Bruno Covas decreta estado de emergência em São Paulo

Foto: Alexandre Pelegi

Estado de emergência pode evoluir para estado de calamidade pública, informa nota da prefeitura de SP

ALEXANDRE PELEGI

O prefeito Bruno Covas acaba de decretar estado de emergência na cidade de São Paulo.

Várias cidades, como Campinas, além de outras capitais, como Porto Alegre, já adotaram medida semelhante.

O decreto permite que a prefeitura possa apreender combustível estocado de postos privados, além de realizar compras com dispensa de licitação e efetuar gastos sem empenho orçamentário.

Em nota, a prefeitura informa:

“O prefeito determinou também a criação de um comitê de crise que vai avaliar e tomar as medidas necessárias. Caso continue a situação de desabastecimento provocado pelas manifestações, pode haver decretação de feriado municipal. O estado de emergência pode evoluir para estado de calamidade pública“.

Ainda segundo o texto divulgado há poucos minutos, dentre as medidas a serem adotadas estão a suspensão de serviços administrativos não essenciais com vistas à economia de combustível.

O prefeito determinou também a criação de um comitê de crise que vai avaliar e tomar as medidas necessárias. Caso continue a situação de desabastecimento provocado pelas manifestações, pode haver decretação de feriado municipal. O estado de emergência pode evoluir para estado de calamidade pública“, informa a prefeitura.

O comitê de crise terá o prefeito Bruno Covas como presidente, e em sua composição terá os secretários de Justiça, Governo, Comunicação, Fazenda, Segurança Urbana e o Procurador Geral do Município.

A Prefeitura, com o auxílio da Polícia Militar, continua empenhada em fazer valer a liminar obtida na quinta-feira, que obriga os grevistas a suspender atos que impeçam o abastecimento de combustível para os serviços essenciais“, diz a nota.

Em reunião no início da tarde desta sexta-feira com secretários municipais, Bruno Covas define quais medidas serão tomadas para amenizar os efeitos provocados pela greve dos caminhoneiros, que avança em seu quinto dia.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rogerio disse:

    QUE BOM SABER QUE, PELO MENOS, TEMOS GOVERNO NO MUNICÍPIO DE SAO PAULO !

  2. Rogerio Belda disse:

    Que bom saber que temos prefeito na cidade de São Paulo! Rogerio Belda

  3. victor paulon disse:

    vamos ver !! vamos analisar! e a cidade ja parou e pegou fogo! mas vamos lá

  4. Luis Carlos disse:

    Aqui em Minas, na minha cidade está tudo normal. Nada de manifestação. Nada de crise. Todos trabalhando normalmente. Plantamos nossas verduras, colhemos, transportamos nossas crianças até a escola. Eu não estou acreditando o que estão dizendo sobre essa tal de paralisação.

Deixe uma resposta