Trecho do Expresso Tiradentes “afunda” e prefeitura interdita 300 metros

Expresso Tiradentes é operado por ônibus de grande porte. Clique na foto para ampliar

Administração diz que analisa possíveis causas. Ônibus seguem pela Avenida do Estado
ADAMO BAZANI
Em torno de 300 metros do Expresso Tiradentes, o único BRT da cidade de São Paulo, tiveram de ser interditados no último sábado entre a rua Dona Ana Néri e o Terminal Parque Dom Pedro II por causa de um afundamento de pista.
O solapamento é de cerca de 20 centímetros e o caso foi relatado por motoristas da empresa Via Sul, operadora do sistema.
Por dia útil, em média, passam pelo local, de acordo com a SPTrans – São Paulo Transporte, gerenciadora do sistema, 65,5 mil passageiros.
Os primeiros relatos dos motoristas foram feitos na última sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018.
Durante a interdição, os ônibus articulados e biarticulados trafegam pela pista lateral na Avenida do Estado.
A prefeitura só deve liberar o trecho após a determinação das causas do afundamento e o reparo. Ainda não há previsão.

Segundo a SPTrans, os ônibus que seguem sentido bairro percorrerão cerca de 700 metros pela faixa exclusiva na Avenida do Estado nesse ponto. Não houve alteração do percurso no sentido centro.

Os usuários que precisam desembarcar na estação Pedro II, vindos da estação Mercado, devem seguir até a estação Ana Nery e retornar para a estação Pedro II no sentido centro, o que vai aumentar o tempo de viagem.

Em nota, a SPTrans diz que não há riscos para passageiros e funcionários e que contratou uma empresa de engenharia para avaliar os danos:

A SPTrans informa que monitora constantemente as condições de infraestrutura e operação do Expresso Tiradentes e que não há riscos para a segurança dos motoristas e usuários.

A interdição de um trecho próximo à estação Pedro II se deu em razão de um afundamento na pista. A SPTrans tomou providências para mensuração técnica do problema e a interdição preventiva foi definida no sábado, dia 3. Uma empresa de engenharia está sendo contratada emergencialmente e ficará responsável pelas obras, que terão início nos próximos dias.

Durante esse período, os ônibus que seguem sentido bairro percorrerão cerca de 700 metros pela faixa exclusiva na Avenida do Estado nesse ponto. Não houve alteração do percurso no sentido centro.

Os usuários que precisam desembarcar na estação Pedro II, vindos da estação Mercado, devem seguir até a estação Ana Nery e retornar para a estação Pedro II no sentido centro.

Inaugurado em março de 2007, o Expresso Tiradentes tem 11km de extensão e transporta, em média, 65,5 mil pessoas por dia útil.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

3 comentários em Trecho do Expresso Tiradentes “afunda” e prefeitura interdita 300 metros

  1. Amigos, boa noite.

    Meuuuuuuuuuuuu Deus.

    O único buzão de Sampa que funcionava.

    Apesar de que na minha opinião; 65,5 mil pessoas por dia útil; não paga o investimento.

    Tá ai mais uma prova cabal do desperdício do dinheiro do contribuinte.

    Nem o metro Azul que é mais pesadão não gastou tanto concreto na Avenida Cruzeiro do Sul.

    Adoraria se um Engenheiro Civil me explicasse o porque, se o metrô é mais pesado e usou menos concreto.

    Mais um contratinho emergencial para resolver mais um problema criado e a ser pago com o suado dinheiro do contribuinte.

    MUDA BARSIL.

    Att,

    Paulo Gil

  2. Obra mau feita pra variar, não e novidade.

  3. Triste e lamentável. Transporte público no Brasil realmente. Não. E. Prioridade de politico$ empresários. Estes só pensam. Em. Fazer negócios e abrir. Portas. Milionárias. Para. Suas empresas ,. Quando. Deixarem. A política.

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. SPTrans confirma: recapeamento de faixas e corredores vai receber mais R$ 25 milhões em 2018 – Diário do Transporte
  2. Doria tira R$ 192 milhões de corredores de ônibus para asfaltar ruas e avenidas de trânsito comum – Diário do Transporte
  3. Gestão Doria diz que não faltarão recursos para corredores de ônibus, mas fala em prioridades na definição dos investimentos – Diário do Transporte
  4. Mais uma vez Doria retira recursos milionários de corredores de ônibus para Asfalto Novo – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: