Prefeito de Nova Friburgo dá até quarta-feira (18) ultimato à Itapemirim e fala que vai alertar São José dos Campos sobre postura de empresa que desistiu de contrato

Johnny Maycon fala ainda em multa milionária e cogita permanência da Faol

ADAMO BAZANI

O prefeito de Nova Friburgo, Johnny Maycon, deu um ultimato para que a Itapemirim honre o contrato de prestação de serviços urbanos assinado em 25 de junho de 2021.

Em transmissão nas redes sociais no último sábado (14), o prefeito disse que a companhia, presidida por Sidnei Piva, tem até quarta-feira, 18 de agosto de 2021, para mudar de ideia sobre o pedido de revogação do contrato feito pela Itapemirim.

Caso a empresa permaneça com a posição de não prosseguir com o contrato, o prefeito diz que poderá declarar a inidoneidade do grupo, impedindo que contrate com o poder público, inclusive de outros municípios, aplicar multas milionárias e ainda oficiar o prefeito de São José dos Campos (SP) sobre a postura da empresa.

A Itapemirim foi declarada vencedora para o lote 01 da cidade do interior paulista também nos transportes urbanos.

Johnny Maycon ainda disse que considera a permanência da Faol, atual operadora, desde que a empresa não cobre o reequilíbrio econômico de R$ 1,5 milhão que almejava.

Como mostrou o Diário do Transporte, na última sexta-feira (13), a Itapemirim pediu à prefeitura a anulação do contrato emergencial de um ano.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/08/13/itapemirim-confirma-que-quer-anular-contrato-de-urbanos-em-nova-friburgo-mas-diz-que-tem-interesse-em-licitacao/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Fernando disse:

    Essa itapemirim tem se mostrado uma verdadeira fraude sobre rodas!!!!!

  2. Rafael Mateus dos Santos Senna disse:

    Eu rezo pra Itapemirim ser desclassificada da licitação de SJC. Nem Nova Friburgo ela teve condições de assumir, imagine SJC. Tomara também que esse Sidnei Piva seja expulso da gestão da Itapemirim

  3. ERLAN FROTTE disse:

    Já está claro que essa Itapemirim não presta, é melhor aplicar a multa de contrato neles(que não vai receber) e negociar com a faol. Afinal, mal ou bem a empresa nunca deixou a cidade na mão.

  4. MARCELO RODRIGUES DA GRAÇA XAVIER disse:

    Além da leviandade da Itapemirim, a incompetência da Prefeitura!! Surreal!!

Deixe uma resposta