Aeromovel Brasil e Marcopolo Rail divulgam tecnologia brasileira de People Mover em Workshop na capital paulista

Aeromóvel desenvolvido pela marca Marcopolo Rail. Foto: Centro de Design e Inovação da Marcopolo

Com a presença do secretário Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos, Jean Pejo, evento nesta segunda-feira, 1, terá debates e visita ao Veículo Aeromóvel na unidade da Marcopolo em São Paulo

ALEXANDRE PELEGI

A decisão do Governo do estado de São Paulo de implantar um People Mover para fazer a ligação entre a linha 13 Jade da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos e os terminais do Aeroporto Internacional de Guarulhos, está mexendo com o mercado de fabricantes de materiais rodantes.

Nesta segunda-feira, 1º de julho de 2019, por iniciativa do Instituto de Engenharia, tradicional associação que defende a engenharia nacional, será realizado um Workshop para apresentação do Aeromovel. Considerado um dos maiores investimentos em mobilidade urbana feitos em Porto Alegre, o modal completou cinco anos no dia 10 de agosto de 2018, quando já havia sido já utilizado por cerca de 5 milhões de pessoas.

O Evento, com patrocínio da Aeromovel Brasil e Marcopolo Rail, tem o apoio da ANPTRILHOS – Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos, ABIFER – Associação Brasileira da Indústria Ferroviária, ANTP – Associação Nacional de Transportes Públicos e AEAMESP – Associação Dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô.

No período da tarde será disponibilizado transporte para visita à Marcopolo filial São Paulo (Av. Pres. Tancredo Neves, 228), onde encontra-se o Veículo Aeromovel Geração 6.

A Aeromovel Brasil S. A, integrante do Grupo Coester, é uma empresa dedicada ao fornecimento de projeto e implementação de sistemas de mobilidade urbana. Com tecnologia própria, inovadora e sustentável, o meio de transporte da Aeromovel se caracteriza por ser automatizado e em via elevada, utilizando o sistema de propulsão pneumática.

A Marcopolo Rail, nova marca da Marcopolo para o segmento metroferroviário, foi lançada em março de 2019 (Relembre), e foi desenvolvida em parceria com a empresa Aeromovel Brasil. A atuação da tradicional empresa do ramo rodoviário no segmento metroferroviário teve início em 2015.

O resultado do projeto reforçou o posicionamento de ingressar neste novo segmento de maneira forte, não somente por intermédio de projetos isolados ou pontuais, mas com visão de negócio”, informa comunicado da empresa.

LINHA 13-JADE

Atualmente, quem desembarca dos trens é transportado por ônibus cedidos pela concessionária do aeroporto GRU Airport, o que foi criticado pelo governador paulista João Doria.

A data prometida para início das obras é setembro deste ano, e o custo da implementação está estimado em R$ 175 milhões, e será bancado pela Concessionária do Aeroporto, a GRU Airport. O valor será abatido da outorga do aeroporto que a GRU Airport paga pela concessão.

A Aeromovel e a Marcopolo Rail, parceiras no empreendimento, são candidatas a solucionar o problema da ligação com o aeroporto.

TECNOLOGIA BRASILEIRA DE PEOPLE MOVER – APM

LOCAL: INSTITUTO DE ENGENHARIA – Av. Dr. Dante Pazzanese, 120 – Vila Mariana, São Paulo – SP

1º DE JULHO DE 2019 – DAS 08:00 ÀS 12:30

Inscrição gratuita no link: https://www.institutodeengenharia.org.br/site/events/workshop-aeromovel/#cf-modal-CF5d0267e60c5bd5d1699d5973c4

PROGRAMAÇÃO:

8h – 9h    Welcome Coffee e Credenciamento

9h– 9h30   Sessão de Abertura

  • Eduardo Lafraia – Presidente do Instituto de Engenharia
  • Jean Pejo – Secretário Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos
  • Vicente Abate –  Presidente da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária- ABIFER
  • Pedro Machado – Presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô – AEAMESP
  • Luiz Carlos Mantovani Néspoli – Superintendente da Associação Nacional de Trasportes Públicos – ANTP

9h30 – 11h30 – Aeromóvel Solução Nacional de APM

-Aeromovel Brasil S.A. e Marcopolo Rail

  • O aeromóvel no contexto global de mobilidade
  • Tecnologia e material rodante
  • Consumo energético, operação e manutenção

11h30 – 12h15 – Mesa redonda e esclarecimentos

  • José Claudio da Silva Sicco – Superintendente de Desenvolvimento e Expansão da TRENSURB
  • Prof. Luiz Carlos Pinto da Silva Filho – Diretor da Escola de Engenharia da UFRGS
  • Peter Alouche – Consultor especialista em Sistemas Metroferroviários

12h15 – 12h30 – Encerramento

Visita ao Veículo Aeromóvel na Marcopolo

Av. Pres. Tancredo Neves, 228 – Vila Nancy, São Paulo – SP
Visitação livre das 14h às 17h.

Será disponibilizado ônibus para deslocamento nos seguintes horários:
* 14h – Primeiro grupo
* 15h30 – Segundo grupo

Observações:

As visitas terão duração de 30 minutos
O ônibus sairá do Instituto de Engenharia e retornará ao Instituto após as visitas
É necessário que se faça inscrição para as visitas pelo e-mail:  cassiana@aeromovel.com.br

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. claudio boff disse:

    Prof.Oscar Coester merece esse reconhecimento. Foi o criador desse projeto fazem mais de 40 anos, nunca desistiu, enfrentou muitos boicotes. Com a paciência e persistência de um monge superou cada um deles.

  2. Daniel B Andriotti disse:

    Aeromovel e Marcopolo, Tecnologia e manufatura de classe mundial em sistemas de mobilidade sustentável. Resultado de muita visão e empreendedorismo!

  3. Paulo Gil disse:

    Amigos, bom dia.

    Tecnologia nacional do Aeromóvel e da Marcopolo, é uma combinação perfeita.

    Já que há tanto desperdício do dinheiro dos contribuintes, no mínimo devem ser feitos Aeromóveis com tens Marcoplo:

    1) Ligação natimorta Linha 13 Jade – Aeroporto de Guarulhos.

    2) Transformas os Aerotrens de Sampa em Aeromóveis, muito mais fácil do que ficar batendo cabeça nesse Aerotrem falido.

    3) Transformar o VLT de Cuiabá em Aeromóvel.

    4) Criação de outros aeroméveis.

    No mínimo haveria a geração de empregos na indústria brasileira com o uso de tecnologia 100% nacional.

    MUDA BARSIL, ou AFUNDA.

    FORA OS JURÁSSICOS DE PLANTÃO E UMBIGUISTAS DO PRÓPRIO BOLSO.

    Att,

    Paulo Gil

  4. Rogerio Belda disse:

    É melhor divulgar as qualidades do aeromóvel
    que manter a usual “trocapital” de insultos.
    Rogerio Belda

Deixe uma resposta