero-quilômetro, que serão apresentados e vão começar a operar nas linhas da cidade na primeira quinzena de setembro, segundo Luiz David.

Neste caso, os ônibus possuem carroceria Neobus New Mega, com chassi Mercedes-Benz, OF 1721. Os veículos terão três portas e disponibilidade de 38 lugares, com acessibilidade.

CRONOGRAMA DE RENOVAÇÃO DE FROTA

Ao Diário do Transporte, o prefeito de Santo André, Paulo Serra, reforçou a promessa de entregar 50 ônibus novos à cidade até dezembro deste ano.

“O transporte público de Santo André está sendo modernizado e ganha importante reforço com a chegada de novos ônibus para renovar a frota. Neste ano, serão 50 veículos climatizados, com acessibilidade e que começam a circular a partir de setembro. Para o ano que vem, mais 100 novos ônibus, e em 2021, outros 100, totalizando 250 veículos novos nas linhas municipais”, disse o chefe do Executivo.

Em setembro, serão apresentados e entram em operação 30 novos ônibus da Viação Guaianazes. Os veículos são do modelo Caio Apache Vip IV, com chassis Mercedes-Benz e já estão na encarroçadora Caio, em Botucatu, no interior de São Paulo.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/08/02/prefeito-de-santo-andre-vistoria-onibus-novos-da-guaianazes-na-encarrocadora-caio/

Também em setembro, serão apresentados os cinco ônibus zero-quilômetro da Viação Vaz. Além disso, segundo informações da Prefeitura de Santo André, a Guaianazes vai entregar mais dez veículos para a renovação de frota da cidade até dezembro.

Somados aos cinco seminovos da Viação Vaz, serão 50 ônibus entregues em Santo André neste ano. O cronograma de 2020 e 2021 por empresa ainda não foi divulgado, apenas por quantidade de veículos.

NOVA IDENTIDADE VISUAL

A nova identidade visual dos ônibus de Santo André foi inspirada em obras geométricas de Luiz Sacilotto, um pintor, desenhista e escultor brasileiro adepto do Abstracionismo.

A cor branca é predominante nos veículos e os detalhes foram adicionados por meio de adesivos. Na carroceria, é possível observar um beija-flor feito por triângulos em verde, amarelo e azul.

A decisão da nova identidade visual foi definida em conjunto pela SATrans e pelas empresas que integram o Consórcio União Santo André. O objetivo é remeter ao meio-ambiente.

WhatsApp Image 2019-08-05 at 13.27.32

Com nova identidade visual, posição do prefixo e outros elementos foi alterada. Foto: Viação Vaz.

Com a nova identidade visual, houve alterações na posição do prefixo, do logo da SATrans e do nome Consórcio União Santo André, tanto na traseira quanto na lateral do veículo. O brasão da Prefeitura também foi incluído no desenho.

Os veículos seminovos que integram a renovação de frota estão sendo caracterizados na própria garagem. Por sua vez, os zero-quilômetro já virão de fábrica com a nova identidade visual.

RENOVAÇÃO NA VIAÇÃO VAZ

A Viação Vaz entregou seis veículos seminovos para o transporte coletivo em março deste ano. Os modelos possuem carroceria Marcopolo Torino com chassis Mercedes-Benz OF 1721 e vieram de Brasília, assim como os cinco seminovos que serão entregues no segundo semestre.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/02/25/empresa-de-onibus-de-santo-andre-entrega-seis-veiculos-seminovos-para-o-transporte-coletivo/

Em maio, um sétimo veículo também foi entregue, com as mesmas configurações dos outros seis.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/05/26/viacao-vaz-de-santo-andre-inicia-operacao-de-setimo-veiculo-seminovo-comprado-neste-ano/

Com os dez ônibus que devem chegar em setembro, sendo cinco zero-quilômetro e outros cinco usados, a empresa deve terminar o ano de 2019 com a entrega de 17 ônibus à cidade de Santo André.

