Sorocaba suspende concorrência do lote 02 do sistema de transportes coletivos da cidade

Publicado em: 30 de julho de 2019

Ônibus da STU. Lote é operado por meio de prorrogações. Foto: Vinicius Martins. Clique para ampliar.

Entrega de propostas estava prevista para amanhã, 31 de julho. Licitação do transporte especial também foi suspensa

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de Sorocaba, no interior de São Paulo, comunicou a suspensão da licitação do lote 02 do sistema de transportes coletivos da cidade.

A entrega das propostas estava marcada para esta quarta-feira, dia 31 de julho de 2019. A concorrência havia sido relançada em 28 de junho deste ano, após ter sido barrada em fevereiro pelo TCE – Tribunal de Contas do Estado de São Paulo após questionamentos de eventuais interessadas nos serviços. A corte de contas determinou correções na licitação.

Relembre: Prefeitura de Sorocaba relança licitação de transportes coletivos

sorocaba_licita.jpg

A prefeitura também anunciou a suspensão da licitação de transportes de pessoas com deficiência severa por meio de veículos com adaptação especial, cuja data de entrega dos envelopes estava marcada para quinta-feira, 01º de agosto de 2019.

Em ambos os casos, a prefeitura alegou que a suspensão se deu “por razões de interesse público e possíveis adequações nos termos do edital”.

sorocaba_licita_ESPECIAL.jpg

O lote 02 do sistema de ônibus da cidade é operado por meio de prorrogações contratuais pela STU – Sorocaba Transporte Urbano, que atende a 61 linhas, em especial nas regiões leste, oeste e sul. Circulam nestas linhas, 193 ônibus, dos quais 141 convencionais.

O contrato inicial com a prestadora de serviços começou em 2003 e acabou em 2011. Desde então, foram feitas prorrogações. A atual foi assinada no final de fevereiro deste ano com validade até fevereiro de 2020.

Já o transporte especial atualmente conta com 31 veículos, dos quais, cinco vans adaptadas. A concorrência também tinha sido barrada pelo TCE.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Renaldo REZENDE disse:

    Não entendo as obras da itavuvu podem explicar

Deixe uma resposta