Volkswagen apresenta o 10.160 OD e 15.190 ODS (suspensão a ar) e diz que o 22.280 ODS já vai fazer parte de frotas neste ano

Vendas para o setor público respondem por 49% do volume total da Volkswagen: 2,5 mill ônibus serão disponibilizados para o “Caminho da Escola”

ADAMO BAZANI

A Volkswagen Caminhões & Ônibus (VWCO) apresentou nesta segunda-feira, 20 de setembro de 2021, de forma oficial os chassis 10.160 OD de micro-ônibus e o 15.190 ODS (suspensão a ar) para o tipo midi-bus, tanto para versões urbanas como de fretamento. Em ambos os casos, os motores são dianteiros.

A marca também anunciou que já começou a comercializar o 22.280 ODS, um chassi para carrocerias de ônibus urbanos de 15 metros, com três eixos, sendo que os dois eixos combinados direcionais ficam na parte da frente do veículo.

Segundo o vice-presidente de Vendas, Marketing e Serviços da Volkswagen Caminhões e Ônibus, Ricardo Alouche, o 10.160 OD vem atender a uma necessidade atual, que é a possibilidade transportar o mesmo número de pessoas com maior distanciamento por causa da pandemia, e uma necessidade futura que é, passando o risco sanitário, configurar o mesmo ônibus para uma quantidade maior de pessoas.

Já o 15.190 ODS, segundo a Volkswagen, atende à necessidade de ampliar o conforto e a qualidade dos ônibus midi, um segmento cada vez mais procurado.

Sobre as vendas do 22.280 ODS, Alouche não detalhou as empresas que adquiriram, mas disse que operadoras de ônibus de Manaus, Recife, Belo Horizonte, Goiânia e São Paulo se mostraram interessadas pelo modelo.

A respeito de mercado, a Volkswagen destacou que foi escolhida para fornecer 2,5 mil ônibus para o Programa Caminho da Escola no atual ciclo que vai até 2022.

O modelo é o 15.190 ODR – ORE3, que tem capacidade para transportar 59 passageiros (alunos). O ônibus ainda conta com tração 4×2 e Dispositivo de Poltrona Móvel (DPM).

Alouche disse ainda que em todo o mercado de ônibus, a Volkswagen ampliou a participação, alcançando 29% de fatia, o que representa vice-liderança nacional entre setembro de 2020 e agosto de 2021. A marca diz que alcançou a liderança no Sul, Centro Oeste, Nordeste e Norte no mercado geral. A Volkswagen é vice no Sudeste, que reúne o maior volume do País.

Entre todas as compras de ônibus Volkswagen no período, 49% são públicas e 51% da iniciativa privada.

Em nota, a VWCO detalha os modelos citados:

10.160 OD:

A Volkswagen Caminhões e Ônibus apresenta mais um reforço para o transporte de passageiros: chega às revendas de todo o país o novo micro-ônibus Volksbus 10.160  OD. O veículo vem para atender aos desafios do transporte de passageiros e às necessidades dos operadores em meio à pandemia: a VWCO viabilizou, em parceria com a rede de concessionários e fabricantes de ônibus, plantas padronizadas que conferem agilidade na aquisição do novo integrante da família Volksbus.

A nova configuração do 10.160 OD foi desenvolvida em parceria com os encarroçadores e tem capacidade de transportar até 36 passageiros. Ele conta com motor de 162cv de potência, que entrega 600 Nm de torque, uma transmissão ZF S5 420 com cinco velocidades e um PBT de 10.000 Kg, o que possibilitou o aumento da capacidade de passageiros. Novas configurações de carrocerias estão em desenvolvimento e, em breve, também estarão disponíveis.

15.190 ODS:

O Volksbus 15.190 ODS é equipado com motor MAN D08, com 186 cv e 700 Nm do torque. Tem robustez a toda prova: mais de 2 milhões de veículos no mundo utilizam esse propulsor, que equipa mais de 200 mil veículos no Brasil. Moderno, econômico e confiável, é o motor mais silencioso do mercado. A transmissão manual ZF de sete marchas (seis marchas à frente e uma ré) é associada ao sistema de cabos e auxílio pneumático, garantindo trocas leves e precisas.

Com PBT de 15 toneladas, é indicado para carrocerias de até 11 metros de comprimento. O chassi é ideal para transporte urbano em linhas distribuidoras e alimentadoras, operando como midiônibus sob medida para linhas de fluxo intermediário, com menores intervalos entre os embarques. Agora com suspensão pneumática dianteira e traseira, o modelo proporciona conforto e é uma excelente opção para fretamento de curtas e médias distâncias.

22.280 ODS:

Pode levar 22 toneladas, aproximadamente 115 passageiros, e seu encarroçamento pode alcançar 15 metros.

O “superônibus” ainda é equipado com a suspensão pneumática, item fundamental para o bem-estar a bordo, além da motorização MAN D08 de 277 cavalos e transmissão ZF de seis marchas. A receita de sucesso desse gigante dos transportes de passageiros é o posicionamento do terceiro eixo na dianteira, o que permite que o chassi alcance a capacidade de carga de 22 toneladas e, ao mesmo tempo, possibilita maior flexibilidade de configurações, de acordo com a necessidade da operação.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. André disse:

    Retrocesso do transporte público brasileiro. Melhor comprar um carro usado do que ir para o serviço de carroça.

Deixe uma resposta