Mercedes-Benz confirma a venda da planta de carros em Iracemápolis (SP) para a chinesa Great Wall Motors

Picapes e SUVs devem ser os primeiros veículos de produção local

Campo de provas de ônibus e caminhões na cidade continuará com a MBB em parceria com a Bosch

ADAMO BAZANI/JESSICA MARQUES

O que era especulação foi oficializado nesta quarta-feira, 18 de agosto de 2021.

A chinesa Great Wall Motors comprou a planta de produção de carros da Mercedes-Benz em Iracemápolis, no interior paulista.

O campo de provas de ônibus e caminhões em parceria com a Bosch continuará com a Mercedes-Benz, que ainda confirmou que a negociação não vai impactar a produção dos veículos pesados em São Bernardo do Capo, no ABC Paulista.

Como mostrou o Diário do Transporte em 17 de dezembro de 2020, a Mercedes-Benz decidiu encerrar a produção de carros no Brasil.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/12/17/mercedes-benz-encerra-producao-de-carros-no-brasil-mas-segue-fabricando-onibus-e-caminhoes/

A compra pela chinesa envolve o terreno de 1,2 milhão de metros quadrados, prédios e os equipamentos de produção.

A Great Wall Motors (GWM) pretende investir e torno de US$ 300 milhões para produção no Brasil.

Os primeiros veículos devem ser SUVs e picapes.

A empresa, fundada em 1984 e, sediada na cidade chinesa de Baoding, Hebei,  também produz carros de menor porte.

Atualmente, a companhia é uma das maiores chinesas com capital privado do setor automotivo.

Veja a nota completa da Mercedes-Benz:

A Mercedes-Benz vendeu sua fábrica de automóveis premium de Iracemápolis (SP) para a Great Wall Motors, que está adquirindo o terreno de 1,2 milhão de metros quadrados, juntamente com todos os prédios e os equipamentos de produção.

A venda desta fábrica faz parte da estratégia da Mercedes-Benz AG para otimizar sua rede de produção. Jörg Burzer, Membro do Conselho de Administração da Mercedes-Benz AG, responsável pela Gestão da Cadeia de Produção e Abastecimento: “Com a transformação da Companhia e o realinhamento da capacidade produtiva da nossa rede global de produção, estamos aumentando de forma sustentável a nossa eficiência produtiva. Com a Great Wall Motors, encontramos um comprador que dará à fábrica de Iracemápolis e região uma nova perspectiva para o futuro.”

 A empresa confirma também que todos os proprietários de automóveis premium da marca Mercedes-Benz no Brasil continuarão a ser atendidos pelas mais de 50 concessionárias em todo o país.

Apesar da venda da fábrica de Iracemápolis, o Grupo Daimler AG continua comprometido com o Brasil, mantendo forte presença com suas unidades de São Bernardo do Campo (caminhões, chassis de ônibus e agregados) e Campinas (Peças e Serviços ao Cliente, Reman e Global Trainning), em São Paulo; além da planta de Juiz de Fora (cabinas de caminhões), em Minas Gerais. O Campo de Provas da Mercedes-Benz e o Centro de Testes, que está sendo construído em parceria com a Bosch, ambos em Iracemápolis, também não serão afetados.

Adamo Bazani e Jessica Marques, jornalistas especializados em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Deixe uma resposta