Prefeito de São Bernardo do Campo assina ordem de serviço para obras do Corredor Rotary

Publicado em: 24 de julho de 2018

Corredor vai percorrer diversas vias congestionadas da cidade. Foto: Divulgação / Gabriel Inamine

Início das intervenções é imediato, com investimento de aproximadamente R$ 17 milhões

JESSICA MARQUES

O prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, assinou a ordem de serviço para obras do Corredor Rotary nesta segunda-feira, 23 de julho de 2018. Segundo informações da Prefeitura, o início das intervenções é imediato, com investimento de aproximadamente R$ 17 milhões.

A extensão aproximada do corredor exclusivo para ônibus é de 2,4 Km, com prazo de conclusão em 24 meses. A via exclusiva terá início na Praça Miguel Etchenique, em frente ao hipermercado Walmart, passando pela Avenida Rotary, Avenida Luiz Pequini e Rua dos Vianas, até o limite de Santo André, vias de trânsito intenso em horário de pico.

A empresa Compec Galasso Engenharia foi a vencedora da licitação.

O corredor será construído em conjunto aos Corredores Leste-Oeste e São Pedro. Conforme informado pela Prefeitura, a obra compreende três etapas: da Avenida Rotary até o Viaduto da Praça dos Bombeiros (inserido no Corredor Leste-Oeste), com cerca de 700m de extensão.

“A segunda parte será iniciada na Avenida Luiz Pequini a partir do Viaduto da Praça dos Bombeiros (Corredor Leste-Oeste) até o Corredor São Pedro, junto ao projeto de urbanização nas proximidades do Saracantan/Colina, com cerca de 750m de extensão. O último trecho compreende a Rua dos Vianas a partir do Corredor São Pedro até o limite com Santo André, com cerca de 950m de extensão” – explicou a Prefeitura, em nota.

Um lote de cinco corredores de ônibus de um total de 12 prometidos pela Prefeitura de São Bernardo do Campo em 2012 para 2014 serão entregues apenas entre 2020 e 2021, com sete anos de atraso.

Relembre: São Bernardo assina contratos e corredores de ônibus devem ficar prontos somente em 2021

Até o momento, foram retomados os projetos na Estrada do Alvarenga, Corredor Leste-Oeste, Avenidas Castelo Branco e Senador Vergueiro, além de ter sido autorizado o início das obras no Corredor São Pedro e Estrada do Galvão Bueno, incluindo o Terminal Batistini.

Neste ano, foram entregues o Terminal Grande Alvarenga em fevereiro e a via exclusiva na Avenida João Firmino, em junho.

Relembre: Terminal de ônibus Alvarenga, em SBC, é inaugurado com operações parciais

Relembre: Primeiro corredor de ônibus de São Bernardo do Campo não considera linhas intermunicipais e gera congestionamento

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta