São Bernardo do Campo abre licitação para 19 km de corredores de ônibus

Publicado em: 12 de setembro de 2017

Ônibus em São Bernardo do Campo. Corredores devem melhorar transportes, diz prefeitura

Propostas devem ser entregues até 19 de outubro e obras terão de ser finalizadas em dois anos

ADAMO BAZANI

A cidade de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, abriu licitação para construção de quatro corredores de ônibus totalizando 19 km, que fazem parte de um pacote anunciado em 2012, pelo ex-prefeito Luiz Marinho, e que tinha previsão para 2014.

Também foi licitada a construção de um terminal de ônibus.

Todas as obras devem ser entregues até 24 meses depois da assinatura dos contratos e ordens de serviços

As propostas dos interessados devem ser entregues até o dia 19 de outubro.

Os corredores e terminal são:

– Corredor São Pedro, com extensão aproximada de 6,0 km; Prazo de execução: 24 meses; Trajeto básico: Rua dos Vianas, Rua Saracantan, Avenida Pery Ronchetti, Avenida Dom Pedro de Alcântara, Avenida Luiz Pequini.

– Corredor Rotary, com extensão aproximada de 2,4 km; Prazo de execução: 24 meses; Trajeto básico: Praça Miguel Etchenique, Avenida Rotary, Avenida Luiz Pequini , Rua dos Viannas.

– Corredor Castelo Branco, com extensão aproximada de 4,25 km; Prazo de execução: 24 meses; Praça Giovanni Breda a região do Terminal Metropolitano Piraporinha.

– Corredor Galvão Bueno, com extensão aproximada de 6,3 km; Prazo de execução: 24 meses; Estrada Cama Patente (região da rodovia dos Imigrantes) estrada Galvão Bueno e pela avenida Maria Servidei Demarchi.

–  Terminal Batistini, com área total construída de cerca de 3.200 m²; Prazo de execução: 24 meses.

O BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento já havia aprovado crédito de US$ 125 milhões com contrapartida do mesmo valor da prefeitura, como diz a minuta do edital.

A Licitação será realizada mediante os procedimentos de Licitação Pública Internacional (LPI) especificados nas Políticas para Aquisição de Bens e Contratação de Obras Financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento e está aberta a Licitantes dos países elegíveis, conforme definido nos Documentos de Licitação

Estão em obras o Corredor Alvarenga, com 1,7 quilômetro de vias já entregue, e o Corredor Leste-Oeste, cuja segunda fase começou em 06 de setembro.

O corredor Alvarenga deve ter 3,8 quilômetros e vai ligar a Praça Giovanni Breda, no bairro Assunção, até as proximidades da rodovia dos Imigrantes. A obra completa só deve ser entregue em dezembro de 2018.

Já o Corredor Leste-Oeste terá 13,6 quilômetros de extensão desde o km 22 da rodovia dos Imigrantes, perto do limite com Diadema, até a Praça dos Bombeiros, passando pela estrada Samuel Aizemberg, avenida José Odorizzi, viaduto Tereza Delta, avenidas Francisco Prestes Maia e Tiradentes. A previsão de conclusão da obra é para março de 2019.

O pacote de corredores e terminais prometidos no Plano de Transportes Urbanos de São Bernardo do Campo engloba os seguintes espaços:

– Corredor de Ônibus Faria Lima

– Corredor de Ônibus Jurubatuba

– Corredor de Ônibus Montanhão

– Corredor de Ônibus Ferrazópolis

– Corredor de Ônibus Rotary

– Corredor de Ônibus Capitão Casa

– Corredor de Ônibus Castelo Branco

– Corredor de Ônibus Galvão Bueno

– Corredor de Ônibus João Firmino

– Corredor de Ônibus Senador Vergueiro

– Corredor de Ônibus Leste-Oeste

– Corredor de Ônibus Alvarenga

– Terminal de Ônibus Grande Alvarenga (antigo Alves Dias).

– Terminal de Ônibus Batistini

– Terminal de Ônibus Vila São Pedro

– Terminal de Ônibus Rudge Ramos

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Leoni disse:

    Estranha esta licitação para construção de quatro corredores de ônibus totalizando 19 km, que faziam parte de um pacote anunciado em 2012, pelo ex-prefeito petista, e que tinha previsão para 2014.

    Lembrando que este mesmo ex-prefeito deixou de fazer estes corredores para construir o chamado Museu do Trabalho e do Trabalhador, para expor as bugigangas de um ex-presidente em pleno centro de SBC, para isto desprendeu ~R$ 21 milhões para deixar um esqueleto incompleto.

    Fica bem categorizado que vários políticos como este usam os valores para sua autopromoção pessoal!

Deixe uma resposta