Até o momento, sete ônibus do ano 2007 foram retirados de operação para serem vendidos pela Viação Vaz. Os veículos deram lugar aos seminovos do ano 2014.

WhatsApp Image 2019-08-05 at 13.27.35

Apesar de o itinerário na foto mostrar a linha I03, veículos com a nova pintura vão operar inicialmente na linha B63. Foto: Viação Vaz.

Com a chegada dos outros dez veículos, sairão das linhas e serão vendidos os modelos do ano 2009, que são micrões com chassis Mercedes-Benz OF 1418 e OF 1519, com carroceria Comil, sendo substituídos por ônibus convencionais.

Atualmente, a Viação Vaz possui 57 veículos. Com a chegada de 17 ônibus para substituir modelos de anos anteriores, a idade média da frota deve chegar a 5,11 anos.

“Fizemos um planejamento estratégico, em que estou fazendo uma composição em aquisição e renovação, com a venda dos veículos usados. Busquei junto a uma instituição financeira um financiamento, então assumimos esse compromisso para fazermos essa aquisição”, contou o gestor da Vaz, ao Diário do Transporte.

A Viação Vaz integra o Consórcio União Santo André, formado por empresas que pertencem aos empresários Ronan Maria Pinto, Baltazar José de Sousa e Carlos Sófio, além de Ozias Vaz.

Até o ano passado, a média de idade dos veículos do União Santo André estava acima do máximo permitido, que são cinco anos. Por meio da Lei de Acesso à Informação, o Diário do Transporte apurou em setembro de 2018 que a frota consórcio tem 5,92 anos, em média.

Relembre: Média de idade dos ônibus do Consórcio União Santo André continua acima do permitido e gestão Paulo Serra não comenta o assunto

A empresa com maior idade média da frota é a Transportes Coletivos Parque das Nações, com 9,17 anos. O proprietário é Carlos Sófio.

Em seguida, estava a Viação Vaz, com 6,83 anos de idade média. Em maio de 2016, foram apresentados sete novos veículos. Mesmo assim, a viação ainda aparecia em segundo lugar na lista de empresas com a frota mais velha da cidade, cenário que está sendo modificado.

30 NOVOS ÔNIBUS DA VIAÇÃO GUAIANAZES

O prefeito de Santo André, no ABC Paulista, Paulo Serra, esteve na última sexta-feira, 02 de agosto de 2019, na encarroçadora de ônibus Caio, em Botucatu, no interior paulista, vistoriando os primeiros novos ônibus comprados pela Viação Guaianazes, operadora do Consórcio União Santo André.

Na fabricante, são 30 unidades modelo Caio Apache Vip IV, chassis Mercedes-Benz. Os veículos são equipados com sistema multiplex, que identifica possíveis falhas na parte operacional e elétrica do veículo, luz de condução diurna (DLR) conjugada com a ignição, e tomadas USB para recarga de dispositivos móveis.

Os ônibus vistoriados pelo prefeito têm sistema de circulação de ar, mas não contam com ar-condicionado. Os veículos zero-quilômetro da Viação Vaz também virão sem a tecnologia, ao contrário do que havia sido prometido por Paulo Serra.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/06/28/novos-onibus-com-ar-condicionado-estao-previstos-para-agosto-em-santo-andre-segundo-prefeito/

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. Pronto ! a Doença do Baltazar pegou aqui…..teremos sim Semi lixos……..e o povo nem ai…basta ver a chapa,,,se lá em Brasilia não serve , porque aqui teremos de aceitar….engana povo…

  2. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Não bastasse as placas JJJ; ôooooooo visual feio, tímido e apagado.

    O Beija Flor não merece ser tão mal estilizado assim; afinal é uma ave de rara beleza.

    Sem contar a agilidade do Beija Flor que sequer pode ser comparadas ao buzões do Barsil; quiça de Santo André.

    Contratem a agência que cria as pinturas da Útil que com certeza fará algo lindo e vivo.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta