Tarifa de ônibus de Curitiba e Região Metropolitana terá reajuste para R$ 4,50

Publicado em: 22 de fevereiro de 2019

O último aumento da tarifa ocorreu em 2017, com um reajuste de 15% sobre o valor de R$ 3,70. Foto: Divulgação.

Prefeito Rafael Greca confirmou aumento nesta sexta-feira, mas não informou data para mudança do valor

JESSICA MARQUES

A tarifa de ônibus de Curitiba, no Paraná, terá reajuste de R$ 4,25 para R$ 4,50. O prefeito Rafael Greca confirmou o aumento nesta sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019. O novo valor começará a ser cobrado a partir da próxima quinta-feira, 28 de fevereiro.

O último aumento da tarifa ocorreu em 2017, com um reajuste de 15% sobre o valor de R$ 3,70.

O vídeo foi postado nas redes sociais, onde Greca aparece ao lado do governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior, para anunciar o reajuste da tarifa.

Na gravação, o prefeito afirma que o reajuste também será válido para os municípios que são “imediatamente vizinhos” de Curitiba. Além disso, a Prefeitura e o Governo do Estado estão estudando uma bilhetagem única para a região.

O prefeito justifica o valor dizendo que, pelo preço da tarifa técnica, a passagem seria R$ 5,20. Contudo, segundo Greca, foi feito um acordo entre a Prefeitura e o Governo do Estado para a construção de uma tarifa social metropolitana e um plano de economia popular.

Confira o vídeo na íntegra:

Após o fim da isenção de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para o diesel, a Prefeitura de Curitiba elevou a tarifa técnica de ônibus de R$ 4,71 para R$ 4,79. Atualmente, o preço para os passageiros é de R$ 4,25.

Relembre: Após fim da isenção de ICMS para diesel, Prefeitura de Curitiba eleva tarifa técnica de ônibus a R$ 4,79

A isenção do ICMS do diesel chegou ao fim em 1º de janeiro de 2019 para os sistemas de transportes de 21 municípios com mais de 140 mil habitantes no Paraná.

Segundo o decreto nº 12080, do Governo do Estado, publicado no Diário Oficial de 19 de dezembro de 2018, o serviço público de transporte coletivo nestas cidades contou até 31 de dezembro deste ano com a isenção.

Com isso, de acordo com cálculos de companhias de ônibus consultadas pelo Diário do Transporteas tarifas podem ficar entre R$ 0,25 e R$ 0,30 mais altas no início de 2019, isso não considerando os outros aumentos de peças, pneus, lubrificantes e salários.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2018/12/26/fim-de-isencao-do-icms-sobre-o-diesel-no-parana-pode-deixar-tarifas-de-onibus-ate-r-030-mais-caras-em-2019/

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

Deixe uma resposta