Mais 18 linhas de ônibus em Curitiba deixam de aceitar dinheiro

Pagamento só poderá ser feito com o cartão do sistema de transporte a partir de sábado (15)

ADAMO BAZANI

A partir de sábado, 15 e janeiro de 2022, mais 18 linhas municipais em Curitiba passam a aceitar somente cartão-transporte. Não haverá mais a possibilidade de pagamento em dinheiro nos ônibus.

A informação foi divulgada pela prefeitura de Curitiba nesta quinta-feira (13).

As linhas são:

Regional Boa Vista

232- Aliança

X39 -Reforço Santa Cândida

Regional Cajuru

332 – Acrópole

334-Agrícola

336- V. Reno

Regional Boqueirão

511- São Francisco

512-Itamarati

513-Hauer/Boqueirão

513- Hauer/Boqueirão (sábados e domingos)

515 -Iguapé II

Regional Pinheirinho

640 – Palmeira

642-Ganchinho

643 -Umbará

646 -Pompeia/Janaina

654 -Campo Alegre

680 – Rurbana

690 -Vila Juliana

Regional Bairro Novo

552- Sambaqui

Segundo a Urbanização de Curitiba (Urbs), que administra o transporte coletivo na cidade, o cartão já é o principal meio de pagamento nessas 18 linhas, com 73% de participação.

Com essas 18 linhas, sobe para 148 o número de linhas que aceitam apenas o pagamento com o cartão. O sistema de Curitiba conta, ao todo, com 254 linhas urbanas.

Desde o início da pandemia, 24 outras linhas já haviam migrado para uso exclusivo de cartão – 18 delas em novembro de 2021.

Em nota, a prefeitura explica como pode ser feito o Cartão-Transporte.

A confecção do cartão é gratuita. Para atender o usuário que vai precisar fazer o cartão, a Urbs está reforçando o atendimento nas suas unidades localizadas nas Ruas da Cidadania nesses bairros. Também é possível fazer o cartão na sede da Urbs, junto à Rodoferroviária, no bairro Jardim Botânico.

Para fazer o cartão nessas unidades, o usuário deve agendar atendimento pelo site da Urbs. Desde dezembro, cartazes nos ônibus informam sobre a mudança. O usuário também pode apontar a câmera do celular para um QR Code e ser direcionado para a página de agendamento. 

Como fazer o cartão

Fazer o cartão é rápido e fácil. É necessário levar ao local de atendimento documento de identificação com foto, CPF e comprovante de endereço. No caso de menores de idade, o cartão pode ser solicitado pelos pais ou responsável legal, apresentando documento de identificação original com foto de ambos. Todas as unidades e o Urbs Móvel trabalham de 11h às 17h em dias úteis.

Outras funções

Com o pagamento exclusivo por cartão, 120 cobradores que atuavam nessas linhas ficarão à disposição das empresas para desenvolverem outras funções, como fiscalização, ou atenderem outros itinerários.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Samuel Joselito disse:

    Excelente noticia para os UBer’s ! Quem não é usuario fequente ou não mora na região de Curitiba não terá alternativa !
    Qualquer “Budeguinha” tem maquina de cartão debito por aproximação ! Espero não continuar usar os Onibus de Curitiba !

Deixe uma resposta