Com licitação travada, Itajaí firma contrato emergencial com Transpiedade por 180 dias

Empresa entrou com impugnação para suspender concorrência e TCE apontou irregularidades

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Itajaí (SC) firmou contrato emergencial por mais 180 dias com Transpiedade (Transportes Coletivos Nossa Senhora da Piedade), atual operadora do município.

A contratação começa a valer em 21 de dezembro de 2021.

O poder público foi obrigado a usar o expediente por causa de problemas com a licitação para a implantação de um novo sistema de transportes.

Os problemas com a concorrência começaram com a própria Transpiedade entrando com pedido de impugnação por causa de prazos de respostas aos questionamentos que fez a respeito do edital.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/09/10/licitacao-do-transporte-coletivo-em-itajai-sc-e-suspensa-apos-impugnacao-da-transpiedade/

Após este procedimento, o TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina) suspendeu a concorrência após o apontamento de 26 irregularidades.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/09/21/tce-suspende-licitacao-do-transporte-coletivo-em-itajai-sc/

Pelo contrato emergencial, a Transpiedade terá de aumentar em 56% a frota operante aos domingos e feriados, ônibus acessíveis em todas as linhas, frota com idade máxima de dez anos, wi-fi e GPS nos coletivos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta