Com ‘superônibus’, VWCO aumenta em 30% capacidade de transporte em relação a ônibus urbanos tradicionais

Encarroçamento do chassi pode alcançar 15 metros. Foto: Divulgação.

Volksbus 22.280 ODS pode transportar 22 toneladas, que equivale a cerca de 115 passageiros

JESSICA MARQUES

A Volkswagen Caminhões e Ônibus informou nesta terça-feira, 28 de setembro de 2021, que o superônibus lançado recentemente visa atender o aumento de cerca de 30% na capacidade de transporte em relação aos ônibus urbanos tradicionais.

O Volksbus 22.280 ODS pode transportar 22 toneladas, que equivale a cerca de 115 passageiros. Assim, na prática, a fabricante propõe reduzir o custo operacional aos empresários, quando o novo chassi é comparado com veículos maiores, como articulados.

O chamado “superônibus” pode receber carroceria de até 15 metros. Assim, a redução do custo operacional se deve ao fato de o veículo acabar consumindo menos combustível, além de ter custos reduzidos de manutenção.

Conforme noticiado pelo Diário do Transporte, o chassi foi apresentado oficialmente em 20 de setembro. Relembre:

Volkswagen apresenta o 10.160 OD e 15.190 ODS (suspensão a ar) e diz que o 22.280 ODS já vai fazer parte de frotas neste ano

Ainda segundo a fabricante, o “superônibus” é equipado com a suspensão pneumática e motorização MAN D08 de 277 cavalos e transmissão ZF de seis marchas.

O chassi tem o posicionamento do terceiro eixo na dianteira, o que permite que o chassi alcance a capacidade de carga de 22 toneladas e, ao mesmo tempo, possibilita maior flexibilidade de configurações, de acordo com a necessidade da operação, conforme detalhado pela VWCO.

 

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. WILLIAM DE JESUS SANTOS disse:

    Esse projeto aí já nasceu praticamente morto. Esse ônibus tá passando em tudo que é empresa em testes e nenhuma tá aprovando o carro

    1. fernando rocha de miranda pereira disse:

      Esse projeto já nasceu rejeitado, nenhuma empresa quer esse carro, nem Cristo quer. A VWCO pode esquecer e nem coloque a venda

Deixe uma resposta