Vendas de ônibus no Brasil acumulam alta de 11,33% entre janeiro e julho de 2021, diz Fenabrave

Ônibus 0 km para sistema metropolitano

Entre junho e julho, queda foi de 11,5%; Mercedes-Benz responde pela metade de todos os ônibus emplacados no mercado nacional

ADAMO BAZANI

As vendas de ônibus no Brasil registraram alta de 11,33% entre janeiro e julho de 2021, com 10.876 unidades emplacadas na comparação com o mesmo período de 2020, quando foram emplacados 9.769 coletivos.

O dado faz parte do balanço da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) divulgado nesta terça-feira, 03 de agosto de 2021.

Já entre os meses de junho e julho deste ano, a queda foi de 11,5%, com 1.765 ônibus em junho e 1.562 no mês de julho.

Comparando o mês de julho de 2021, com 1.562 ônibus, com julho de 2020, a queda foi de 17,49% já que no sétimo mês do ano passado foram emplacados no Brasil, 1.893 ônibus.

Os números indicam o que os integrantes do mercado de ônibus já previam: está havendo uma retomada, mas de forma gradativa.

MARCAS:

Tanto no acumulado do ano quanto no mês de julho, a Mercedes-Benz lidera o ranking com metade de todo o mercado de ônibus. Em segundo lugar figura a VWCO (Volkswagen Caminhões & Ônibus) e, no terceiro posto, está a Marcopolo, ressaltando que a empresa figura no ranking da Fenabrave não pela venda de carrocerias, mas dos miniônibus da marca Volare, que são comercializados prontos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta